Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

Peixes - PAULA TAVARES


Nem bem peixes são os seres
Que habitam
O nocturno da lagoa
Onde a mãe veio deitar-se para morrer
Doía-lhe a luz do sol
O corpo de vidro
Sonhou os últimos sonhos
Não esqueças o meu rosto
A força das minhas mãos
Fez a passagem devagar.

EM - COMO VEIAS FINAS NA TERRA - PAULA TAVARES - CAMINHO

3 comentários:

  1. Um tema muito singular e interessante.
    Gostei e agradeço.

    ResponderEliminar
  2. Boa escolha, Emanuel. Uma poeta que gosto bastante.

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Poeta! Obrigado pela visita! Forte abraço.

      Eliminar