Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

terça-feira, 30 de outubro de 2018

Altares - ROSA MARIA MANO

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto conexões neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link

Fez-se a luz onde não há videntes
e o Senhor dos parvos
dança sobre as cabeças dos anjos.
Duas serpentes ígneas
guardam os olhos de Deus.
É verão nos polos e a chuva arde,
abrindo as cicatrizes mal curadas.
Os rios bebem aço e salivam sarin.
Nas mãos de homens e mulheres,
as linhas, os grãos, os vermes e flores,
os fios que bordam mortalhas e pão.
Diante do espelho do Tempo,
o Senhor dos parvos medra,
enamorado do brilho dos altares.

EM - CONEXÕES ATLÂNTICAS II - ANTOLOGIA - IN-FINITA

1 comentário:

  1. Não consigo descrever as impressões que sinto ; no entanto considero original.

    ResponderEliminar