Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

segunda-feira, 13 de maio de 2013

SOMOS - MARIA JOSÉ LACERDA

Somos o talvez
Do quase nada de nós.
Somos momentos, repartidos
No tempo.

Subtraímos ausências...
Marcamos presenças...
Somos os espaços preenchidos
Nos intervalos da vida dos nadas.

Somos, fomos os seremos, por viver
Somos pedaços de vida, a correr
Somos viajantes da brisa
Somos vida acontecida
Somos do que não se vê...
De todo sem vez...
Somos o talvez...

EM - ESCRITUS E RABISCUS - MARIA JOSÉ LACERDA - UNIVERSUS

1 comentário:

  1. Desdobra em fracções a vida. Como se tratasse de uma escadaria,com patamares em que fomos... somos e seremos. Linda forma de analisar "o eu e as circunstâncias". Gostei muito, Parabéns à Poetisa .GRATA.

    ResponderEliminar