Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

sexta-feira, 31 de agosto de 2018

Tempestade no mar - JORGE CONDE

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA

Azul, este que altera o pensamento
Dissolve o amarelo do sol
Cria a linha do firmamento
Decora o cinzento do farol
De verde prateado
Chamuscado de branco
Que desperta encapelado
Um tom pouco brando.
Azul, cinzento,
Amarelo, encarnado,
Este tempo violento.

EM - II CONCURSO LITERÁRIO - ANTOLOGIA - EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA

Para que não te sintas só! - VÍTOR COSTEIRA

Estou aqui...
Sente as pontas dos meus dedos
suaves aves
pousarem no teu rosto
de mansinho, o suficiente,
para te ajudar a afugentar medos,
para não mais te sentires triste,
para me sentires
contigo aqui,
para também te sentires aqui
fazendo parte do instante
em que estou em ti,
ansiando que me permitas
o sonho de ficares aqui...

Estou aqui...
não te sintas só!

EM - TOCA A ESCREVER - ANTOLOGIA - IN-FINITA 

Uma luz que se apaga - ROSA MARIA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA
Saibam da autora e do livro neste link
Conheçam a editora neste link

Escondida na luz
Escondida da vida, do mar,
Mar salgado de fundo,
Sereno como um rio na margem do seu caminho,
Luz que brilha sem se ver,
Luz que se apaga sem se acender,
Escondida, sozinha,
Se vive sem se amar,
Sem se merecer,
Luz que se apaga
Sem nunca se acender.

EM - QUANDO A ALMA CHORA - ROSA MARIA - EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA

O pequeno Princeso - COSME ROGÉRIO FERREIRA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto conexões neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link

(Para Zé Perri)

Cativar significa criar laços.
Mas há ritos! Tem que se fazer direito.
Se eu sei que tu virás às 4 horas,
desde as 3 eu estarei daquele jeito...

EM - CONEXÕES ATLÂNTICAS II - ANTOLOGIA - IN-FINITA

Bela e última flor do Lácio - CONCEIÇÃO CRUZ

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto conexões neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link

Bela e última flor do Lácio
Em berço histórico, brasileiros e portugueses se irmanam na
Linguagem - de Camões, de Pessoa, de Saramago
A Bilac, Gonçalves Dias, Cecília Meireles...

E também ao Rosa, ao Jorge, o Amado Brasileiro!

Um imensurável legado imaterial é a
Língua Portuguesa viva! Por vezes, no
Trato da oralidade se manifesta, por outras,
Intrigante na escrita, nos
Meios cultos ou técnicos...
Aqui e em conexões atlânticas!

Ferdinand de Saussure - considerado o Pai da
Linguística moderna - que
O diga! Ela, a Língua Portuguesa, tornou-se partícipe
da vida de
Reis, de rainhas, de soldados, de camponeses,

De imperadores, do povo, de nativos
Ou não! O certo é que a nossa

Língua se diferencia das demais! Guarda, em si,
A possibilidade singular de, em diferentes formas,
Colocar - em diversas palavras - os mais
Íntimos e nobres sentimentos! Enfim, tudo
O que habita a alma e o coração da gente!

EM - CONEXÕES ATLÂNTICAS II - ANTOLOGIA - IN-FINITA

quinta-feira, 30 de agosto de 2018

Meu acordar - MANUEL A. RODRIGUES

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELO AUTOR
Saibam do autor neste link

Hoje o meu acordar
Foi um sentir de contente
Na madrugada me fui inspirar
Desejei ser feliz eternamente

Recordar é fácil para quem tem memória
Esquecer é difícil para quem tem coração
De cada vida se conta uma história
Uns dias estamos felizes, outros não

Não vale a pena procurar explicações
Nesta vida nada é perfeito
Vive-se ao sabor das emoções
Não se apaga o que já está feito.

EM - RASCUNHOS DO PENSAMENTO - MANUEL A. RODRIGUES - EUEDITO

Onde seja que eu esteja... - VÍTOR COSTEIRA

Apenas a ti eu quero encontrar
em cada porto que escalar,
em cada oceano que navegar,
em cada sonho que pescar
sempre que o meu olhar procurar
o teu olhar nesse mar...

... pois só tu sabes traduzir
o meu jeito de sorrir,
o meu modo de dormir
e a minha vontade de abraçar
o voar de uma gaivota ousada
que apenas nós sabemos existir,
numa noite apaixonada...

Onde seja que eu esteja,
só a ti eu quero encontrar
pois só a tua mão
encaixa na minha mão
e só o teu corpo
sabe aninhar-se no meu corpo
na máxima perfeição
num jogo de côncavos e convexos,
de quentes amplexos
e tumultuosa paixão...

Onde quer que eu esteja
que seja o teu beijo que me beija!

EM - TOCA A ESCREVER - ANTOLOGIA - IN-FINITA 

Um simples gesto - JOSÉ CARLOS PEREIRA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA
Saibam do autor neste link
Saibam do livro neste link
Conheçam a editora neste link

Num mundo de deserto
Onde a solidão está perto
Sinto a presença
Imortal e imensa
Dum sorriso liberto.

É essa força que consome
O ser com fome
Na procura de vida
Duma felicidade perdida
Duma ânsia sem nome.

É esse sorriso aberto
Que porá a descoberto
A liberdade e a grandeza
Transportadas com leveza
Por um sonho concreto.

EM - SEMENTES DE HUMANIDADE - JOSÉ CARLOS PEREIRA - CHIADO EDITORA

Epifania - COSME ROGÉRIO FERREIRA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto conexões neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link

Numa rua de Lisboa,
ao ouvir uma cantiga,
uma triste rapariga
sossegou. Ficou de boa.

EM - CONEXÕES ATLÂNTICAS II - ANTOLOGIA - IN-FINITA

Voz poética - CLÁUDIA LUNDGREN

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto conexões neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link

Que minha voz chegue
Através da minha escrita
Aos quatro cantos do mundo
Atravesse os sete mares
Em forma de poesia
Que minha voz se imortalize
Ainda que se silencie
Que os versos falem por mim
Sentimentos se eternizem
Não desejo ser lembrada
Quando partir para o além
Por fotos, qualquer imagem
Quanta futilidade!
Mas por aquilo que deixei
Parte de mim sendo escrita
Em blocos, livros
Até mesmo rabiscos
Que pessoas queiram me ler
Ao invés de apenas me ver
Que a voz dos meus poemas
Falem mais alto em meu ser.

EM - CONEXÕES ATLÂNTICAS II - ANTOLOGIA - IN-FINITA

quarta-feira, 29 de agosto de 2018

quando d'amor cantar soía - ALVARO GIESTA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELO AUTOR
Saibam do autor neste link

noutros tempos eu sabia escrever a amor
mesmo que ele viesse dar-me a beber a cicuta
que o filósofo bebeu de vontade;

cairia depois de a beber no precipício,
mas sabia que a beleza do teu corpo
que amei, me fazia morrer feliz.

hoje avanço para a barcaça de Caronte,
e caminho com ela na noite escura
vergado ao zumbido dos ventos,
e ao uivar dos lobos que cantam
a sonoridade dum além sem regresso.

hoje
deixo-me afogar nas cinzas das águas do mar
antes que os olhos me ceguem
no fundo do longe e da ausência.

EM - O PRANTO DOS LOUCOS LÚCIDOS - ALVARO GIESTA - TEMAS ORIGINAIS

Quando... - MARIA JOSÉ FONTOURA

Quando sentimos a falta da chuva
Percorremos caminhos de poeira
Pés descalços na dura terra
Unem-se as mãos
Calejadas com suor árduo da vida inteira!
Oramos aos ventos de leste
Elevando as nossas preces!

Quando pedimos a Deus
Um sinal vindo dos céus
Que o milagre renasça
Como há dois mil anos
Naquele estábulo da esperança!
Quando percorremos esses caminhos
O milagre então acontece
Cai a chuva
Pura e cheia de vida
Sob poeira
Que nos fortalece!

EM - TOCA A ESCREVER - ANTOLOGIA - IN-FINITA

Há vida em mim - FILOMENA VILAS BOAS

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA
Saibam da autora e do livro neste link
Conheçam a editora neste link

Vazio num passado
Sinto em mim
Aquele verão!
Noites sem dormir
Canções escutei
Mas tudo mudou
De pé ficarei
Amanhã será um novo dia
Lágrimas guardarei
Tomar conta de mim
Já estive assim
Não desisto do sonho
Porque sonho não morre
Sinto a alma chorar
Reclamando a nudez
Que o vazio consome
Olho em redor
Fui longe demais
Um lugar secreto
Que eu pudesse abraçar
Aonde estou!?
Rostos distantes
O mundo silenciou
O grito da noite
Entoa nos céus
Há vida em mim
Senhora do destino
Abrigo as palavras
O sonho vive
O amor é eterno

EM - RESPIRO DA ALMA - FILOMENA VILAS BOAS - EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA

Arché - COSME ROGÉRIO FERREIRA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto conexões neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link

De tudo aquilo que escrevo
Pouca coisa é fantasia
A pouca coisa sou eu mesmo
Todo o resto é poesia

EM - CONEXÕES ATLÂNTICAS II - ANTOLOGIA - IN-FINITA

Ser poeta - CLÁUDIA LUNDGREN

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto conexões neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link

Ser poeta é ser quem sou
Sem tirar e nem se por
É olhar para o meu céu
E notá-lo mais azul
Raios de sol tão brilhantes
Quanto os olhos dos amantes
Ser poeta é ser humano
Ser poema, ser encanto
Ser um livro, ser um conto
Ser romance num recanto
É ser flor de laranjeira
A roseira mais faceira
O perfume mais suave
Canção num fim de tarde
É criar, é inventar
Estórias em alto mar
É a todo momento apagar
Riscar, trocar de lugar.

EM - CONEXÕES ATLÂNTICAS II - ANTOLOGIA - IN-FINITA

terça-feira, 28 de agosto de 2018

Quarto compasso - MÁRIO PASSOS FURTADO

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA
Saibam do autor neste link
Saibam do livro neste link
Conheçam a editora neste link

dias de cidade
ir e vir já cansa
dias de cidade estafam
mas como viver sem o cansaço da cidade

EM - ANDAMENTOS - MÁRIO PASSOS FURTADO - CHIADO EDITORA

Poesia - MARIA JOSÉ FONTOURA

Para ti criei palavras no silêncio,
Inventei versos de braços abertos,
Encenei meus passos no soalho de madeira,
Cantei e dancei a noite inteira!

Fui ao encontro da luz
Que se esconde entre as brumas do meu peito,
Rasga o vento este céu imenso
Neste universo chamado poesia!

Esta é a luz perfeita e mais dourada
Que se renova e transborda de esperança,
A clareira do meu desejo infinito
Em palavras que nunca tinha dito!

Clareou.
Vieram pássaros e anjos,
Desceram entre correntes de mar,
Trouxeram um pouco de ti...
Levaram um pouco de mim...

Entretanto, amanheci!

EM - TOCA A ESCREVER - ANTOLOGIA - IN-FINITA

Metrópole/Vita - CLÁUDIO AMÍLCAR CARNEIRO

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELO AUTOR
Saibam do autor neste link
Saibam do livro neste link

A Metrópole/Vita é um largo mar
de águas vivas e claras - transparentes.
Como o mar tem baixios e correntes
bonanças e tormentas, a pairar.

As Dependências, rios a inundar
encostas, vales, várzeas e vertentes,
provindos de fontelas, de nascentes
num movimento e lesto serpentear.

As Agências, do norte até ao sul
desde jardim florido - Portugal
são límpidas, jorrantes, frescas fontes.

A Sede, a Nau, que sob o céu azul
navega com mar chão ou temporal
sempre em busca de novos horizontes.

EM - CANTARES DA MINHA TERRA - CLÁUDIO AMÍLCAR CARNEIRO - CHIADO EDITORA

Onde estão os meus passos - CECÍLIA GOMES

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto conexões neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link

A caminhada é longa,
quero caminhar comigo.
Deus o que me espera,
neste mundo de desatinos...

Onde estão meus passos...
passos que já dei...
Quero saber onde ficaram,
em que sítio os deixei.

Nunca vacilei, sabia o que pisava.
O chão era firme, por onde passava.
Onde estão meus passos,
quero essas passadas!

Quero continuar andar,
pelas ruas que andava.
Ser minha escrava,
Minha realeza.

Passadas da minha vida,
Com toda a firmeza.

EM - CONEXÕES ATLÂNTICAS II - ANTOLOGIA - IN-FINITA

Tu sabes! - CLARA PATACHÃO

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto conexões neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link

Olhei para ti
e mergulhei nos teus olhos...
Afoguei-me na imensidão do oceano,
em mim a minha alma
tem sabor agridoce
de satisfação desta paixão!
O júbilo no estado de alma...
Voou o meu pensamento
no bordel do meu coração!
Amor é sol que brota
como uma semente
de estrela luzente...
É flor do meu delírio,
é imaginação é prosa
é invasão do meu coração!...
Sangue ferve nas veias do amor,
amam com fervor...
A libertinagem do meu viver...
Não te deixa esquecer!...

EM - CONEXÕES ATLÂNTICAS II - ANTOLOGIA - IN-FINITA

segunda-feira, 27 de agosto de 2018

Perguntar - ISABEL BASTOS NUNES

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA AUTORA
Saibam da autora neste link

Pergunto à vida se ainda vale a pena
Sonhar com aquele amor eterno
Que eu queria levar sempre comigo
Sentindo o seu afago calmo e sereno!

Pergunto se valeu a pena acalentar
Aquele desejo tão forte e profundo
Capaz de me fazer lutar em momento derradeiro
Mesmo sabendo que nunca iria ganhar!

Pergunto ainda se é angústia, dor ou medo
O que sinto quando penso em reviver
Tantos momentos que embora já passados
E que eu teimo sempre em não esquecer!

Pergunto à vida
Mesmo quando a mágica do sonho fica morta
Sabendo que eu não mais espero...
Se vale a pena ficar
Morrendo como eu em desespero...!

EM - POEMAS POR ACABAR - ISABEL BASTOS NUNES - PASTELARIA STUDIOS

Momentos! - MARIA JOSÉ FONTOURA

Escrevo.
Amo.
Escrevo porque amo.
Escrevo
E amo tanto!
Chuva intensa, ventos turbulentos,
Nos sonetos do meu poema,
Inquietação,
Estio das horas de verão!
Escrevo.
Sinto.
Escrevo momentos.
Escrevo
E sinto tanto!
Invento-te nos recantos da noite
Como se o tempo fosse amanhã
Escrevo em mim
Tudo o que amo em ti!

Escrevo.
E amo tanto!

EM - TOCA A ESCREVER - ANTOLOGIA - IN-FINITA

O sol que brilha nas águas do mar - ZÉ MANEL DA LIXA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA
Saibam do autor e do livro neste link
Conheçam a editora neste link

Numa linda manhã
Na praia deitado
O Sol rompendo
A água crescendo
Num Sol dourado

Lindo Sol abriu
Nas águas brilhou
O mar o sentiu
E o cumprimentou

O mar dá frescura
O Sol dá o calor
A areia dá-me doçura
Para adoçar meu Amor

Que moça bonita
Sereia do mar
Chamava-se Rita
Era a primeira a chegar
A areia a convida
A Rita deitar

Corpo bronzeado
Da Rita deitado
Corpo sedutor
Seu corpo encantado
Produzia Amor

Lindo corpo dourado
Da praia do mar
Fiquei encantado
De ver Rita passar
Um coração parado
Rita fez soluçar

EM - AMOR E SEDUÇÃO - ZÉ MANEL DA LIXA - EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA

Nosso jardim - CECÍLIA GOMES

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto conexões neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link

Queria dizer-te és especial.
Mas... neste nosso jardim
cheio de várias flores,
Rosas brancas, malmequeres,
Criada com tanto amor.
Quero ofertar-te parte de mim...
Silvestre Jardim,
nosso Amor é assim...
Com baixos e altos,
com cheiro a jasmim .
Mas... sempre intenso e presente...
Os obstáculos contornarmos,
Continuamos unidos...
Somos como o jardim,
nossa vida é assim...
Quero-te para mim,
todos os dias te sentir...
Que me faças feliz,
vivermos nesta harmonia,
Sobre o amor que nos guia.

EM - CONEXÕES ATLÂNTICAS II - ANTOLOGIA - IN-FINITA

Espiral de rimas - MARGARIDA CIMBOLINI

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO PELA IN-FINITA
Saibam sobre a autora neste link
Conheçam a In-Finita neste link


espiral de rimas eu persigo
esperançada em torná-las rosas
vendo se com elas eu consigo
de ti flores carinhosas

mares de ondas recolhidas
atravesso em marés gloriosas
aos meus remos dou como castigo
remar entre pétalas de rosas

já tenho os peixes do mar
bandos de aves são meus
mas longe está o teu amar
longe estão os beijos teus

rimando então continuo
já que sem asas não posso voar
de ti em mim nada possuo
apenas o desejo de te amar


EM - VIVÊNCIAS - MARGARIDA CIMBOLINI - IN-FINITA

domingo, 26 de agosto de 2018

Retorno - FILOMENA LIMA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA
Saibam da autora neste link
Saibam do livro neste link
Conheçam a editora neste link

Rectas e curvas sucediam-se rápidas.
E não era ao volante de um Chevrolet
nem Lisboa nem Sintra.
Aportando a bom porto, eu uma com a máquina.
Fácil o sentir do volante e o piso seguro.
Faixas brancas luzindo
sob o escrutínio dos faróis certeiros.
Longe das paixões o quieto do caminho.
Aportava a bom porto,
longe da turbamulta.
Do piscar dos écrãs,
recolhia a meu bosque.

EM - UMA IDENTIDADE - FILOMENA LIMA - CHIADO EDITORA

Fado! - MARIA JOSÉ FONTOURA

Calçada do meu bairro
Estendais de roupa branca
Janelas abertas de par em par
Aroma a café, lençóis pelo chão
Madrugadas de corpos suados
Amores perdidos,
Amores-perfeitos,
Amores encontrados!
Cantos gemidos,
Desejos feridos,
Beijos declamados
Nos terraços dos telhados!
Voltas e reviravoltas
Nas cordas de um violão,
Vozes vagueiam pelas ruas,
Pregoam a saudade e a solidão!...

EM - TOCA A ESCREVER - ANTOLOGIA - IN-FINITA

Prisão - A. M. GUERREIRO

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA
Saibam do autor neste link
Saibam do livro neste link
Conheçam a editora neste link

Fugir - fugir daqui!
Mas para onde irmão
Se a maior prisão
Está dentro de ti...?

EM - T/SER - A. M. GUERREIRO - CHIADO EDITORA

Nossa história - CECÍLIA GOMES

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto conexões neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link

Um dia ainda criança,
disseste-me tudo vai dar certo.
Passados estes anos,
tuas palavras foram o maior acerto.
Foi tudo por palavras, elas mesmas me deram forças,
não restam dúvidas...
Sim... dúvidas, hoje estou aqui!
Lutei, semeei, houve muitos dissabores, a colheita
sempre a subir.
Quantas vezes pensei desistir, não tem conta,
assim que vinha esse pensamento negativo,
do nada, pensava, não, não vou desistir,
tenho que continuar e não parar.
Sozinha, chorei vezes sem conta,
senti-me só, aprendi que só nós,
somos a nossa própria história.
Aprendi, que eu é que tenho que construir meu pilar.
Ser sublime na minha caminhada,
firme nas minhas decisões,
e jamais desistir dos meus sonhos.
Ter fé na estrela que nos guia...
Quando chega a noite,
acreditar que amanhã vem novo dia.
Sonhar, amar, e seres teu próprio guia.

EM - CONEXÕES ATLÂNTICAS II - ANTOLOGIA - IN-FINITA

E restou o verbo - MIGUEL CURADO

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA IN-FINITA
Saibam do autor neste link

Conheçam a In-Finita neste link

eram pessoas desnudadas mas que sempre regressavam,

ao único sítio onde se sentiam bem,
uma casa sem teto,
sem janelas,
com os nomes de todas as decisões mal tomadas
da história, escritos a vermelho sangue...

só lá o tempo parecia fluir como um carreiro
de formigas,
os homens podiam sentar-se com a consciência
ao nível do sexo,
tal como sempre mandou a criação,
e as mulheres contemplavam as nuvens bordadas
no céu cinzento,
que exalava o perfume enganador da morte escondida...

a criação acabou neste sítio,
o mundo foi engolido pela raiva da sua estrela,
a linha tempo-espaço fundiu-se com a matéria negra do universo,
e restou o verbo...

com a promessa vã de nova conjugação

EM - ABRIR OS OLHOS ATÉ AO BRANCO - MIGUEL CURADO - IN-FINITA

sábado, 25 de agosto de 2018

É com palavras...* - ALICE VIEIRA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR MANUEL MACHADO
Saibam da autora neste link

É com palavras que te vou guardar
na praia do meu corpo. E através delas
dar-te vida para sempre. E então escolher
entre raivas e mágoas só aquelas
mais perfeitas e claras que dirão
de nós o exacto nome. E perceber
que enredos edifica a minha mão
com palavras - e só - para te prender
aos instantes de mim na tua vida
e em tudo o que ao futuro conquistei:
palavras nesta luta desmedida
como límpidas armas. E erguê-las.

E sabê-las certeiras. E ganhar.
Outras armas não tenho para além delas.

EM - OLHA-ME COMO QUEM CHOVE - ALICE VIEIRA - DOM QUIXOTE

Se eu te dissesse, amor - MARIA ANTONIETA OLIVEIRA

Se eu te dissesse, amor,
onde se cruza o pensamento
das noites por dormir?
Se eu te dissesse, amor,
onde ficam os dias que não amanhecem
esquecidos nas trevas do mundo?!
Se eu te dissesse, amor,
onde deixei os nossos sonhos
espalhados na areia salpicada pelas vagas do vento?!
Se eu te dissesse, amor,
onde fica o brilho do teu olhar
que me encantou e fez de mim mulher?!

Se eu te dissesse, amor,
Ai amor, se eu te dissesse?!

 EM - TOCA A ESCREVER - ANTOLOGIA - IN-FINITA

Como se eu fosse o teu sonho - VÍTOR COSTEIRA

Segura terna as minhas mãos,
que trementes anseiam as tuas,
e encaminha os meus pés
para longe de onde agora estou,
para perto de quem sempre és...
... e na doçura do momento,
num abraço aconchegante
recebe-me noviço do tempo,
ensina-me a arte de ser amante
e tornar eterno esse instante...
... olha bem fundo no meu olhar,
deseja o todo do meu desejo,
guarda-me no mais puro de ti,
dulcifica em mim um húmido beijo
e escreve o poema que ainda não li...
... fantasia o teu adormecer risonho
e mantém-no alvo e cristalino,
como se eu fosse o teu destino,
como se eu fosse o mais belo sonho!

EM - LIVRO ABERTO - ANTOLOGIA - EDIÇÃO DE AUTOR

Juro... amo-te! - CECÍLIA GOMES

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto conexões neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link

Meu amor, juro... Amo-te.
No alongar da vida,
meu oculto pensamento
que me guia esta certeza,
trago meu amor exposto.
Meu amor, juro... Amo-te.
Numa tela te retrato,
tenho teu rosto exposto...
Amo-te!
Dois seres adultos,
se moldam no oculto.
Este amor é forte,
com rumo sul a norte.
Felicidade que chega
suavemente,
num suspiro digo, sou tua.
No infinito espero por ti,
em qualquer beco das ruas,
procura-me...
sabes que estou aqui.
Amo-te!

EM - CONEXÕES ATLÂNTICAS II - ANTOLOGIA - IN-FINITA

Abafo palavras - CLARA PATACHÃO

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto conexões neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link

Num fechar de olhos
o batimento do meu coração
sedutor e cheio de amor...
Abafo palavras espalhando alegria
mesmo no meio de armadilhas...
Aqui! Há magia! Na minha poesia!...
A alma desconhece a ocasião
da lança que atravessa o meu coração!
Sinto um arrepio, sinto frio, carente neste vazio...
Confundi o meu olhar nos reflexos do mar.
Dei-te o meu corpo uma vez e mais outra,
num fechar de olhos, de lábios sedentos,
flutuava a felicidade...
Na vastidão do infinito trago o semblante
da lua alucinante e elegante!...

EM - CONEXÕES ATLÂNTICAS II - ANTOLOGIA - IN-FINITA

sexta-feira, 24 de agosto de 2018

Matar o passado - FRANCISCA MARIA FERNANDES

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA
Saibam da autora e do livro neste link
Saibam da editora neste link

Quero esquecer o passado
Quero viver o presente
Quero estar com meu amado
Viver este amor ardente!

No meu corpo massacrado
Sentia um amor ausente
Agora estás a meu lado!
Tenho sã a minha mente.

Quero sentir teu abraço
Encostada ao teu regaço
E o teu corpo sentir!

Quero somente ser tua
Ter por tecto... a linda Lua!
Que tanto me faz sorrir!

EM - RASGOS D'ALMA - FRANCISCA MARIA FERNANDES - EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA

Fado safado - MARGARIDA GOMES

Recostei-me
num vão de estrelas,
na via láctea do anoitecer,
esperando
o esplendor dourado do amanhecer
para, revigorada,
retomar a procura
pelo meu lugar de ser feliz,
nas encruzilhadas insondáveis do universo,
para lá dos nevoeiros
e das constelações.
Adormeci
embalada no colo
do espaço sideral.
O vento astral
acariciou-me o rosto
e soprou nos meus cabelos.
Fê-los pousar
numa estrela cadente
que, em rota descendente,
me transportou
pela infinitude das galáxias
e me esqueceu aqui,
sem saber o que buscar,
sem escada para subir
nem asas para voltar...

EM - TOCA A ESCREVER - ANTOLOGIA - IN-FINITA

Criaste-me - ANA CRISTINA GOULART/BRUNO ASSIS PAIXÃO

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA
Saibam do livro neste link
Conheçam a editora neste link

Quero-te recordar
Caso te estejas a esquecer
Que te amo e vou amar
Se não for eternamente, é até morrer.

Vou-te apenas lembrar
Que és o meu lado da razão
Que por ti bate meu coração
Até um dia ele falhar.

Se a vida te fizer esquecer
Tudo o que escrevo aqui
Sabe que por ti eu vivi
E que me fizeste crescer.

Que és peça fundamental
Para que seja quem eu sou
A pedra filosofal
Que me transformou.

Posso estar diferente
Começo aos poucos a notar
Mas se para ti estou ausente
Prometo mudar.

EM - A VIDA NUM POEMA - ANA CRISTINA GOULART/BRUNO ASSIS PAIXÃO - EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA

Hoje - CECÍLIA GOMES

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto conexões neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link

Hoje, sinto que sou tudo...
Hoje, trago em mim,
a fortaleza da natureza.
Hoje, senti que a cada segundo,
é parceiro da minha felicidade.
Encontro-me a cada instante,
vou namorar com os minutos.
Hoje... hoje sim!
Perguntei-me?
Como é maravilhoso ter uma missão.
A missão de amar!
Amar a vida... amar a minha missão.
Hoje, e sempre, amar tudo que me traz à razão de viver.

EM - CONEXÕES ATLÂNTICAS II - ANTOLOGIA - IN-FINITA

A Dona de outro Dono - CÍCERO RODRIGUES

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto conexões neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link

Entre tédio e sono
Deita à mulher nua como?
Na droga dos dias de outono
Ou na cama de outro dono?
Olhos raivosos
Olhando-me sinuosos
Diga-me: devora-me nos teus braços ociosos
Ou mata-me nos teus seios graciosos?
Acompanhe logo a noite escura
Enquanto a vontade em mim atura
Deita-se comigo de baixo de estrelas e lua
Ou suamos na exótica noite pura, eu nu e você nua?

EM - CONEXÕES ATLÂNTICAS II - ANTOLOGIA - IN-FINITA

quinta-feira, 23 de agosto de 2018

Noite de verão - MARIA DA ESPERANÇA LOUREIRO

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA
Saibam da autora e do livro neste link
Saibam da editora neste link

Numa noite de verão ardente
Fiz uma cama na praia
Como a areia estava quente
Ali estendi a toalha.

O mar estava tão manso
Que a estendi à beira-mar
Dormi um sono tão santo
Difícil de acordar.

Sonhei que vivia noutro mundo
De muito amor, paz e alegria
Mas no meu sono profundo
O meu sonho me mentia.

EM - OS TONS DA MEMÓRIA - MARIA DA ESPERANÇA LOUREIRO - EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA

Tronco de árvore - MANUEL A. RODRIGUES

Sou um tronco de árvore
Com as suas ramagens,
Com o tempo o meu interior arde
Nascendo em mim verdes folhagens,
Cada folha
É o nascimento de uma escolha,
Cada queda
É uma pretensão, uma perda.
Sou um tronco mas não sou acabado
Não quero numa lareira ser deitado.
O tempo arde
A cada um de nós plantar cabe.
Quero ser uma árvore verdejante.
Do verde da vida, ser amante,
Quero ver o verde nascer
E a seiva da vida em mim correr
Não quero ser árvore de outono,
Despida do nu da vida.
Quero do renascer da primavera ser dono,
Quero apesar de "tronco de árvore"
A vida ser sentida...

EM - TOCA A ESCREVER - ANTOLOGIA - IN-FINITA

O olhar - MANUEL A. RODRIGUES

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELO AUTOR

O olhar não é apenas os olhos direccionar
Não tem só a ver com a visão
Os olhos são mais fortes que o falar
São a pureza do mostrar do sentir do coração

Os olhos não têm palavras a esconder
São puros, não têm adulteração
Trocam-se e dão-se a conhecer
Mostram no momento a verdadeira intensão

O olhar não tem segredos
Dá a conhecer a verdade e medos
O olhar é abrir de uma janela
Dão a conhecer o mundo visto por ela

O olhar é um observar
E observando na mente preservar
Observa-se o que se quer e não quer
E do que se observa guarda-se o que se quiser

EM - MAR DE PALAVRAS - MANUEL A. RODRIGUES - EDIÇÕES OZ


Há dias assim... - CECÍLIA GOMES

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto conexões neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link

Há dias que temos energias,
que nos levam até à margem do outro mundo...
Tem dias que nos falta encontrar a inspiração necessária
que nos leva a terminar o dia existente...
Há dias que por muito que lutes,
não atinges o sorriso que o outro espera de ti...
Tem dias que faz as quatro estações.
Sim... tem dias que a felicidade vira decepção,
o choro vira alegria...
Vou pegar no melhor que vivi,
levar daqui antes que seja tarde...
Agora sim!... vamos andar por aí...
Afinal estamos aqui para viver os momentos
de nossas vidas.

EM - CONEXÕES ATLÂNTICAS II - ANTOLOGIA - IN-FINITA

Corpos de Eros - MARGARIDA CIMBOLINI

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO PELA IN-FINITA
Saibam sobre a autora neste link
Conheçam a In-Finita neste link

escrevo com teus dedos
sinto o fluido de teu amor na pele
beijo com tua boca
queimo-me em tua ardência
vibrante e louca
no teu corpo sou fada meretriz
sedutora seduzida
sou chama labareda papel
pingo de tocha acesa
sinete lacre anel
círculo que te cerca
maré que te lava
ondas onde voamos
cristas onde subimos
vidas onde entramos
labirintos de tempos longos
sítios onde aventamos
enfim
como flor se abrindo
a ti me entrego e desfaleço
com risos de louco encanto

… a ti me viro do avesso e canto...


EM - VIVÊNCIAS - MARGARIDA CIMBOLINI - IN-FINITA

quarta-feira, 22 de agosto de 2018

Olhos bonitos - EDUARDO DINIS

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA
Saibam do autor neste link
Saibam do livro neste link
Saibam da editora neste link

Não sei se já te disse
que tens os olhos muito bonitos:
salpicados de verde mar
brilhantes da cor do céu.

EM - A COR DO TEU CÉU - EDUARDO DINIS - CHIADO BOOKS

Sou criança - MANUEL A. RODRIGUES

Se sou criança...! alguém perguntou
Que pergunta...! em mim bem não reparou
A capacidade de brincar não se me findou
Quem me conhece
Sabe que a criança em mim acontece
Brinquei ontem e brinco agora
Irei brincar pela minha existência fora
Hoje, adulto me esqueço por vezes de ser
Deixo em mim a criança viver
De brincar, vergonha não sinto,
De me misturar com os miúdos, gosto, não minto
Não me importa o observar
E qual seja de mim o criticar
Gosto de a vida com a pureza de criança levar
Podem considerar que não tenho juízo
Será apenas de mim o prejuízo
Mas eu considero que não
O ser criança, em mim, já não tem solução
Nasci menino
Não pude mudar o meu destino
Hoje, que adulto sou,
Deixar de ser CRIANÇA... NÃO VOU...

EM - TOCA A ESCREVER - ANTOLOGIA - IN-FINITA

Identidade - LOUIS WATEL

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA
Saibam do autor neste link
Saibam do livro neste link
Conheçam a editora neste link

Sou aquele que vê os sonhos,
Sou aquele que sente a vida,
Sou aquele que ouve o universo,
Sou o átomo que vibra,
E também sou a estrela que fascina.

Sou homem e sou mulher,
Sou o Sol e sou a Lua,
Sou a música e a dança,
Sou a matéria e o espírito,
Sou você em mim.

EM - SEGREDOS DE DEUS - LOUIS WATEL - CHIADO EDITORA

Pontinhos de luz - CARMEN LÚCIA DE QUEIROZ PIRES

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto conexões neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link

Somos pontinhos de luz sagrados,
Cada um diferente do outro espiritualmente.
Não existem iguais com os mesmos desejos e anseios...

Nossa igualdade está na luz,
Que nos alimenta, fortalece e nos une
Nesse bailado da vida,
Uma criação concebida no universo de Deus.

Quero estar nesse balé com você,
Nas nossas diferenças e nas nossas virtudes.
Quero ser sua ao tocar-lhe:
No corpo, na alma e no coração.

E nesse instante sentir toda a vibração,
Para assim compreender
Porque somos tão iguais na luz
E tão diferentes no ser.

Quero experimentar esse sentido da vida
E compreender a sua lógica,
para me embrenhar na sua estória,
chorar com a sua dor
e sorrir com os seus encantamentos.

Só então estarei apta a ser um par
Com passos leves e suaves,
No bailado harmônico da vida.

EM - CONEXÕES ATLÂNTICAS II - ANTOLOGIA - IN-FINITA

Intróito - MIGUEL CURADO


LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA IN-FINITA
Saibam do autor neste link
Conheçam a In-Finita neste link

debruçados em papel,
subidas as constantes
das novas funções
do Sol,
permtiram-se muito
mais que simples
indecisões com que o
carvão das noites pintou-
nos a suspirar por mais...


EM - ABRIR OS OLHOS ATÉ AO BRANCO - MIGUEL CURADO - IN-FINITA