Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

domingo, 8 de maio de 2011

alexandra-anita brauner - VASCO GRAÇA MOURA

com pedaços de fita adesiva, cola-se
ao tapume este retrato de menina,
de luz contente nos olhos, quente enlevo
do afago dos pais, sorriso de olhar barcos
e de brincar na areia, ao sol, entre as palmeiras
balouçando ao vento. escrito à mão: "o
corpo foi encontrado." inútil
continuar a procurar alexandra-anita brauner.
menina e moça a levaram, de casa de seus pais,
para longes águas.

EM - POESIA 2001/2005 - VASCO GRAÇA MOURA - QUETZAL

Sem comentários:

Enviar um comentário