Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

sábado, 23 de abril de 2016

Deixa para amanhã... - RUI ALMEIDA

Deixa para amanhã, para nunca,
A possibilidade de ir, de receber
O sol na cara. Fecha os olhos,

Encosta as mãos ao peito para
Sentires melhor a resignação. Fica
Aí, parado, não tentes rasgar

O pano que te cobre e impede
A suavidade dos movimentos. O céu
É azul, como sempre. Cada passo

Que dás é demonstração
Da inutilidade de tudo, cansaço
Acumulado sem destino nenhum.

EM - A SOLIDÃO COMO UM SENTIDO/DESESPERO - RUI ALMEIDA - LUA DE MARFIM

Sem comentários:

Enviar um comentário