Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

Caleidoscópio - PAULO DE CARVALHO

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO PELO AUTOR
Saibam sobre o autor neste link

Em vítreas imagens meus olhos passeiam.
Jogos em movimentos das contas e cores
Compõem lábios - pousa carmim, um vôo.
Delineiam macios sentimentos madressilva.

Ao perceptível tátil quase tocam as mãos
Os móbiles orquestrados: vivace em cores.
Elipses medianas em olhares - algar efúgio.
Contempla os tons secretos dos jaspes.

Avelórios cristais em luzes, danças, cirandas
(Teciam de rendas aromáticas tons pistaches;
O vitral semblante de tua face desvelando-se)
Revelam rubores; ensejos, águas-marinhas.

Dançam mãos em sinfonias, cirandas cristais,
Escaldantes areias. Pele dos lençóis das águas;
Nas secas sedes dos cactos, tua flor - esfinge.
Descansam silentes as noites-mel - hibiscos.

Imaginários magmas, uma larva. Centelha?
A cor triste, vidrilhos sós em tules compõem
Transparências ínfimas, íntimas - sumos.
Despertam em brilhos, ares, flores - pistilos.

EM - CANTABILE - PAULO DE CARVALHO - EDIÇÕES MUIRAQUITÃ

Sem comentários:

Enviar um comentário