Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Ensaio sobre o amor - DOMINGOS DA MOTA

O amor dura sempre enquanto arde
e mesmo quando as cinzas já estão frias
o amor nem é cedo nem é tarde
o amor nunca tem as mãos vazias

o amor qual relâmpago à solta
atravessa a galope o coração
(e deixa tantas vezes a revolta
na boca repentina do vulcão)

o amor pode ser o desengano
ou o delta dum rio até ao mar
o amor que se veste sem um pano
e apetece despir e mergulhar:

o amor permanece enquanto houver
sede e fome entre o homem e a mulher

EM - BOLSA DE VALORES E OUTROS POEMAS - DOMINGOS DA MOTA - TEMAS ORIGINAIS

Sem comentários:

Enviar um comentário