Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

segunda-feira, 8 de junho de 2015

Saudade - CECÍLIA VILAS BOAS

Saudade dum sonho que foi tão além
Um sonho real até à morte de mim
Não sei se te sei do rosto...
Que tristeza, será que te esqueci?!

Não! É a dor que não me deixa lembrar de ti
Mas quando voltam a mim a luz dos olhos teus
Abafo o tempo e deixo-te ficar

Meu amor que dor voraz a saudade que trago comigo
Já não sei dos verdes das montanhas
Ou do calor das tuas mãos nos dias sem-abrigo

Embalo-me na ternura que sinto por ti
Magoa-me o querer que guardo no peito
Infinitas as horas, longe de ti!

EM - MARGINÁLIA - ANTOLOGIA - EDITA-ME

Sem comentários:

Enviar um comentário