Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

Fantasma preso na gaiola da vida - LURDES DIAS (CLEO)

Foi o tempo que me prendeu aqui
Nesta ruína abandonada
Na ala do esquecimento...

Gritei bem alto
Mas o som não saiu
Agitei os braços
Mas ninguém me viu...

Não sei de é noite ou dia
Se o mundo ainda gira
Sou um fantasma solitário
De uma vida roubada...

Talvez já se tenham passado séculos
Ou até milénios...
Não tenho relógio
Nem memória
Sou um ente sem ser
Que do ser doente saiu...

EM - IN PULSOS - LURDES DIAS (CLEO) - TEMAS ORIGINAIS

Sem comentários:

Enviar um comentário