Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

Despedida - VÍTOR CINTRA

Com nobreza me ensinaste
O que é ser homem de bem
Em terra que, por contraste,
Não dá valor a ninguém.

Nos teus olhos um sorriso,
Meu amigo, bom velhinho,
Mostra mais do que preciso
P'ra saber do teu carinho.

Na hora da despedida,
Venho agradecer-te a vida
E o teu amor paternal.

E dizer-te que é subida
A honra de ter vestida
a farda de Portugal.

EM - AO ACASO - VÍTOR CINTRA - LUA DE MARFIM

Sem comentários:

Enviar um comentário