Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

quarta-feira, 13 de maio de 2015

Frente a frente - EUGÉNIO DE ANDRADE

Nada poderia contra o amor.
Contra a cor da folhagem,
contra a carícia da espuma
contra a luz, nada podeis.

podeis dar-nos a morte,
a mais vil, isso podeis
- e é tão pouco.

EM - AS PALAVRAS INTERDITAS/ATÉ AMANHÃ - EUGÉNIO DE ANDRADE - ASSÍRIO & ALVIM

Sem comentários:

Enviar um comentário