Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

domingo, 19 de junho de 2011

Desembarcarás... - ALBERTO DE LACERDA

Desembarcarás de um sol inonimato
de uma praia sem sombras

Perfil cada vez mais nítido
Para além das lágrimas
Que não sei deter

Olhar mútuo cada vez mais límpido
Depois de termos sobrevoado
Florestas virgens
Incomensuráveis

EM - O PAJEM FORMIDÁVEL DOS INDÍCIOS - ALBERTO DE LACERDA - ASSÍRIO & ALVIM

Sem comentários:

Enviar um comentário