Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

terça-feira, 31 de dezembro de 2019

Losangos - BEATRIZ H. RAMOS AMARAL

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO POR IN-FINITA
Saibam da autora neste link
Conheçam a In-Finita neste link

vapores que o outono engendra

na rolha
a memória do vinho:
olhos eslavos e faíscas mudas

losangos trançados no assoalho

aconchego do feltro
para as tuas luas

EM - O AVESSO DO ARQUIPÉLAGO - BEATRIZ H. RAMOS AMARAL - IN-FINITA

Praia de Conceição - GESILDA MEDEIROS

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto Ecos do Nordeste neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link

Se eu fosse um pintor
Você estaria em minhas telas
Mas não sou, te admiro com paixão
Conceição fica mais bela
Sua capela singela
O vento forte adentrando
Em dias de orações
Capela, praia e mar
És sempre linda
CONCEIÇÃO

EM - ECOS DO NORDESTE - COLECTÂNEA - IN-FINITA

II - CARLOS CAMPOS

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO POR IN-FINITA
Saibam do autor neste link
Conheçam a In-Finita neste link

Acordo por Ti
Sonho por Ti
Vivo por Ti
Nasço e renasço por Ti
Escrevo para Ti
Canto por Ti

Vôo contigo
Sonho contigo
Durmo contigo
Caminho contigo
Navego contigo
Como contigo
Me rio contigo
Choro contigo
Conto as estrelas contigo e
Perfumo o vento contigo

Apanho as flores para Ti

Te quero
Te amo
Te adoro
Não te dou o sol
Não te dou todas as fontes
Não te dou o mar
Mas me darei a Ti
Porque é a Ti
Que sempre vou amar

EM - POEMAS SEM NOME - CARLOS CAMPOS - IN-FINITA

Matinal - RONALDO WERNECK

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO PELO AUTOR
Saibam sobre o autor neste link

o rosto contra o espelho
gilete ávida percorrendo
áspera
           a face marcada

olhos gastos, óculos castos
mergulho no dia claro
aventura recomeçada
agora e a cada hora

EM - MOMENTO VIVO - RONALDO WERNECK - ETM

segunda-feira, 30 de dezembro de 2019

Da janela - CARLA DE SÀ MORAIS

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO POR IN-FINITA
Saibam da autora neste link
Conheçam a In-Finita neste link

Da janela do meu quarto
Perigosamente me debruço
Entre a dor e o sonho que aparto
Enterrando tudo num soluço

Falta-me a vontade
De continuar silenciosa
Esgueiro-me na metade
Da sombra perniciosa

Brilhe o Sol ou ilumine a Lua
Meus sentimentos em carrilhão
Deslizam ligeiros como a falua
No intervalo dos dedos que compõem a minha mão

EM - DE GAVETA EM GAVETA - CARLA DE SÀ MORAIS - IN-FINITA

Carnaval - GESILDA MEDEIROS

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto Ecos do Nordeste neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link

A emoção toma conta de mim
Nesse frevo rasgado
Acelerando meu corpo de paixões
Neste vai e vem, mas não vai
Um turbilhão de emoções
Neste colorido de ruas
Entre blocos, maracatus, caboclinhos e tantos outros
Há! Meu corpo começa a ferver
Ao som de vassourinha
Eita frevo vibrante! Não deixa
Ninguém parado, tirando os pés do chão,
Seguindo a multidão
Nesse som frenético
Que enlouquece o folião
Três dias de folia
Acaba não mundão.

EM - ECOS DO NORDESTE - COLECTÂNEA - IN-FINITA

A vida te fez minha companhia - MARIA GOMES CABANA

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO POR IN-FINITA
Saibam da autora neste link
Conheçam a In-Finita neste link

A vida te fez minha companhia
Nela subimos montanhas, repousamos em vales,
Juntamos a tristeza na alegria,
E fortalecemos nossos caules!

O tempo cativou nosso belo amor,
Neste lar de proteção e respeito,
Este jardim brotou delicadamente em flor.
De o doce aconchego em nosso leito.

O passado vive na saudade,
O presente quer-nos presente,
O futuro espera insistente,
Nosso amor se diz verdade!

EM - PÊNDULO DE VIDA - MARIA GOMES CABANA - IN-FINITA

domingo, 29 de dezembro de 2019

Nuances de sedução - ANTÓNIO MR MARTINS

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO POR IN-FINITA
Saibam do autor neste link
Conheçam a In-Finita neste link

Neste nascente
neste entardecer
nesta foz

há um sentido comum
que emerge
entre cada pétala moldada
à flor do teu encanto

uma fragrância única
solidez substancial
descompondo-se suavemente
ao respirar apaladado
de cada novo dia

há um punhado de sabores de ti
que esvoaça sua limpidez
no íntimo do meu ser

EM - JUÍZOS NA NOITE - ANTÓNIO MR MARTINS - IN-FINITA

Espero - GEORGE FARIAS

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto Ecos do Nordeste neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link

Espero por você porque tenho saudade
Porque tenho vontade de morder seu umbigo
Espero por você porque sou tua verdade
Porque amo demais quando brincas comigo
Quando sonha em meu sonho
Quando canta em meu canto
Quando espera que eu entre na tua via láctea
Espero por você porque sou teu mistério
varanda na tua ventania da tarde
Sopra meu rosto com teu hálito
Me diz do som que os lábios soam
Espero que me beije ao pôr do sol
Porque sou como a lua escondida
Porque quero teu cheiro de mar de Timor
Porque sou teu perfume de jardim florido
Exalando flores te fazendo odor
Refletindo cheiro pura poesia
Esperando sempre como sempre estou.

EM - ECOS DO NORDESTE - COLECTÂNEA - IN-FINITA

Alimento - NATÁLIA MATOS GOMES

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO POR IN-FINITA
Saibam da autora neste link
Conheçam a In-Finita neste link

Já recolhi a toalha de linho
que estendi à tua espera.
O jantar arrefeceu, nos dias do desencanto...
Os pássaros vieram e levaram
o que sobrou do nosso alimento;
dos meus olhos brotaram gotas
de orvalho, na ilusão do meu desnorte
em vínculos sem amanhãs...
Sacudi a toalha e até me pareceu
ver migalhas de rimas perdidas
a clamar por versos teus,
e, em lágrimas incompreendidas,
afaguei a alma e enxuguei
os meus olhos,
já sentada na mesa fria
e, num apetite voraz,
jantei o que mais queria,
que era, e é... a Poesia!

EM - REFLEXOS NO OLHAR - NATÁLIA MATOS GOMES - IN-FINITA

A energia do poema - JORGE GASPAR

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO POR IN-FINITA
Saibam do autor neste link
Conheçam a In-Finita neste link

O Poema percorre o areal, sereno
Entre búzios, algas, a concha polida pelas marés.
As ondas compõem as palavras
Que intensamente se envolvem na maresia.

O horizonte
Declina na claridade das águas
O pôr do sol brinca
Com as sombras que envolvem os sentidos.

De Paz e aromas salgados de tranquilidade
Se enche a Poesia.

A vida com tempo de respirar os sonhos

A Alma espraiando-se em terra firme.
De marés a viver.
Em poemas futuros.

EM - ODE ÀS PALAVRAS - JORGE GASPAR - IN-FINITA

sábado, 28 de dezembro de 2019

Nenhum voo - CRISTINA AMARO CASADINHO

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO POR IN-FINITA
Saibam da autora neste link
Conheçam a In-Finita neste link

Não tenho nenhum voo
marcado.

Todas as aves partiram
num tempo que acabou.

EM - (DES)FLORIDOS - CRISTINA AMARO CASADINHO - IN-FINITA

Vos digo - GEORGE FARIAS

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto Ecos do Nordeste neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link

Em verdade vos digo
Sonhei
E fui ao encontro do sol que imaginei
Sigo ainda a estrela luminar
Que transcende
Que transpira
Que me ensina cantar
Vos digo que cantei
Sem voz e sem medo
Do que os outros falariam
Sem receio do mergulho
Que na certa alcançaria
o mais profundo de outro mar
Vos digo que não calo
Mesmo estando em cela morna
Meu desejo é o que suporta
Alma viva ou carne morta
Sou eu mesmo o navegar
Vos digo que alucinei
Pelas cores do oceano
Pelos panos que me veste
Por lembrança em teu olhar
Só eu mesmo o meu abrigo
Vos digo.

EM - ECOS DO NORDESTE - COLECTÂNEA - IN-FINITA

Amor e desencanto III - ANTÓNIO SILVA MELO

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO POR IN-FINITA
Saibam do autor neste link
Conheçam a In-Finita neste link

Trouxeste a imensidão em ventos graves
E a sede entre a boca e a água.
O que está escrito nos livros do mundo
A teu lado está de joelhos
E desce nas curvas da matéria
E nela sobretudo respira o brilho.

Súbito é tudo que vem desde a lua
E no teu pasmo se acomoda sem regras de obediência.

De nada me serve qualquer facto
Sem essa certeza
Esse palato na textura que enche as formas.

A toda a largura de ti a necessidade de tudo.

EM - POESIA SUBMERSA - ANTÓNIO SILVA MELO - IN-FINITA

sexta-feira, 27 de dezembro de 2019

Estrela - CLARA PATACHÃO

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO POR IN-FINITA
Saibam da autora neste link
Conheçam a In-Finita neste link

Ontem desvendaste o nosso segredo... Não tive medo...
Os teus olhos falaram de amor, eu!
Entorpecida, não imaginava, fiquei calada, o que aconteceu
Mexeu com o meu eu...!
Apeteceu-me desabafar e contigo estar para namorar...
Olhei uma estrela a cintilar, mas não te vi passar...
Vou acreditar num amanhã melhor, e eu!
Renascia com um novo dia...
Rompeu a aurora de ventanias soltas, eu sou o pôr do sol!
No amanhecer voltei a sorrir, com um batom de outro tom!
O novo dia cai e só a lua sobressai... O céu será o nosso cais!
De prazeres carnais...!

EM - AMOR SENTE-SE - CLARA PATACHÃO - IN-FINITA

Meu chão - GENICE NOGUEIRA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto Ecos do Nordeste neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link

A simples poeira que voa
O chão
O simples olhar distante do irmão
Não há tristeza no coração
Mas há saudade daquela que
foi dona do meu coração
Na água que brota do chão
Naquele aperto de mão
A certeza que tenho na vida
um amor, uma paixão
Pela estrada eu vou todo dia
E nela me perco em despedida
Todo dia vou e volto
Na saudade da falecida
Mas nunca mais retorno neste chão
Onde fiz minha morada
Vou embora na madrugada
Pra nunca mais te ver no portão

EM - ECOS DO NORDESTE - COLECTÂNEA - IN-FINITA

Mensagem de Natal - CELSO CORDEIRO

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO POR IN-FINITA
Saibam do autor neste link
Conheçam a In-Finita neste link

Pelo Natal quase todos se desdobram
na azáfama de mensagens a enviar
e enternecedoras palavras de amor
e tantos são os que nunca tiveram
durante todo o ano Amor para dar...

O que quer que seja para vós
o período que se avizinha do Natal,
tempo de reunião e fé para quem crê
ou simples devoção à família, anual,
é importante dar algo que se não vê...

Não dói, tão pouco custa dinheiro,
e porque não vivemos só no Natal
olhemos à nossa volta todo o ano
e mais do que oferendas no pinheiro
demo-nos em Amor o ano inteiro!

EM - VERSOS COM REVERSOS - CELSO CORDEIRO - IN-FINITA

quinta-feira, 26 de dezembro de 2019

Primeiras ilhas - BEATRIZ H. RAMOS AMARAL

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO POR IN-FINITA
Saibam da autora neste link
Conheçam a In-Finita neste link

no fascínio das águas
remar sem pausas

contar as ilhas
dos faróis, os nomes

seus vapores, brisas
o calor das ondas

nos poros da prosódia
e na ancestral jangada

contar nas ondas
cachos de palavras

EM - O AVESSO DO ARQUIPÉLAGO - BEATRIZ H. RAMOS AMARAL - IN-FINITA

Caos urbano - GENICE NOGUEIRA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto Ecos do Nordeste neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link

A humanidade à beira do caos
Crescem monstros ao redor
No submundo do crime
O mal tem seu lugar assegurado
Algo a se fazer urgente
Gente, gente, gente
Quantos inocentes ainda
perderão suas vidas?
A humanidade caminha no fio
da navalha, na malha fina,
na esquina, no breu
Calma, calma, calma
Não quero mais ver isto
Me recuso a saber de tudo isso
Insisto,
Algo a ser fazer urgente
Gente, gente, gente
Quanto sangue na avenida
Vidas perdidas
Caos urbano

EM - ECOS DO NORDESTE - COLECTÂNEA - IN-FINITA

Grito - MANOEL BARBOSA

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO PELO AUTOR
Saibam do autor neste link

Seu grito, o guia, escudeiro
abre caminho, seus dias.
Seu grito pra desbravar o ir, vir, o rir
a cada dia mais grito no gritar
sinalizar a vida, condensação no ar.
A vida a cada dia, mais um dia, menos um dia.
Elas unidas, gritando em fé, frustração
incredulidade, manipulação, verdade
em clamor, súplica, fervor
explosão em amor, dor, pudor.
Elas em um ter, um ser
vencer a cada dia
um dia não mais gritar.

EM - UIVOS URBANOS - MANOEL BARBOSA - EDIÇÃO DE AUTOR

IV - CARLOS CAMPOS

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO POR IN-FINITA
Saibam do autor neste link
Conheçam a In-Finita neste link

Anda dá-me a tua alma
Quero dizer-te um simples segredo
Não tenhas medo
Segue o pensamento
Só te quero dizer
Que te amo acima de todos os Deuses
E de todos os corpos curvolentos

Tu és um nome por batizar
És uma estrela por contar
És uma rima que eu faço poema
És a mãe de um poeta
Eu, teu amor
Eu, teu filho

Quero o teu colinho
Quero o teu mamilo
Quero o teu gemido

Viver é importante
Mas te escrever
Os fascículos do meu amor
É uma fé deste teu
Tenor de amor

EM - POEMAS SEM NOME - CARLOS CAMPOS - IN-FINITA

quarta-feira, 25 de dezembro de 2019

Reflexão - CARLA DE SÀ MORAIS

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO POR IN-FINITA
Saibam da autora neste link
Conheçam a In-Finita neste link

Espalhar a lucidez na Terra
É uma forma de orientação
Quando nos sentimos perdidos
Como caminhar num jardim
Pode ser uma viagem no esconderijo
Do sonho a ser partilhado

A brisa transporta as partículas
Dos sentidos das numerosas coisas
Que ainda não resolvemos fazer
Enquanto que a escrita as executa
Num ato de reflexão inspirativo
Que tivemos como prazer

EM - DE GAVETA EM GAVETA - CARLA DE SÀ MORAIS - IN-FINITA

Dor de todos nós - GABRIEL OSCAR

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto Ecos do Nordeste neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link

Dor de parto dói demais
Dor que brota a vida
Dor maior é a da morte
Prá sempre a da partida
Levando quem se ama
Deixa a alma ferida
Amigo ou conhecido
Partindo de modo atroz
Revolta qualquer um
Emoção embarga a voz
Porém mãe quando morre
Morre a origem de nós

EM - ECOS DO NORDESTE - COLECTÂNEA - IN-FINITA

Sou o que sou - MANOEL BARBOSA

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO PELO AUTOR
Saibam do autor neste link

Soul
a minha alma grita
soul
sou o que sou
assim sou
sem barreira
sem fronteira
de todas as maneiras
assim sou.

Soul
a minha alma grita
soul, funk
folk, jazz
punk, pop
blues, rock.

Soul
sou rock'n'roll
rock'n'soul
de corpo e alma eu grito
soul
sou o que sou.

EM - SANGUE E BLUES - MANOEL BARBOSA - EDIÇÃO DE AUTOR

A idade das flores - MARIA GOMES CABANA

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO POR IN-FINITA
Saibam da autora neste link
Conheçam a In-Finita neste link

Tranquei o meu pensamento!
No momento de saudade,
Ele recuou no tempo,
Naquele tempo de outra idade.

A idade das flores,
Todas belas e cheirosas,
A Idade dos amores,
Dos poemas e das prosas!

Quando tudo era dito,
Com verdade e enlevo,
A saudade agora fito,
E a falar não me atrevo.

As flores essas secaram!
Os poemas eu releio!
Só as saudades ficaram ,
Dessa idade e do seu cheiro!

EM - PÊNDULO DE VIDA - MARIA GOMES CABANA - IN-FINITA

terça-feira, 24 de dezembro de 2019

Olhar - ANTÓNIO MR MARTINS

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO POR IN-FINITA
Saibam do autor neste link
Conheçam a In-Finita neste link

Olhei-te
Na limpidez
De relance

E nesse olhar
Abarquei o universo.

EM - JUÍZOS NA NOITE - ANTÓNIO MR MARTINS - IN-FINITA

A água - FÉLIX FELICIDADE

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto Ecos do Nordeste neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link

A primeira maravilha do mundo! O dia começa com
a água, a vida começa na água, na água nasce a vontade
e o corpo deseja, sacia-se a sede completa o processo
do bolo alimentar com a água. A água elimina as
toxicinas do corpo trata o sangue, o sangue é vida!
E a água é tão importante quanto a vida!
Pois tudo que respira deseja, a água é o espelho
da beleza, é o brilho cristalino, é o néctar da natureza.
A água é solvente universal, por onde passa leva ávida,
até as minúsculas partículas evolutivas captadas
pelo cérebro pulsão no sangue tratado pela água.
Humildemente eu vos peço bebam sem moderação
no mínimo dois litros por dia.

EM - ECOS DO NORDESTE - COLECTÂNEA - IN-FINITA

O capuchinho e o lobo - NATÁLIA MATOS GOMES

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO POR IN-FINITA
Saibam da autora neste link
Conheçam a In-Finita neste link

Ele, só a queria
A ela...

Ela, só o queria
Para encontrar o caminho,
Pensando ela que ele o sabia.

Ele, era o lobo mau,
Ela, o capuchinho...

Por ventura,
A astúcia e a voragem ancestral
Não chegarão à casa da avozinha...
Ela – encontrou o caminho sozinha!
Ele – era somente um faminto animal,
Que no descaminho se perdeu, intuindo... o seu final!

EM - REFLEXOS NO OLHAR - NATÁLIA MATOS GOMES - IN-FINITA

A arte no amor - JORGE GASPAR

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO POR IN-FINITA
Saibam do autor neste link
Conheçam a In-Finita neste link

Os sentidos declaram-se em vozes sussurrando incógnitas
Envolve-se a causa das emoções com o despertar dos afetos.
Intuições denunciadas nos encontros
Certezas administrando desejos e paixões.

Caminhos incandescentes sem fronteiras
Silêncios ocultos nas cores do amor.
Sem pedir licença o suspiro é porta-voz do delírio
De raízes profundas se consolida o coração.

A construção de comportamentos no dia-a-dia
Não equaciona atalhos e ausências.
Há palavras transparentes
Soletradas na pele exposta à verdade.

Apetece Amor. Penetra. Entrega-se.
Na sua Arte o assombro. Sem reticências.

EM - ODE ÀS PALAVRAS - JORGE GASPAR - IN-FINITA

segunda-feira, 23 de dezembro de 2019

Mais ninguém - CRISTINA AMARO CASADINHO

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO POR IN-FINITA
Saibam da autora neste link
Conheçam a In-Finita neste link

És um animal acorrentado
às jaulas da solidão.
Às vezes os sonhos antigos visitam-te.
Bebem contigo o cálice da ilusão:
Cocktails espumantes
de fictícias liberdades.

Às vezes matam contigo a saudade
respiram contigo a verdade:
Só de loucura! Só de fascínio!
Balançando a tua vida suspensa
já na beira do declínio.

Mas...
Mais ninguém para além de ti!
Mais ninguém!

Bebe contigo o silêncio.
Saboreia contigo a coragem.

EM - (DES)FLORIDOS - CRISTINA AMARO CASADINHO - IN-FINITA

O capim no pasto - FÉLIX FELICIDADE

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto Ecos do Nordeste neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link

O capim é vasto no pasto, o boi tem cinco bocas, quatro
pisam, uma come e o vasto pasto consome.
O gado pisa, o capim morre, a terra seca, o sol queima
e os restos mortais viram pó.

O CAPIM NO PASTO!

O homem estocando, os tocos arrancando e
replantando, os capins e as folhas secas putrificando,
a chuva cai... Cai transformando-os em adubo,
fertilizando a terra, o pasto é vasto.

O CAPIM NO PASTO!

O sol assola o gado pastando, os rios baixando, os poços
secando, o pasto morrendo; o homem preocupa-se...
Aumenta o pasto e toca a boiada, plantar capim de corte
é tão importante quanto o boi para o abate.
O capim no pasto é mato e no boi é carne.

EM - ECOS DO NORDESTE - COLECTÂNEA - IN-FINITA

Amor sem fim - CARLOTA MARQUES CANHA

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO PELA AUTORA
Conheçam a autora neste link

Vou amar-te hoje,
vou amar-te
na sinceridade,
vou amar-te
na lonjura,
vou amar-te
na saudade,
e é por amar-te,
cada dia,
que contigo
quero
ficar.

EM - AGARRAR O TEMPO (PENSAMENTOS SEM TEMPO) - CARLOTA MARQUES CANHA - CHIADO BOOKS

Amor e desencanto II - ANTÓNIO SILVA MELO

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO POR IN-FINITA
Saibam do autor neste link
Conheçam a In-Finita neste link

O que está agora por cima é a tarde
Verde e sentada na pele da seiva e das serpentes.
Tu e eu não temos nomes ao sol
Somente uma loucura de algodão
Esbatida no ouro da terra feita.

Só os olhos decidem a vida ou a morte
Todo o fogo é incompleto como os poemas
Que na carne começam pelo fim.

Ah paraíso onde se morre com as mãos apertadas.
No todo fica um jardim quase fechado.
Os teus braços no meu sono.

EM - POESIA SUBMERSA - ANTÓNIO SILVA MELO - IN-FINITA

domingo, 22 de dezembro de 2019

Deslumbrante - CLARA PATACHÃO

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO POR IN-FINITA
Saibam da autora neste link
Conheçam a In-Finita neste link

A formosura da lua...
E as ondas fluíam nos dias que fui tua!...
Rompe a aurora é a hora do dia... Faz de mim anestesia...
Reflexo que não se esquece, será o meu alicerce!
O sol bate no meu rosto apaixonadamente
É fogo de chama ardente
Encaro o mundo em sono profundo...
No movimento do tempo, sou gente!
Crescendo no borbulhar da esperança, sou criança!...
Perco-me na linha do horizonte
Casualmente, desci o monte...
No tempo sou retrato do vento e dor do amor.
De odores de uma flor!

EM - AMOR SENTE-SE - CLARA PATACHÃO - IN-FINITA

Mudei - EMANUELA ALMEIDA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto Ecos do Nordeste neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link

Mudei mais
Mudei o que me traz:
Saudade
Lembranças
Andanças
Mudei o que me faz...

Mudei o meu ego
Os caminhos
Meu destino
As pessoas em mim

Mudei quem eu era
Pra ser quem sou

Desbotei as cores
Reescrevi o diário
Mudei as páginas de um livro favorito
Mudei as asas do perigo
Mudei o que não foi dito

Mudei as histórias
As cenas de novela
A direção do vento
Apaguei a vela...

EM - ECOS DO NORDESTE - COLECTÂNEA - IN-FINITA

Ilhas distantes - CELSO CORDEIRO

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO POR IN-FINITA
Saibam do autor neste link
Conheçam a In-Finita neste link

Num mundo que amigos se visitam
na página de Facebook ou Instagram
e se cumprimentam em Twitters
ou outra aplicação duma vida virtual
achamo-nos ricos em comunicação
e na ilusão esquecemos a vida real.

À nossa volta um oceano imenso
distancia a família que não vemos
e os amigos que não abraçamos,
já nem calor humano recebemos
e conforto também não damos,
mera ilusão de vida que vivemos.

Vivemos em ilhas sem estradas
com caminhos sem algum destino,
até que a nossa ilha se torna exígua
e quando um dia quase submersa
descobrimos que nos afundamos...
... porque afinal a ilha éramos nós!

EM - VERSOS COM REVERSOS - CELSO CORDEIRO - IN-FINITA

Babel - ALVES DOS SANTOS

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO PELA EDITORA
Saibam do autor e do livro neste link
Conheçam a editora neste link

Era um tempo novo
Era um tempo estranho
Todos queriam falar
Todos tinham algo para contar
Mas ninguém parava para ouvir
Ninguém ouvia ninguém
Ninguém sequer se escutava a si próprio
Não havia tempo para si nem para o outro
Era um tempo invulgar
O sangue corria-lhes pelas veias
Mas não se sentiam vivos
Corria-se muito
Pensava-se pouco
Sentia-se ainda menos
Era tudo poluição
Sobrava ruído
Sobrava indiferença
E não sabiam bem o que queriam
E não eram propriamente felizes
E não sabiam como escapar a esta realidade

EM - O LIVRO DE TODOS OS PECADOS - ALVES DOS SANTOS - EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA

sábado, 21 de dezembro de 2019

Cálido desejo - MARIANA ASPER

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA
Saibam da autora e do livro neste link
Conheçam a editora neste link

Os nossos lábios abrem em flor
num longo beijo a arder no enlevo,
à luz do nosso amor.
Em árduo e quente desejo
amamo-nos como amantes,
num êxtase estonteante.
Na tua pele respiro o teu cheiro voluptuoso,
na tua boca mato o meu apetite guloso!

EM - O AMOR ASSOMA SEM HORA MARCADA - MARIANA ASPER - EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA

Chuva de amor - EMANUELA ALMEIDA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto Ecos do Nordeste neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link

E de repente
Aquela gota molhou o chão
Havia semente
Cresceu, floresceu
Fez gigante aquela gente

O chão tórrido ficou fresco
Os pássaros entoavam o mais lindo canto
De passagem, de encanto
Uma flor em cada canto
De alguém secou o pranto

O amor chegou
Desceu em forma de chuva
Fez sorrir o rio
Fez a relva verde
Fez o povo feliz
Fez criar raiz.

EM - ECOS DO NORDESTE - COLECTÂNEA - IN-FINITA

Autorretrato - BEATRIZ H. RAMOS AMARAL

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO POR IN-FINITA
Saibam da autora neste link
Conheçam a In-Finita neste link

no oculto da fruta
um nome
e o acaso do abismo

paisagens de seda
auroras e centauros

no centro da lua
cismar sabores

apalpar o trigo
no clarão das brasas

na noite precária e
sem contorno, a
solidez das horas

EM - O AVESSO DO ARQUIPÉLAGO - BEATRIZ H. RAMOS AMARAL - IN-FINITA

I - CARLOS CAMPOS

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO POR IN-FINITA
Saibam do autor neste link
Conheçam a In-Finita neste link

No berço da minha inspiração
Nasci quando o meu dia de vida já passava do meio dia
Mais tarde é o que nunca chega
E tu chegastes a tempo de veres em mim um peito

Não quero viver depressa
Embora tenha pressa de te amar
Essa pressa que a tua beleza conduz
Mas tu fazes acender o vermelho da luz
E a minha ânsia se reduz
Mas sempre com vontade de transgredir logo a seguir

No meu berço não nasceu Camões,Pessoa, Florbela Espanca ou Shakespeare
Mas eu nasci já com idade
Mas com idade de te escrever e te ler
Te escrever poemas regados com o mar
E com letras a dizer que SEMPRE vou te AMAR

No meu berço rodeado de penedos
Sonhei que um dia ia encontrar uma pérola à beira-mar
E com a música das ondas, uma balada te cantar.

EM - POEMAS SEM NOME - CARLOS CAMPOS - IN-FINITA

sexta-feira, 20 de dezembro de 2019

A morte - ELÍGIO AZEVEDO

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto Ecos do Nordeste neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link

I
Silente, fria e traiçoeira
Sem alma, sem rosto, sem piedade
Não deixa rastro, nem levanta poeira
Solitária domina a humanidade!

II
Verdugos trabalham para agradá-la
Se esquecendo que certamente um dia
Pereceram, também irão pra vala
Satisfazendo o ego e sua tirania!

III
Daquele frio e horripilante rosto
Que só é visto no momento final
Que causa tristeza e desgosto
Afável brisa vira vendaval!

IV
Assim é ela de espinhosa missão
Causando dor e semeando medo
Ceifando vidas de herói e de vilão
Para mostrar o último segredo!

EM - ECOS DO NORDESTE - COLECTÂNEA - IN-FINITA

Ser diferente - CARLA DE SÀ MORAIS

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO POR IN-FINITA
Saibam da autora neste link
Conheçam a In-Finita neste link

Ser diferente é ter coragem
É ultrapassar as barreiras da indiferença
Suportar olhares inquisidores
Suportar a luz dos projectores
Ser diferente é ser singelo, é ser único
É sofrer só e em silêncio
É não ter direito a opinar
É submeter-se
Porque ninguém nos vê
Ninguém nos ouve
Ninguém nos escuta
É ser-se esquecido, ignorado, escondido
É ser-se apagado do seu brilho natural
Ser diferente é viver lentamente
É entrar numa descendente espiral
É morrer-se vivo... e isso é brutal

EM - DE GAVETA EM GAVETA - CARLA DE SÀ MORAIS - IN-FINITA

A cor dos sonhos - MARIA GOMES CABANA

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO POR IN-FINITA
Saibam da autora neste link
Conheçam a In-Finita neste link

Os sonhos se pintam,
De várias cores.
Dando à vida outro sentido,
Tão belo e colorido,
E com diversos sabores.
Os sonhos se elevam,
E o pensamento os persegue,
Nem sempre ele consegue.
São eles que nos comandam.
Os sonhos por vezes choram,
Por um sopro eles imploram
E numa bola de sabão,
Eles se transformarão
E irão de mão em mão.
Se, não se derem por perdidos,
Darão à vida outros sentidos,
Todos têm sua missão.

EM - PÊNDULO DE VIDA - MARIA GOMES CABANA - IN-FINITA

quinta-feira, 19 de dezembro de 2019

Alienações - JORGE GASPAR

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO POR IN-FINITA
Saibam do autor neste link
Conheçam a In-Finita neste link

O quotidiano em palavras.
Gastas, escusadas, obscuras.

Ardem como lâminas.
Em obstáculos. Alucinadas.
Gravadas em janelas. De marasmos.

Explicações. Nós.
Erudição. A própria.

Pretextos. Algoritmos.
Instruções. Conhecendo-nos.

Bloqueios. Inquietantes.
Arruinadas as palavras.

Laminadas as verdades.
Angustiantes.

Fora de nós. Em rotina.
As consciências.

EM - ODE ÀS PALAVRAS - JORGE GASPAR - IN-FINITA

A Prece - ELÍGIO AZEVEDO

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto Ecos do Nordeste neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link

I
Deus, transformai-me num condor
Dai-me, asas grandes pra voar
Quero ir longe em busca do amor
Pra viver sempre alegre e a cantar!

II
Dai-me a glória de eterno sonhador
Deixai que sinta o espinho da saudade
Plantai em mim a semente do amor
Quero encontrar tal felicidade!

III
E na Prece que vos faço ajoelhado
Reconheço que amar não é ruína
Tenho um puro coração apaixonado
Sou condor, não ave de rapina!

IV
E na glória desse sonho esplendor
Na certeza desse amor eu encontrar
Tira o bico forte e curvo do condor
Dai-me boca doce e quente pra beijar!

EM - ECOS DO NORDESTE - COLECTÂNEA - IN-FINITA

Emersão - ANTÓNIO MR MARTINS

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO POR IN-FINITA
Saibam do autor neste link
Conheçam a In-Finita neste link

Escorre um sangue bravio
que nos incomoda a contenda,
numa confrontação pertinente
e assaz suspeita.

Espevitado jeito
que a calma, por si só,
jamais conseguirá controlar.

Ao fim de tudo,
na inconformidade do ser,
empolgando-se,
surge-restando
um esteio para desbravar.

EM - JUÍZOS NA NOITE - ANTÓNIO MR MARTINS - IN-FINITA

A Bela e o Monstro - NATÁLIA MATOS GOMES

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO POR IN-FINITA
Saibam da autora neste link
Conheçam a In-Finita neste link

Bela, tão mulher...
Monstro, tão animal...

Em negação, dizem não ao amor
pela razão,

Não fora a transcendental mutação do
animal, em conversão:

a príncipe real, e

... seria uma história sem igual!

EM - REFLEXOS NO OLHAR - NATÁLIA MATOS GOMES - IN-FINITA

quarta-feira, 18 de dezembro de 2019

O passo - LILICA BARRETO

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto Ecos do Nordeste neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link

a poesia nos ajuda
a dar conta
do tanto que a vida é
por isso que na poesia
tem silêncio
aí que se escuta
o grito
o giro
o passo
o compasso
pegadas
no tempo da vida...

EM - ECOS DO NORDESTE - COLECTÂNEA - IN-FINITA

A noite e eu - CRISTINA AMARO CASADINHO

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO POR IN-FINITA
Saibam da autora neste link
Conheçam a In-Finita neste link

E na noite em que estou perdida
chamar teu nome
será morrer devagarinho.

Esperar que os teus passos me encontrem
será afastar de mim o meu caminho.

Esse lugar distante, enevoado que tu habitas.
Os rios preciosos que nunca existiram.

As praias com as ondas das tardes e das partidas.
Os sonhos que navegam como barcos sem leme.
O mar que chega todos os dias com a mesma
canção...
E existe em sua voz um violino
que toca dentro do meu coração;
tanta ausência.

EM - (DES)FLORIDOS - CRISTINA AMARO CASADINHO - IN-FINITA