Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

sexta-feira, 3 de junho de 2016

Só - A. M. GUERREIRO

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA
Saibam mais do livro neste link
 Conheçam a editora neste link

Só. Inevitavelmente só em mais um ano que passa.
Sem esperança nem paciência de lhe dar alguma graça.

Só e nunca só - sempre intermédio de tempos.
Incoerência constante. Divergência de momentos.

Só. Inevitavelmente só no percurso já traçado.
Descobrindo a cada passo um caminho já marcado.

Só e nunca só - sempre intermédio de mim.
Valha-nos a certeza do aproximar do fim.

Só, sempre só na alvorada.
Quanto maior o silêncio
melhor será a minha estrada.

EM - PAS(S/T)AGENS - A. M. GUERREIRO - CHIADO EDITORA

Sem comentários:

Enviar um comentário