Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

quinta-feira, 25 de outubro de 2018

Poema de limão à noite - MIGUEL CURADO

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA IN-FINITA
Saibam do autor neste link

Conheçam a In-Finita neste link


... via a noite como um limão,
de casca forrada a estrelas,
os gomos eram as mulheres sem corpo
que deslizavam pelos espaços
menos possíveis em busca não
se sabe do quê...

e os caroços,
os poucos caroços,
pintavam-se de sem espíritos como os que
se recolhem no vácuo da ausência de luz,
em fuga de si mesmos...

quando o dia fez o desenho na folha branca
da madrugada,
dormia a pensar em como citar o
verbo solidão,
sem arrancar a pele vazia que me velava
o frio da inquietude...


EM - ABRIR OS OLHOS ATÉ AO BRANCO - MIGUEL CURADO - IN-FINITA

1 comentário: