Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

segunda-feira, 16 de maio de 2011

Pérolas ocultas - JAIME CORTESÃO

Eu distingo na forma a oculta graça,
No lábio mudo e frémito do amor;
Para mim a crisálida esvoaça,
O gomo é árvore e o botão é flor.

Sei que há em tudo vida interior,
Que há fontes vivas numa rocha escassa,
Que a treva vai fundir-se no esplendor
E o riso já exulta na desgraça.

Assim, eu, através da ganga escura
Virgem de todo o olhar,
Fitei o diamante que fulgura;

E, em certas conchas que há sepultas
No túmulo do mar,
Vi o raiar das pérolas ocultas.

EM - POESIA - JAIME CORTESÃO - INCM

Sem comentários:

Enviar um comentário