Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

sexta-feira, 6 de maio de 2016

Dizem que é Natal, mas... - SARA TIMÓTEO

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA

Sob os ramos verde-rumor
Os teus braços estendem-me promessas
Eivadas de infinito. São estrelas de água prenunciadas
Pela exaltação que esculpe em mim
A tua presença
Enquanto o tempo se evola
Por entre os nossos passos.

Qualquer pulsação poderá ser a última neste Natal.
Apressamo-nos para capturar as sílabas que se desenrolam por
Entre nossos corpos. As nossas mãos são corcéis de vento
Que navegam as marés de areia
Da vida. Ainda estamos longe da elegância e precisão
Que nos permitiram reduzir a existência
A uma sequência de Fibonacci.

EM - LUGARES E PALAVRAS DE NATAL 2015 - ANTOLOGIA - LUGAR DA PALAVRA

Sem comentários:

Enviar um comentário