Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

sexta-feira, 8 de maio de 2015

Lembrando: José Saramago - VÍTOR CINTRA

Ardem silêncios na imensidão do nada.

O fogo-fátuo da memória
eleva-se, no negrume do esquecimento.

No Além, abrem-se trilhos de aridez
por onde se escoam as vozes caladas,
palmilhando as palavras ocas
em cavalgada mesquinha.

Nas margens do vazio
restam ecos de acordes, aguardando vez.

EM - NAS MARGENS DO ESQUECIMENTO - VÍTOR CINTRA - LUA DE MARFIM

Sem comentários:

Enviar um comentário