Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013

Torre - RAQUEL NAVEIRA


Subo o cilindro das escadas,
Isolo-me na torre mais alta do castelo,
Aqui coloquei a roca,
O alaúde,
Os livros;
Com dedos trémulos
Ora segurando o fuso
E as pastas de algodão,
Ora toco as músicas dos jograis,
Ora leio histórias e poemas.

Às vezes tanto tremo
Que tudo cai no chão
Sobre o tapete de cânhamo.

Na torre,
Tramo,
Horas a fio
Olhando o céu.

EM - SENHORA - RAQUEL NAVEIRA - TEMAS ORIGINAIS

1 comentário:

  1. Revivo o episódio contido na Odisseia_hoje não há muitas Penépolis, creio que os tempos mudaram...
    Gostei e agradeço.

    ResponderEliminar