Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

terça-feira, 31 de julho de 2018

Acolhimento com classificação de risco - JANETE NAKATANI

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR FERNANDO MATOS

Paro e escuto,
olho nos olhos.
Atentamente te vejo.

Dedico-te tempo,
toco tua alma,
correspondes.

Acolho, cuido
e corro o risco de ser teu
por alguns minutos...

EM - ENFERMAGEM COM POESIA - ANTOLOGIA - EDITORA CRV

Em tentações ladinas - VÍTOR COSTEIRA

Conheço o teu corpo tão bem,
meu amor,
que não o precisaria despir
para o ver,
para o sentir,
para o percorrer...

mas estes meus dedos
são crianças traquinas
que desenham gestos com arte
em tentações ladinas
e, virtuosos e artesãos,
agarram dedos
e abraçam mãos
e ternos começam a inventar
botões a descasar,
um a um,
sem hesitar,
cofres-fortes a aluir,
códigos secretos a tatear,
palavras-chave a descobrir,
nós a desatar,
fechos a abrir,
laços a libertar,
pele a florir
e o teu sorriso
festejando o meu sorrir
quando não há mais roupa
para despir...

EM - TOCA A ESCREVER - ANTOLOGIA - IN-FINITA

Quinta noite - MÁRIO PASSOS FURTADO

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA
Saibam do autor neste link
Saibam do livro neste link
Conheçam a editora neste link

nada sei da morte
no pleno da vida
vasto
terno
e eterno corre um rio pelas mãos
o mundo grande e a vontade maior

caço cada instante com ardor
danço a certeza de ser
um peão incerto

EM - ANDAMENTOS - MÁRIO PASSOS FURTADO - CHIADO EDITORA

Lembrança - NATÁLIA CANAIS NUNO

hoje rolou uma lágrima sobre o papel
manchando o sonho que descrevia
lágrima gotejando sobre a minha pele
sonho que deixei para trás um dia

hoje... abriguei os sentimentos
escrevo ao de leve numa folha de rosa
deixo a memória de dias cinzentos
volto sorrindo à meninice gostosa

esqueço o tempo e levo só o coração
fico lá atrás a brincar às escondidas
vou saltar à corda viva de emoção
e na mão tenho as malhas preferidas

brinco agora de mãos dadas na roda
soquetes branquinhos, coração explodindo
livre como pássaro e nada me incomoda
quero ficar... deixem-me, estou pedindo!

aqui neste tempo ameno e transparente
sonhar, poder de pés descalços andar
que felicidade a deste dez réis de gente
princesa... só com a aldeia p'ra morar

EM - TOCA A ESCREVER - ANTOLOGIA - IN-FINITA

Falando com a lua - MANUEL A. RODRIGUES

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELO AUTOR 

À noite ao luar
Olhei para a lua
Deu-me vontade de com ela falar
Que beleza era a sua,
Encanto digno de ver,
Dirigi-lhe a palavra
Ouviu-me calada,
Tu és a lua
Mas eu sou o Mar
A beleza é tua
Não tenho como te alcançar,
Contenta-me o teu brilhar
Servindo-me de inspiração
Para algum sonho, sonhar,
Que me traga alguma satisfação

EM - MAR DE PALAVRAS - MANUEL A. RODRIGUES - EDIÇÕES OZ

segunda-feira, 30 de julho de 2018

Continuo a pensar - JOSÉ FERNANDO DELGADO MENDONÇA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA
Saibam do autor e do livro neste link
Conheçam a editora neste link

continuo a pensar

na beleza das tuas ilusões
na certeza das tuas lágrimas
na fragrância dos teus cheiros

continuo a pensar
como será o dia
da nossa despedida

EM - DIAS DE POESIA - JOSÉ FERNANDO DELGADO MENDONÇA - EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA

Lágrimas - VIEIRINHA VIEIRA

Lágrimas pingam como chuva
E na pálida pele irrigam
Poros de harmonia
Sentida na sua torneira aberta

Deslizes compostos e impostos
Batendo terra e fazendo crescer
Sementes novas

Lentamente

Floresce sorrisos lavados,
Verdejantes!
Em novos ventos,
Em novos mundos.

EM - TOCA A ESCREVER - ANTOLOGIA - IN-FINITA

Cai a chuva - ISABEL BASTOS NUNES

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA AUTORA
Saibam da autora neste link

Cai a chuva fina lá fora...
Traz o dia cinzento e frio
Parece-me que as horas não têm fim
O tempo demora... demora
Sinto meu corpo molhado
Como se a chuva caísse em mim!

EM - POEMAS POR ACABAR - ISABEL BASTOS NUNES - PASTELARIA STUDIOS

Encontro - MARIA JOSÉ FONTOURA

No mais alto lugar do mundo
No cume da montanha que diz,
Sobe-me com os teus pés,
E vem até mim!
Traz a tua força,
Encontra-te aqui...
Liberta-te por inteiro,
Permanece-te assim...
no cair da noite
Levanta o teu olhar,
Diz o teu nome baixinho
E mergulha no teu mar!
No mais alto lugar do mundo
Ecoa a tua voz,
Escuta-te
E inspira a tua paz!

EM - TOCA A ESCREVER - ANTOLOGIA - IN-FINITA

Sou... - NATÁLIA CANAIS NUNO

sou feita de velhos dias, sem brilho
turvam-se já meus olhos de tristeza
um sopro de inspiração, é meu trilho
sou água a tocar  no fundo, incerteza!

sou aquilo que escrevo e pouco mais
sou a que fala de tudo, e até de amor
sou a que o poema manifesta, até os ais
choram os meus olhos se falam de dor

sou por fim a manifestação da loucura
sou saudade da primavera, já sem brilho
feita de velhos dias, q'ninguém procura

sou a rapariga que tempo velho ocultou
sou sem qualquer ironia, trapo andarilho
serei curso de água parado ou rio q'secou

EM - TOCA A ESCREVER - ANTOLOGIA - IN-FINITA

domingo, 29 de julho de 2018

Meu ser - CRISTINA LEBRE

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA AUTORA
Saibam da autora neste link

Ó, quão profundo e
indomável é o meu ser,
quão leve é a lágrima
quão pesada a dor,
quão delicioso o silêncio
entre um verso e o outro,
entre um suspiro e o outro
durante uma oração.

EM - MARCA D'ÁGUA - CRISTINA LEBRE - BIBLIOTECA 24 HORAS

As novas margens do Sião - SARA TIMÓTEO

Sobre as margens deste rio
Refugiam-se os corações
Cuja esperança ainda não pereceu.

Correm sobre os estios desavindos
Da alegria as lamentações mudas
Das gentes encanecidas, aqueles

Ásperos exilados do mundo

Cujo torpor feito de raiva
Regressa para ocultar
O dia sob um manto
Sem estrelas.

EM - TOCA A ESCREVER - ANTOLOGIA - IN-FINITA

Narciso - FILOMENA LIMA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA
Saibam da autora neste link
Saibam do livro neste link
Conheçam a editora neste link

Não precisei de mais espelhos
do que um rio. Não me vi rebrilhar
no teu olhar. Vesti o arco-íris
e despi-o num só gesto.
Fi-lo sem pensar.

EM - UMA IDENTIDADE - FILOMENA LIMA - CHIADO EDITORA

Poesia é... - MARIA ANTONIETA OLIVEIRA

Poesia
são palavras entrelaçadas
de magia e sentimento
com alegria e sofrimento.
Palavras raras.
Palavras caras.
palavras hábeis no dedilhar.
E as de cariz popular
sempre, sempre a rimar.
Palavras ocas e vazias
sedentas e sombrias.
Palavras de amor e fulgor
de choros, gritos e ais.
Palavras benditas
enviadas pelo Senhor
reconfortantes e amigas.
Palavras de vida
porque,
a poesia é vida
e,
a vida é poesia!

EM - TOCA A ESCREVER - ANTOLOGIA - IN-FINITA

A doçura do teu corpo - ZÉ MANEL DA LIXA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA
Saibam do autor e do livro neste link
Conheçam a editora neste link

A doçura do teu corpo
Ao meu corpo dá sedução
Dá vida a um corpo morto
E um novo coração

A doçura do teu corpo
É o meu café da manhã
Almofada de conforto
Teu corpo vida me dá

A doçura do teu corpo
É como um doce a nascer
Come-se ao jantar e ao almoço
E os lábios ficam a lamber

A doçura do teu corpo
É como uma sede pura
Teu corpo sedutor e maroto
Aos meus lábios dá secura

O teu corpo é só doçura
Atrai assim o meu coração
É como a fruta madura
Que se come de um ferrão

Vivo assim apaixonado
Por um corpo sedutor
É pena ele ser amado...
Amado por outro amor

EM - AMOR E SEDUÇÃO - ZÉ MANEL DA LIXA - EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA

sábado, 28 de julho de 2018

O sonho - MANUELA BAPTISTA

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO PELA AUTORA
Saibam da autora neste link

Voei nas asas do sonho
Abracei a minha avózinha
Foi um sonho tão risonho
Matei saudades que tinha

Estava sentada à lareira
Em casa da tia Ermelinda
Foi um sonho tão risonho
Parecia estar viva ainda

Avó do meu coração
Abracei-te tanto, tanto
Foi tão grande a emoção
Acordei banhada em pranto

Mas foi tão bom podes crer
Ver o teu sorriso lindo
Mesmo sem ser a valer
Causou-me prazer infindo.

EM - NAS ASAS DE UM SONHO - MANUELA BAPTISTA - EUEDITO

Auto retrato - ZELITA ROCHA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto conexões neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link

Retratei teu corpo
À beira de um lago
Que refletia luz
Ao som de uma cascata
Que jorrava vida

Pus na palheta
As cores quentes do verão
E aos poucos meus olhos ousados
Despiram teu corpo
Tal qual pássaro adormecido

Nos pincéis fios de meus cabelos
Contornavam tua pele
Despertando para a vida
E tuas formas se encaixavam
Na minha inspiração

Enquanto nossos cabelos
Se entrelaçavam
Nos ramos rasteiros
Molhados pelo néctar do amor
Nossos lábios murmuravam palavras
Que talvez por conveniência
Não foram citadas
Entre as sete maravilhas do mundo

EM - CONEXÕES ATLÂNTICAS - ANTOLOGIA - IN-FINITA

Ama os teu sonhos* - ALICE VIEIRA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR MANUEL MACHADO
Saibam da autora neste link

ama os teus sonhos
como o teu próximo

ou como os sonhos
do teu próximo

mas se o teu próximo
não tiver sonhos

convém mandar o teu próximo
para muito longe

donde não te possa
contaminar

EM - OLHA-ME COMO QUEM CHOVE - ALICE VIEIRA - DOM QUIXOTE

Cirandando - MARGARIDA GOMES

Não digas sim
com jeitos de dizer não.
Não digas não
se há frestas no caminho.
Não pintes rosas
na minha manta de cardos.
Não me adoces
os sabores de travo amargo...

Minha sina é sentir,
é tropeçar e cair,
é reerguer-me e descobrir
que, em cada passo que se dá,
se vai para a frente e volta atrás,
se desiste e recomeça,
no balanço desta roda
que nos tira e que nos dá,
que nos molda e de nós faz
aquilo que havemos de ser,
no chão que a vida nos dá,
no tempo que lhe apraz.

EM - TOCA A ESCREVER - ANTOLOGIA - IN-FINITA

Salmo - A. M. GUERREIRO

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA
Saibam do autor neste link
Saibam do livro neste link
Conheçam a editora neste link

Já foi azul o que hoje vês negro
Já foi florido o deserto de nós
Já foi audácia o que agora é medo
E música clássica o que hoje são dós.

Foi pouco a pouco que as flores secaram
E todos os seres perderam a cor
Foi pouco a pouco que os anos passaram
E se perdeu, algures, o amor.

EM - T/SER - A. M. GUERREIRO - CHIADO EDITORA

sexta-feira, 27 de julho de 2018

Alzheimer - JÚLIO T. OLIVEIRA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA
Saibam do autor e do livro neste link
Conheçam a editora neste link

perder de vista o que somos.
perder de vista
a ilha onde fomos nós.
perder de vista, na maldição concreta,
o absoluto verbo de todos: existir.

EM - QUAL O TEU PAPEL SENÃO O DE RESISTIR? - JÚLIO T. OLIVEIRA - EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA

Envolvido pelo céu - WAGNER MARTINS

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto conexões neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link


Céu a tarde...
Por Deus colorido
De azul claro, profundo,
Refletindo o amor,
A perfeição, o seu Poder Divino!

Céu a tarde...
Contemplo essa grandeza
Pela janela do meu quarto,
E fico maravilhado:
Minh’alma é envolvida
Por uma majestosa alegria,
Ah... sinto agora pelo próprio Deus
Abraçado!


EM - CONEXÕES ATLÂNTICAS - ANTOLOGIA - IN-FINITA

Eu e as flores - FRANCISCA MARIA FERNANDES

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA
Saibam da autora e do livro neste link
Saibam da editora neste link

As flores que à noite colhi
Murcharam com o calor
A dor que eu depois senti
Foi falta de meu amor.

Vendo as flores murchas, pedi
Que Deus lhes desse vigor
Olhando-as mortas... morri
As duas na mesma dor.

Eu e elas no caixão
Vítimas duma paixão
Que a vida nos roubou.

Morremos com o desgosto
Que em vida nos foi posto
O nosso fado acabou.

EM - RASGOS D'ALMA - FRANCISCA MARIA FERNANDES - EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA

Do meu ser... - MANUEL A. RODRIGUES

Quem sou, tenho a certeza,
Do meu ser, não me lamento,
Entre alegria e a tristeza,
Encontro o meu contentamento

Dizem que nasci do vento e do pó
Prefiro antes dizer que nasci do Mar
Estando comigo, nunca me sinto só,
Sinto em mim a capacidade de me amar

Gosto do Céu azulado
Do MAR calmo e ondulado
Gosto de me sentir amado
Não gosto de sofrer, e senti-me amargurado

Este mundo pode ser sofrido
Não sabendo ainda o caminho a percorrer
Quero ver o meu mundo em mim colorido
Todas as mágoas ultrapassar, eu quero saber

Tendo em mim o MAR
Posso ser uma onda misteriosa
Em bom porto quero aportar
Inspirado pelo gosto da poesia e da prosa...

EM - TOCA A ESCREVER - ANTOLOGIA - IN-FINITA

Re-canto - ADRIANA MAYRINCK

É mais do que um encontro, no meio das esperas
É mais do que um desejo a realizar
Não é fugaz
Não é só um momento
Não é só paixão
É o calor que aquece as horas
É a sintonia que completa, espaços
É o olhar que se aprofunda e encontra reflexos
É a luz que guia e clareia os instantes
É a melodia no canto dos pássaros
É a profundeza e calmaria dos oceanos
É o despertar do tempo que chegou
É o querer em brasas que renasce, em chamas
É o dia contado em eternidades
É a alma que pousou
É a palavra amor, com significados
É unicidade e completude
É o jardim que atrai borboletas
Espalha perfumes e chamamentos

É o meu corpo, o teu recanto, que abriga, acolhe, aconchega

E te faz voar

EM - LIVRO ABERTO - ANTOLOGIA - EDIÇÃO DE AUTOR

quinta-feira, 26 de julho de 2018

2 sextilhas - JOÃO ALDERNEY

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELO AUTOR

115

Balada tem quatro estrofes
as quatro igual verso finda
a última - o envio - é meia.
A soma dos versos vinda,
na estrofe igual à das sílabas
do versos. Tem isso ainda!

116

É a cortês, de forma fixa,
os seus versos têm esquema
em uníssono rimar
a extensão dita o seu lema
G. de Andrade fez Balada
de Arlequim, belo poema

EM - FAZER VERSOS - JOÃO ALDERNEY - EDIÇÃO DE AUTOR

Como amar a Deus? - WAGNER MARTINS

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto conexões neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link



De que forma posso amar a Deus?!
Como posso fazer amizade com Jesus?!

São serem abstratos, não posso vê-los...
São tão perfeitos, autênticos, e eu tão falho, pequeno...

Ao longo da vida Eles nos deram várias dádivas,
E todo aquele que com carinho nos presenteia,
Bem lá no fundo deseja de nós zelo, gratidão,
gestos de retribuições!

Amar a Deus é
amar, perdoar, cuidar, se preocupar com o próximo!

Amar a Deus é
visitar os que estão nos cantos do esquecimento!

Amar a Deus é
dividir o pão, abrigar, estender a mão aos necessitados!

Amar a Deus é
Espalhar as boas-novas, compartilhar a esperança!

Amar a Deus é
aceitar a amizade com Jesus Cristo,
Seguir seus passos, a cima de tudo exaltando ao Pai,
não hesitando, mas se doando ao Seu querer,
e O obedecendo por amor!


EM - CONEXÕES ATLÂNTICAS - ANTOLOGIA - IN-FINITA

Cantares - MARIA DA ESPERANÇA LOUREIRO

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA
Saibam da autora e do livro neste link
Saibam da editora neste link

Passei a vida a cantar
E do que herdei comi tudo
Agora vivo a pensar
No que comerei no futuro.

Mas feliz daquele que canta
E dá à vida encantamento
A cantar seu mal espanta
E esquece algum sofrimento.

EM - OS TONS DA MEMÓRIA - MARIA DA ESPERANÇA LOUREIRO - EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA

Jornadas - MANUEL MACHADO

Todos os dias vão passando,
Sejam sinas ou necessidades,
Com atropelos consecutivos
Aos corpos frenéticos já esfalfados,
Correrias loucas azafamadas,
Deglutidos comeres desregrados.

Em ânsias desmedidas,
Sonhando com teus braços
Sempre ávidos a abraços,
Entremeando beijos ardentes
Impetuosos até irascíveis
Revigorantes e provocadores
Aos desejos carnais tão apetecidos.

Entrelaçados aos lençóis sedosos
Deslizando suave e docemente
Sobre movimentos cadenciados
Dos corpos a caminho de êxtases
Desejados alongados e intermináveis.

Haja novas auroras e jornadas,
Depauperados dias de cansaços,
Cogitando ardentes prazeres
Em alcovas com dosséis de Cochin!

EM - TOCA A ESCREVER - ANTOLOGIA - IN-FINITA

Direcção - ANA CRISTINA GOULART/BRUNO ASSIS PAIXÃO

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA
Saibam do livro neste link
Conheçam a editora neste link

Olho o presente
Não sei o que pensar
Pois sinto-me ausente
Quando não deveria estar.

Penso em ti com carinho
Amor e paixão
Alguém me explica o caminho
Para reencontrar o meu coração?

No meio de tanta loucura
Meu coração faz-se ouvir
Dizendo: Está na altura
De te deixar ir.

Sigo o meu instinto
E o sentimento mais profundo
Pensando no que por ti sinto
Em apenas meio segundo.

A resposta é amor
E coloca-me um sorriso nos lábios
Que deliram com o sabor
Dos teus beijos sábios.

EM - A VIDA NUM POEMA - ANA CRISTINA GOULART/BRUNO ASSIS PAIXÃO - EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA

quarta-feira, 25 de julho de 2018

A busca - FLÁVIA HERRMAN MENEZES

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR TACIANA VALENÇA

Queria saber...
Por que você está desanimado?
Queria saber com certeza
O motivo razão ou o porquê

Apesar de tudo parecer tão frio hoje,
E a esperança parecer fugir a cada instante,
É, eu sei, nós queremos mais do que as guerras
Mais do que essas estúpidas guerras de nossos pais.

Mas eu ainda queria saber...
Por que está desanimado?
Mas o que é que você está procurando?

EM - ANTOLOGIA DE POETAS BRASILEIROS CONTEMPORÂNEOS 51 - ANTOLOGIA - CBJE

Desterro - VIRGÍNIA FINZETTO

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto conexões neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link


dê-se por satisfeito
se te enterrarem uma flecha no peito
que penetra fundo é dói
não por acaso em tudo há dois gumes
enquanto um cura, o outro destrói
e para quem não aguenta o intento
vem o suicídio, súbito ou lento
a perseguir a hipotética paz dos cemitérios
nunca se provou, nem mesmo a ciência
que no profundo sono da morte
cada ser [ateu, crente ou cético] leva escondido
um quê de profético e originário
que une a humanidade
em um estúpido e último desejo imaginário:
querer perpetuar a mesma incerteza de sentir em tudo
esses dois lados que rejeita
[e pelos quais se sofre uma vida inteira]
e parte-se com a lembrança de voltar a ver o sol raiar
[mesmo que quadrado]
no dia do juízo final
[que não há no calendário]


EM - CONEXÕES ATLÂNTICAS - ANTOLOGIA - IN-FINITA

Estrela de cinco pontas - JACKMICHEL

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELAS AUTORAS
Saibam das autoras neste link

Flor - liberdade
Sexo - razão.

Começar de novo!...

EM - SIXTIES 60 - JACKMICHEL - HELVETIA EDIÇÕES

Amar-te apenas! - LÚCIA LOURENÇO GONÇALVES

Quero...
Escrever o teu nome
A tinta permanente
Para...
Ficar em mim
Eternamente
Olhar-te...
Intensamente
Num olhar...
Terno e luminescente
Beijar-te...
Ardentemente
E a tua boca...
Cativar p'ra sempre!

EM - TOCA A ESCREVER - ANTOLOGIA - IN-FINITA

Pequeno - LOUIS WATEL

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA
Saibam do autor neste link
Saibam do livro neste link
Conheçam a editora neste link

Cada dia que cresço torno-me
cada vez menor frente a ti.
Não consigo parar de pensar que
logo estaremos reunidos
no teu vasto parque de diversões.
Plataforma cósmica universal do teu sonho
do qual faço parte.
Estamos ligados, Você e eu!
Pelo encontro sublime do
nosso Amor somos Um.
O que vai de mim até você e o que
vem de Você até todos nós.

EM - SEGREDOS DE DEUS - LOUIS WATEL - CHIADO EDITORA

terça-feira, 24 de julho de 2018

Quero avançar - MANUELA BAPTISTA

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO PELA AUTORA
Saibam da autora neste link

Tenho os pés cansados
Doridos, feridos
De tanto caminhar
Por estradas sem fim.
Mas quero avançar
Ainda que tenha
De parar mil vezes
Para descansar
Porque eu sei
Que ao longe
Se encontra
Alguém
Que precisa de mim
E eu quero ajudar

EM - QUERES SABER? - MANUELA BAPTISTA - EUEDITO

(A)paga-se com o tempo - VIRGÍNIA FINZETTO

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto conexões neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link



a velhice chega
apesar da irreverência
e, enquanto me admiro
no reflexo da vitrina,
ouço a voz de ‘deus
em minha própria consciência:
“fiz tudo o que ‘eu pude!”
e em resposta repentina
grito alto a um adolescente:
“eu também, eu também!”
ele se vira para ouvir a menina
e vê uma louca madura contente
que não deve à vida um vintém

EM - CONEXÕES ATLÂNTICAS - ANTOLOGIA - IN-FINITA

Todas as palavras - EDUARDO DINIS

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA
Saibam do autor neste link
Saibam do livro neste link
Saibam da editora neste link

Preciso olhar-te nos olhos
bem no fundo de ti
saber se todas as palavras que ecoaram
a nossa paixão
ardem ainda em nós
ou se hoje, aqui,
somos apenas recordação
atroz...

EM - A COR DO TEU CÉU - EDUARDO DINIS - CHIADO BOOKS

Aqui sem estar - JOÃO DORDIO

Hoje estou assim. Aqui sem estar.
Apenas os sapatos que este corpo calça ainda tocam no chão.
O resto está por aí, de letras espalhado, apertando as palavras
Para que, de uma forma simples, a frase explique aos deuses
Como pode esta alma ser de um Poeta.
E é assim que todas as bibliotecas foram construídas
Pelos espelhos de almas dos poetas solitários...

Estou assim. Sem estar.
Olhando para que o que ficou lá em baixo,
Contando as letras que sobraram da vida de loucura e paixão
Que o corpo fez partir no seu voo...
Hoje! Aqui! Com o vento a bater nas próprias asas do tempo!
Fazendo avançar o corpo!
De regresso por uma vida à Terra...

Vim aqui.
Não estava porque me levei.
Não me reconheci e voltei-me a escrever.
Porque hoje não consigo deixar de estar assim.

EM - TOCA A ESCREVER - ANTOLOGIA - IN-FINITA

A missa - ADELINA PALMA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA

Aqui estou, Senhor, diante de Ti,
unida a meus irmãos na oração,
carrego em mim a dor e a paixão
do que não tive, ou tive e já perdi...

Eu acredito, Senhor, que estás aqui
presente nesta estranha vibração,
lágrimas de abandono e comoção
brotam das emoções que reprimi...

Abençoa-me, Pai, uma vez mais,
despoja-me de falsos ideais,
apazigua-me, recebe-me em Ti!...

O milagre faz-se por Tua mão:
a paz, a esperança e o perdão
levo-os comigo, quando saio daqui.

EM - II CONCURSO LITERÁRIO - ANTOLOGIA - EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA

segunda-feira, 23 de julho de 2018

Amor e outros crimes em vias de perdão 4 - ALICE VIEIRA

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO PELA AUTORA
Saibam da autora neste link

4

com que palavras irei escrever agora o nome
das horas que entram pela cama em que noutra vida
te ensinei o caminho do meu corpo
e da justeza dos gestos com que a alegria
se desenhava em mim quando dizias
agosto tu vais ver é a nossa pátria

nessa altura o verão vinha ainda muito longe
e por isso era possível acreditar em frases dessas
esperando que tudo acontecesse
como nos perdoáveis lugares-comuns dos filmes
que estreiam sempre no natal
e furiosamente desejei que a paixão se enredasse
entre os limos e sargaços das tuas pernas

mas agosto foi apenas um lugar de emboscadas
em todos os precipícios da nossa cama
e lentamente as águas definiram
com rigor implacável
o que sobrava de ti nas minhas mãos

e o silêncio baixou sobre as águas
como antes da invenção do mundo

e agora não sei onde acaba o teu nome

e começa o nome de deus

EM - DOIS CORPOS TOMBANDO NA ÁGUA - ALICE VIEIRA - CAMINHO

Conexões - VANIZE CLAUSSEN

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto conexões neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link


Nos anseios de minh'alma,
converso com Deus,
Sobrevoando paisagens
em Conexões Atlânticas.
Rogo que possa,
no direito divino,
receber mensagens,
receber viagens e,
infinitamente,
transparecer,
no voo sagaz da conexão divina,
os sonhos, outrora,
conectados na chama da vida.
Augúrio, poder sonhar!
E como a pomba,
voar em paz,
subir horizonte e olhar.
Do navio ao alto céu-avião,
como uma plantação de letras,
palavras jorradas,
do coração até a boca,
surgimento, placenta,
planeta em grandes mutações,
conexões além-mar.
E, como num altar, orar ao Pai,
apenas agradecendo:
Obrigada, eu sou grata.

EM - CONEXÕES ATLÂNTICAS - ANTOLOGIA - IN-FINITA

Mecânica de fluidos - JORGE LÚPUS

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA
Saibam do autor neste link
Saibam do livro neste link
Saibam da editora neste link

Faltam alguns minutos para as duas da tarde
Há tempo - acomodo-me um pouco
Só um pouco, para me segurar

Tronco inclinado, cotovelo apoiado, a cabeça encostada

Dentro uma líquida amargura
E nesse desnível, uma lágrima à procura
À procura de vazar

Um cruzar de perna... e dá-se a sensível fuga

Faltam alguns instantes para as duas da tarde
Descruzar, levantar, colocar
Fechar máscara . armadura

É a hora marcada, é a hora de enfrentar
A dura realidade

EM - AGUDO AOS ARVOREDOS - JORGE LÚPUS - CHIADO BOOKS

Cais do meu desencanto - ISABEL BASTOS NUNES

No empedrado agreste
Do Cais do meu desencanto
A tempestade me espera
Tão negra como o meu pranto.

Tempo de espera desassossegado,
A angústia que me toma
Neste Cais desolado,
Porque não sei se chegas, se partes, se ficas,
Tal como raio em Céu revoltado.

E as ondas que batem
Na pedra fria do Cais
Nada me dizem
Nem para onde vais.

E as nuvens espessas
E o mar agitado
Quebrou o quebranto
Daquele que era
O Cais do meu desencanto.

EM - TOCA A ESCREVER - ANTOLOGIA - IN-FINITA

Ser poeta - MANUEL A. RODRIGUES

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELO AUTOR
Saibam do autor neste link

Ser poeta é sentir as palavras com verdade
É sorrir para a vida e sorrisos dar a conhecer
Ser poeta é viver os sonhos, é viver a realidade
É pelas palavras os sentimentos acontecer
As palavras refletem-se nos espelhos
Escrevem-se e não se pede inspiração de joelhos
Todos os momentos são sentidos
Com alma e coração vividos
Sente-se o coração
Incendeia-se a paixão
Escreve-se o que se sente
Exalta-se as palavras intensamente.

EM - RASCUNHOS DO PENSAMENTO - MANUEL A. RODRIGUES - EUEDITO

domingo, 22 de julho de 2018

As ruas... - M. P. BONDE

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO PELO AUTOR
Saibam do autor neste link

As ruas são menos expressivas, companheiro, escondidas em si, transmitem os tempos de crise no ventre das palavras que não tingem a verdade. As ruas escamoteiam um resto de bondade ao alvorecer, julgam os cordeiros da ordem imutável, crêem em si o emaranhado de cabelos prateados das bibliotecas ambulantes nas calçadas. As ruas… As mesmas que nos passeiam o corpo ao entardecer. As que…, não sendo o princípio do ciclo, reflectem o silêncio do rio que passa, a amargura dos passos franzinos no degrau da idade.


As ruas!

EM - ENSAIOS POÉTICOS - M. P. BONDE - CAVALO DO MAR 

A paz - VANESSA RATTON

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto conexões neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link



Quantas histórias cabem dentro da palavra PAZ?
De A a Z, amor, compaixão e acolhimento
Perdão, respeito, liberdade, justiça
compaixão, igualdade e direito.

Cada um de nós sabe o que lhe dá paz
e o que tira a sua tranquilidade
mas de certo, todos sabemos
que Paz se conquista e não é com passividade.

A paz que buscamos tem que ser verdadeira
sem violência de qualquer maneira.
A minha PAZ tem
Perdão
           muito Amor
                              e é preciso se estar Zen

Encontre a tua buscando o que te faz bem.

EM - CONEXÕES ATLÂNTICAS - ANTOLOGIA - IN-FINITA

Papai Noel neve - JACKMICHEL

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELAS AUTORAS
Saibam das autoras neste link

Branco Papai Noel leve,
Nesta noite 24,
Vê se me traz de presente
Ao menos uma bola de neve!

Nas tuas barbas geladas,
Com sabor de uvas passas...
Vislumbro natais passados
Jamais ultrapassados!

Teu doce olhar nevoento
Me conduz além do tempo...
Tornando-me, de novo, criança
Através de alguma lembrança!

Branco Papai Noel amado,
Quero-te sempre ao meu lado...
E, quando o Natal passar,
Ainda assim irei te esperar!

EM - PAPATIPARAPAPÁ - JACKMICHEL - EDITORA ILLUMINARE

Embala-me em ti - FÁTIMA MARTINS LEAL (TITA)

Olha-me nos olhos meus
Embrulho-me nos olhos teus
Passa tuas mãos em meu corpo
Convida-me a tudo esquecer
Ao sabor do vento
Noutro mundo nos perder
Ser livres, voar
Sonhar
Para além do firmamento
Onde te quero amar

Embala-te em mim
Deixa-me guiar-te
Em teu oceano navegar
Com a ponta dos meus dedos tocar-te
Perturbar-te
Sem nada nos proibir
Prender-me na tempestade do teu jardim
No calor dos teus beijos me perder
Em tua boca me afogar
No teu peito morrer

Embala-te em mim
Em abraços te preciso amar
Num amor sem fim

EM - TOCA A ESCREVER - ANTOLOGIA - IN-FINITA