Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

domingo, 31 de maio de 2015

Lê apenas - LUÍS FERREIRA

Amor,
Palavra tão vulgar,
Com quatro letras apenas...
Que preenche o meu corpo.
Amo... e digo-o ao mundo
Despindo todo o vocabulário
Numa nudez embriagada de combustões
Que alimentam todo o meu ser.
Escrevo letra por letra,
Saboreando todos os momentos,
Em que me desgraço
Quando estremece a minha carne
Em convulsões de prazer.
Amor,
Palavra que violenta o meu ser,
O equilíbrio da minha alma,
Que me faz sonhar acordado,
Completando toda a minha natureza.
Amor... Meu Amor,
Amo-te.

EM - O CÉU TAMBÉM TEM DEGRAUS - LUÍS FERREIRA - ESFERA DO CAOS

Sem comentários:

Enviar um comentário