Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

segunda-feira, 16 de julho de 2018

Afago final - ANTÓNIO MR MARTINS

As ondas aparam
as pétalas do teu caminho,
sob um ténue vento
que modera a tua dinâmica
evolutiva.

As borboletas
aconchegam o sentido de todas as formas
e apaziguam
o olhar carinhoso de todas as aves
colmatando uma imagem
da calmaria, entre as belezas naturais,
em radiosa harmonia.

De súbito
as ondas superam todos os limites
transbordando de energia
num brutal embate
contra a solidez de todas as rochas,
mesmo as mais desgastadas
e menos resistentes.

As nuvens, então, partem
receosas
e tornam-se mensageiras
do teu último afago
à natureza.

EM - TOCA A ESCREVER - ANTOLOGIA - IN-FINITA

2 comentários:

  1. Um poema com uma dinâmica muito própria ao tratar um tema muito interessante: a interacção do meio físico com o humano .

    ResponderEliminar