Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

domingo, 31 de março de 2019

Terra - CARLA DE SÀ MORAIS

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA AUTORA

É o 3º (terceiro) Planeta do Sistema Solar
O mais denso e o 5º maior
Também é o maior dos Planetas telúricos
E o único onde se conhece a existência de Vida

Conhecida como - Mundo - Planeta Azul
É o lar de milhões de espécies de seres vivos
Graças à sua densidade, composição e clima
Permitindo a Vida no seu interior

A Terra tem uma atmosfera composta por vários gases
Os principais são: Nitrogénio, Oxigénio, Argónio
Que a protegem dos raios Ultravioletas
E provêm o Oxigénio para podermos respirar
Tu, eu e todos os demais seres vivos

Sabias que mais de 70% da superfície da Terra
Está coberta pelos Oceanos? É verdade!
Sem contar com os rios e os lagos

Os dias e as noites acontecem
Através do movimento de translação da Terra
À volta do Sol e que dura 365 dias

A Terra precisa de amor, cuidado e proteção
Só assim poderemos continuar a viver nela
Em segurança, felizes, na boa direção

EM - VIA-LÁCTEA - CARLA DE SÀ MORAIS - HELVETIA EDITORA

Cela 64, Raio Leste - WILSON FREIRE

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto Ecos do Nordeste neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link

Na volta passa na feira
Aproveita e traz pra mim
Um metro de céu azul,
Traz um pôr do sol carmim
Um corte de lua cheia
Nem que seja de murim

Me traz lembranças da chuva
Diz ao som que amarelei
Leva um recado pro vento
Diz a ele que mofei
Que passe na casa dela
Mas não diga o que eu passei

E traz aqui nesse frasco
Um cheiro qualquer de mato
Pega minhas alpergatas
Lava elas num regato
Traz o brilho dos olhos dela
Pro escuro desse quarto.

Traz num beiço um assobio
De uma ave cantadeira
Leva toda a minha pena
Prá quem sofre a vida inteira
Me diz se a esperança dela
Quando morre é derradeira...

Se puder tu traz zoada
De bicho brabo correndo
Enrolado nesse lenço
Tu me traz um sol nascendo
Se ela tá cheia de vida,
Não me diz que eu tô morrendo!

Já que tu vai lá na feira, me faz essa caridade!!!

EM - ECOS DO NORDESTE - ANTOLOGIA - IN-FINITA

Pensamento - ANABELA SANTOS

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO POR IN-FINITA
Saibam da autora neste link
Conheçam a In-Finita neste link

Felicidade
Pensei que cor terá
Azul, rosa, lilás, eu sei lá
Sei a falta que me faz
Azul? Talvez.
Rosa? Não sei.
Lilás me faz sorrir
Cor de alfazema
Perfume de campo
Braçadas de alfazema apanhar
Correr e ser feliz e,
Nesse perfume me esquecer
E em felicidade me perder.

EM - DEIXEI O CORAÇÃO FALAR - ANABELA SANTOS - IN-FINITA

Memórias e cravos - NEYSI OLIVEIRA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto conexões neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link

Meu avô gostava de cravos
assim ao menos minha mãe dizia,
e voltávamos da feira com um cravo vermelho
que eu escolhia numa lata
e o moço enrolava numa folha branca grossa.
Quando o meu avô morreu eu tinha seis anos
e talvez tenha imaginado
essa história de cravos e feira,
mas lembro do rangido de seus chinelos
e das marcas de suas mãos nos móveis.
Tenho pensado no meu avô.
Acho que de tanto ouvir a palavra estrangeiro.
Ele não era, não queria ser,
embora fosse ligado de sangue e alma ao país que nasceu.
Minha avó contava que ele gostava de subir de bondinho
o Corcovado
e levava minha mãe com ele.
Essa história é só porque vi um cravo
vermelho
como os que ele gostava.

EM - CONEXÕES ATLÂNTICAS III - ANTOLOGIA - IN-FINITA

sábado, 30 de março de 2019

E fizeste-me sentir completo - VÍTOR COSTEIRA

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do autor neste link
Conheçam a In-Finita neste link


Assomaste à porta da minha vida
e franqueaste-a por completo,
com corpo e alma,
numa dádiva inteira,
como quem nada pede
para tudo poder dar
e nas minhas mãos descrentes,
surpreendida pela minha surpresa,
oferendaste-te, completa!

Completamente arrebatadora!
Completamente do avesso!
Completamente terna!
Completamente eterna!
Completamente toda!
Completa!

Entraste no meu minúsculo universo,
preencheste os ocasos da memória,
coloriste os espaços em branco,
redescobriste sorrisos esquecidos,
criaste um caos utópico,
escreveste momentos únicos
a que chamei poemas,
e fizeste-me sentir vivo…
e fizeste-me sentir completo!


EM - POEMAS DE MEL E LIMÃO - VÍTOR COSTEIRA - IN-FINITA

O bordel - VINÍCIUS GREGÓRIO

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto Ecos do Nordeste neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link


Triste e pobre mulher que negocia
Os desejos carnais do ser humano.
Cada amor, um divã de hipocrisia.
Causa dó o teu modo tão mundano.

Sendo meta dos vates na poesia,
Que se inspiram com tanto desengano,
Eu, por vezes, também sonhei co’o dia
Que narrasse teu mundo tão profano.

Mas notei que o viver de teu cliente
É mais triste, porque pra esposa mente
E ao bordel vai suprir sua carência.

Beija, transa, sacia, comemora,
Paga bem, fecha a porta, vai embora...
E retorna a seu mundo de aparência.


EM - ECOS DO NORDESTE - ANTOLOGIA - IN-FINITA

Soneto de Amor! - ALBERTO CUDDEL

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO POR IN-FINITA
Saibam do autor neste link
Conheçam a In-Finita neste link

No todo amor que de mim intento
No antes propósito, assim o tanto
No olhar, alma todo o teu encanto
Confirmado fiel, todo o pensamento.

Sopro certeiro, sempre louva o momento
No amor divino que se espalha no canto
Na saudade, rezo aos Deuses o meu pranto
Meu pesar, nasce o nosso contentamento.

Tudo de mim que ainda em ti procure
Toda a carne e alma que em nós vive
Pelo sentir que na carne sempre dure.

A dor feliz deste ser que hoje ama
Força da decisão que em mim tive
Amor-perfeito que em Deus me chama!

EM - COMO FAZER AMOR - ALBERTO CUDDEL - IN-FINITA

O registro - MARLI VOIGT

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto conexões neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link

Só restou o registro da fotografia
Na alegria do sentir cada momento
Em prosa e verso está a caligrafia
A lembrança da vida em movimento

Muito sangra meu róseo coração
Tão mimado de repleta fantasia
Veio o vento varreu longe toda emoção
Outro viver numa castelo combinaria

Urge o tempo a saudade infinita
Do amor embriagado selando a ternura
No porta-retrato a vida bendita
Da riqueza da alma sem aventura

EM - CONEXÕES ATLÂNTICAS III - ANTOLOGIA - IN-FINITA

Diz-me - ANA P DE MADUREIRA

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO POR IN-FINITA
Saibam da autora neste link
Conheçam a In-Finita neste link

diz-me
que a voz que me chega
nessa rouquidão melada
a quem o coração
se apropriou da garganta
não me veste de negro
antes renega o meu luto

diz-me
que somos fado
à desgarrada
e as guitarras
os nossos dedos

e dança-me
no improviso do jazz

piano o que me despe
em todas as teclas
as melodias que trago
por baixo da pele

tantas
quantas as letras
cantadas pelos poetas
ainda o tempo não havia nascido
e o espaço
desconhecia distância

EM - NOS DEDOS AS PALAVRAS - ANA P DE MADUREIRA - IN-FINITA

sexta-feira, 29 de março de 2019

Eras bailado - ISABEL BASTOS NUNES

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO POR IN-FINITA
Saibam mais da autora neste link
Conheçam a In-Finita neste link

Quando por mim passaste
Parecias uma figura de ballet,
Tão leve, tão suave,
Que os sons dos teu passos
Pareciam executar
Uma peça de Beethoven ou de Bach,
Girando tu própria, nas pontas dos teus sapatos.

E levavas grinaldas nos cabelos, em vez de laços,
E o teu vestido, de tule vaporoso, azul e rosa,
Contrastava com a tua pele morena,
Lembrando a espuma do mar
Dançando em palco de areia,
Quando na praia as ondas,
Displicentemente veem descansar.

Cheiravas a maresia,
E toda tu, eras bailado.

EM - À PROCURA DE MIM - ISABEL BASTOS NUNES - IN-FINITA

Simplesmente Poeta - VANUZA SILVA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto Ecos do Nordeste neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link


Pobre poeta, que se apaixona por tudo que o cerca
Pobre poeta, como essa sensibilidade te pesa
Pobre poeta, como essa ingenuidade te lesa.

Triste poeta, que ama e não é correspondido
Triste poeta, que escreve e quase nunca é lido
Triste poeta, teu romantismo hoje, provoca riso.

A olhos de outros, teus sonhos são apenas fantasias
A olhos de outros, teus provérbios são apenas heresias
A olhos de outros, teus poemas você nunca escrevia.

Canta poeta, tuas trovas de amor
Canta poeta, versos de um sonhador Canta poeta, alivia tua dor.

Viaja poeta, na tua fantasia
Viaja poeta, buscando alegria
Viaja poeta, hoje é o teu dia.

Ser um “ser”, não interessa
Ser “você”, não me completa
Ser é bom, simplesmente poeta.


EM - ECOS DO NORDESTE - ANTOLOGIA - IN-FINITA

Pessoa - ADOLFO LEITÃO CARVALHO

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA
Saibam mais do autor e do livro neste link
Conheçam a editora neste link

Na vida

Algumas pessoas.

Em algumas pessoas

Vida...

EM - ENQUANTO AS MÃOS AINDA TREMEM - ADOLFO LEITÃO CARVALHO - EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA

Quereres e poderes - MARIA LORENCI

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto conexões neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link

Ela anda
Cheia de quereres:
O mato, o mar, o Mangue.
O peixe, a paixão, a Posca.
O sono, o Senso, o seio exposto.
O Par
Aparar
Parir.
Ela é só querer
Pois há muito
Renunciou ao Poder.

EM - CONEXÕES ATLÂNTICAS III - ANTOLOGIA - IN-FINITA

quinta-feira, 28 de março de 2019

Solidão - SUSANA NUNES

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO POR IN-FINITA
Saibam mais da autora neste link
Conheçam a In-Finita neste link


A chuva forte e barrenta
não lavou a rua
fez-se corrente descida
de pedras e de lamas
e marulhou quase como um rio
... contudo... amainou o pó da estrada
deu-lhe uma cor acastanhada
e desenhou-se em poças feitas lagos
águas paradas lá ao fundo...
Não se vê viva alma
mas por dentro
do embaciado da vidraça
alguém desvia o cortinado
à espera de um estiado
para se ouvir o barulho
quase que soalheiro
tantas vezes companheiro
dos passos húmidos
de quem passa...

EM - NA PELE DA PALAVRA - SUSANA NUNES - IN-FINITA

Saber é bom, ensinar melhor ainda - VANUZA SILVA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto Ecos do Nordeste neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link


Como é bom ter conhecimento e ensinar a muita gente;
Fazer do menino um homem, uma pessoa DIFERENTE;
Que tenha novas ideias, formadas em sua mente.

Mostrar-lhe um novo mundo, através da educação;
Pois ser pobre não é defeito, todo mundo tem o direito de ser um CIDADÃO;
Viver com dignidade, ter paz, ter esperança e liberdade de expressão.

Fazer parte da sociedade e viver em harmonia;
Construir um novo tempo, uma nova FILOSOFIA;
Voltada para o bem comum com uma nova ideologia.

O progresso é preciso, faz parte da evolução;
Porém, todo “progresso” merece ATENÇÃO!
Pois um povo sem saúde e sem educação, não se enquadrará na globalização.
Precisamos de informação e de educação;
De uma sociedade nova, com uma nova visão;
Que respeite o próximo como se fosse seu IRMÃO.

É preciso acreditar, sonhar que o futuro será diferente;
Buscar, na formação a transformação da nossa GENTE;
Sem a desigualdade social que há agora vigente.
Pois, um povo sem conhecimento, não terá histórias para contar;
Fica perdido no tempo, é um barco que naufraga sem ter onde APORTAR;
É uma nação sem saber, que nunca ensinará e ao primeiro mundo nunca chegará.


EM - ECOS DO NORDESTE - ANTOLOGIA - IN-FINITA

Capuchinho Vermelho - HORÁCIO ALMEIDA

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO PELA IN-FINITA
Saibam mais do autor neste link
Conheçam a In-Finita neste link

Passando pela densa floresta seguia uma criança de nome
Sarinha que levava numa cestinha o almoço à sua avozinha,
residente numa pobre cabana do outro lado da floresta
que se encontrava doente.
Cantando e de sonhos enamorada, prosseguia distraída,
a sua caminhada.
De súbito viu uma sombria imagem, ficou assustada
da sombra surgiu um animal, um Lobo.
Enorme e medonho que a acalmou,
e lhe disse não tenhas medo de mim.
Sou o Lobo Mau mas teu amigo inofensivo e muito
carinhoso.
Vi-te e segui-te és uma menina muito bela
e praticas uma boa ação.
Sou teu amigo, um mimo de carinho posso ajudar-te
e vou revelar-te com muita amizade e carinho.
Um segredo que aperta, o meu coração enternecido.
Sarinha comovida, acedeu e respondeu
diga Sr. Lobo Mau da sua preocupação.
Sabes Sarinha, gosto muito de ti, és um encanto,
uma bela menina.
Mas Sr. Lobo és tão grande e feio, tem uns olhos
enormes!
Oh Sarinha querida, são para te ver e apreciar melhor...
Tem um corpo tão peludo e orelhas tão grandes!
São para ouvir-te acarinhar proteger e abraçar melhor...
Tem uma boca tão grande!
Sarinha meu anjo não tenhas medo é para te saborear
e beijar melhor...
Embevecida, Sarinha respondeu, afinal Sr. Lobo
não é tão Mau como dizem, és o contrário, um Príncipe
disfarçado, agradeço-lhe por isso, despertou um sonho
meu enamorado.
Para si Sr. Lobo, um beijinho meu apaixonado,
tanto do seu agrado.
Transformou-se neste momento no meu Príncipe
encantado e muito desejado.
Assim concluo o meu sonho sonhado,
totalmente desvendado.

EM - TEMPO E SAUDADE - HORÁCIO ALMEIDA - IN-FINITA

Mantra-ponto - MARIA LORENCI

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto conexões neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link

Tenho em mim sete bandeiras
Sete pontos
Sete encruzas

Sete pomba-giras brejeiras
Sete exus
E sete freiras reclusas.

Sete bruxinhas boas
Sete navegadores
Sete fadas feiticeiras
E setecentos tambores.

Sete marés de sorte
Sete ponteiros fincados
Em sete ruas de morte
Canteiros enfeitiçados

Tenho tudo como posso
Sem pedir e sem dever
Tenho minha fé e reforço
Com vontade de viver.

EM - CONEXÕES ATLÂNTICAS III - ANTOLOGIA - IN-FINITA

Inquietude - ANITA SANTANA


LIVRO GENTILMENTE CEDIDO PELA AUTORA
Saibam mais da autora neste link

Onde estás?
A angústia
Vem trazer
A nostalgia
Que meu ser
Invade
No silêncio
Da noite
que  adormece
As estrelas
E faz raiar o dia.


EM - VERSOS & CLIQUES: INSTANTES - ANITA SANTANA - EDITORA ZARTE

quarta-feira, 27 de março de 2019

Um dia de coisas más - VÍTOR COSTEIRA

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do autor neste link
Conheçam a In-Finita neste link


Afogaste um infinito de coisas boas
num dia de coisas más…
cerraste uma cortina
em tudo o que ficou para trás,
calaste um grito de dor,
num rito surdo à tua maneira,
e apagaste toda a cor
a toda uma vida inteira…

Os sentimentos e a paixão,
vividos em tom precário,
são sombras da solidão
que ocupa o teu vocabulário
e decidiste terminar,
sem parecer que terminou,
ficando tu por te doar
numa vida que não findou…


EM - POEMAS DE MEL E LIMÃO - VÍTOR COSTEIRA - IN-FINITA

Legado das almas - UBIRACY OLIMPIO

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto Ecos do Nordeste neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link


Entre as grades do destino
E o sonho dos marginais Poéticos,
Vejo em mim
Um legado das almas,
Que vagam em busca do vinho
E de um prazer carnal
Pelas ruas do Recife
E as ladeiras de Olinda,
Onde em cada parada
Da vida
Fica o audaz do Poeta
Que entre o vinho e o Pão
Saciar
A Poesia e a Alma...


EM - ECOS DO NORDESTE - ANTOLOGIA - IN-FINITA

Neste canto - LAURINDA RODRIGUES

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA AUTORA
Saibam mais da autora neste link

Foi aqui, neste canto, que escrevi
os sonetos de amor e de alegria,
não pelo amor ou p'lo prazer, em si,
mas pelo estado de alma em que vivia.

Enquanto o tempo passa, nem o vejo:
é uma sensação de estar sem ter um fim,
sem ter, mesmo, um depois ou um desejo:
estar, apenas, comigo. Ser em mim.

Cresce, no céu, suave, o sol nascente.
Cresce mais, deslizando para poente,
imenso em força, imenso na beleza...

E é tão serena a terra: tem um alo
de subtil enlace... Quando falo,
responde-me o silêncio, a natureza.

EM - VERTIGENS DO SER - LAURINDA RODRIGUES - EDIÇÃO DE AUTOR

Realidades - MARIA LASCASAS

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto conexões neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link

Não são vinte anos
Amor
são já setenta
como gemem as paredes
dos corpos desligados

Como nos ataca o frio
na má gestão do tempo
no desespero
de se ter nas mãos
vazias
as esperanças
frias e estranhas
num horizonte
de olhares feridos

Não são já vinte anos
Amor
são séculos de caminhos
dores e manhas
átomos de sonhos
e garra de sol e luta
que se conservam
ainda, nas entranhas
quase perdidos.

EM - CONEXÕES ATLÂNTICAS III - ANTOLOGIA - IN-FINITA

Cega sociedade - JOÃO BARNABE

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO POR IN-FINITA
Saibam do autor neste link
Conheçam a In-Finita neste link

Tudo o que é sociedade galã
Destabiliza-me o núcleo central
Sobrecarregam-se magoadas chuvadas
E em dilúvios fluem os males

As regras caprichosas sem nexo
Toda a psicologia criada
Para separar-nos, para destruir-nos
Ela somente existe para nos marcar
Somos padrões de “Freudes”
Matriculados ensopados de sabedoria
Encapsulados sem sal nem magia

Dizem que estão formatados
Fulminados de traças orientadas
Onde julgam ver a luz
Encontram na verdade o erro o mau
Mas a luz da sociedade ofusca
Está tempestuosa e a cintilante luminosidade
Cegou multidões, eu cego estou, perdido

Nascido cego, nascido no deambulo
Sem regras sem orientação sem julgamento
Tudo é macabro nesta sociedade
Onde nos guiam friamente
Por caminhos onde a sede
Nos embala tão docemente.

EM - A VERDADE DE UMA MENTE DORMENTE - JOÃO BARNABE - IN-FINITA

terça-feira, 26 de março de 2019

Penélope - TÂNIA DINIZ

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto conexões neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link

Espero.
Tal Penélope
teço a teia
de suspiro e saudade
em ponto meia.
Às noites de lua
entremeio
fios de paixão
brilhos de prazer
bordados em canção
eu, toda nua,
vestindo tua mão.
Pronto o manto
envolvo de encanto
loucos sonhos na cama,
a trama de quem ama.
Tal Penélope
na noite sem lua
sem teus passos na rua
desmancho, desfaço,
meus pontos, teu laço.
A solidão, não meço.
Amanhã, recomeço.

EM - CONEXÕES ATLÂNTICAS III - ANTOLOGIA - IN-FINITA

Um vinho - UBIRACY OLIMPIO

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto Ecos do Nordeste neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link


Um vinho
Uma luz
Um Poema
Nesta Solidão
Em mim!
Um vinho
Uma saudade
Um silêncio
No meu caminho
Aqui assim!
Um vinho
Um desejo
Um sentimento
Onde fecho
Os olhos sem lagrimas
E penso em mim
Assim!


EM - ECOS DO NORDESTE - ANTOLOGIA - IN-FINITA

Mulher - ANABELA SANTOS

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO POR IN-FINITA
Saibam da autora neste link
Conheçam a In-Finita neste link

Pensamento leve
Como folha de papel
Cheirando a perfume
Que linda Mulher
Caneta e papel
Que me dizes tu
Pensamento voa
Como se fosse luz
Onde estás tu?
Mulher.

EM - DEIXEI O CORAÇÃO FALAR - ANABELA SANTOS - IN-FINITA

O vago - MARIA LASCASAS

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto conexões neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link

O vago da palavra
é
como o vazio
no desprovido sentido
de um adormecido corpo

Vago é
partícula de sal em morto rio
na vaga
rota de miragens
em olhares cinzentos
vazios de cor
na vida que tarda em pleno estio

Vago é
a partícula do poema
sem olhar, sem golpe, sem soluço
num espasmo de frases
isoladas
átomo de ideias
vazias de pranto ou sorriso

Vago
é este ansiar de escrita
no papel limpo onde me inspiro.

EM - CONEXÕES ATLÂNTICAS III - ANTOLOGIA - IN-FINITA

Procura-me - ANA P DE MADUREIRA

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO POR IN-FINITA
Saibam da autora neste link
Conheçam a In-Finita neste link

procura-me
onde a voz te embarga
e as tuas mãos
em mim gemem

talvez me encontres
sem vestes
tecendo o perfume
fio a fio
das horas
que em mim me faltas

e nas pontes
das minhas pernas
o fervilhar
da pele leitosa
profusa
no corpo
que em mim flutua
de boca aberta

e as tuas mãos
que não chegam

espera a dos braços da língua
na ânsia da escrita dos dedos

EM - NOS DEDOS AS PALAVRAS - ANA P DE MADUREIRA - IN-FINITA

segunda-feira, 25 de março de 2019

Encontros - ALDIRENE MÁXIMO

 Livro gentilmente cedido por Adriana Mayrinck

Lindo é quando o destino te permite ouvir a Voz do Coração. Você, que sempre ouviu a Razão. Pois a Voz do coração, dotada de verdades, força e esperança, traz a sua verdadeira essência. 
Lindo é quando essa Voz interior se junta a outras vozes e você consegue identificar a Razão de todas as coisas.
A vida (uma verdadeira montanha russa) te vira do avesso, pois são muitas as emoções...
Mas, a Voz continua forte e você decide segui-la. Decide buscar os mistérios que ela traz. Pois essa é a magia da sua existência.
Nessa profunda busca, você sente medo. Mas, a curiosidade é bem maior.
Não há porque desistir. As emoções precisam ser vividas... Os Sonhos precisam desabrochar... As borboletas precisam ganhar asas e voar...
Então, nessa jornada, você descobre que a missão não é apenas sua. E por ser algo coletivo, a Voz torna-se mais forte e vai ganhando uma nova dimensão.
Você aprende a voar e descobre que agora tudo ganha um novo sentido.
Lindo é quando você consegue ouvir a sua própria Voz que brotou de um coração que não é o seu. Significa que as sementes que você plantou pelo caminho começaram a desabrochar.
Lindo é perceber, quando já se alcançou um alto voo, que seu coração estava certo e seu jardim floresceu, perfumando todos os que decidiram acreditar em você.
Lindo é saber que "todas as coisas cooperam para o seu bem". Que por mais difíceis ou enigmáticos tenham sido os dias, você não desistiu de ouvir atentamente ao seu chamado.
Nesses "Encontros" e "Desencontros", você se descobre Humana e sorri.


EM - ELAS E AS LETRAS - ANTOLOGIA - EDIÇÃO DE AUTOR