Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

segunda-feira, 12 de agosto de 2013

Inspiro a manhã - EDUARDO ALEIXO

Quando era mais novo deitava-me tarde
E respirava o ar dengoso da noite.
Agora, levanto-me cedo,
Inspiro a frescura da manhã,
E rejubilo com o cantarolar dos pássaros.

EM - OS CAMINHOS DO SILÊNCIO- EDUARDO ALEIXO - CHIADO EDITORA

1 comentário:

  1. Interessante mudança. Gostei deste poema.




    Não me é possível responder aos vários textos, por motivos endógenos. Grata por todos
    os poemas enviados.

    ResponderEliminar