Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

quarta-feira, 23 de abril de 2014

Alguns chamam-lhe pássaro ou peixe - ANTÓNIO RAMOS ROSA

Alguns chamam-lhe pássaro ou peixe
é um prazer simples mas intenso
está à mão e a própria mão o modela
não se está no mundo
ou o mundo é o sossego de uma brisa
o ténue gorjeio de um pássaro

É doce e subtil o formigueiro
no interior do retesado dardo
com uma ponta redonda
e que em redonda e rescendente duração
flui

Até que
uma gota surge da sua fenda
e a boca bebe-a
como a essência salgada do universo

EM - NUMA FOLHA LEVE E LIVRE - ANTÓNIO RAMOS ROSA - LUA DE MARFIM

1 comentário:

  1. Um poema belíssimo de Ramos Rosa. Este livro também faz parte da minha estante de poesia.
    Um beijo, amigo.

    ResponderEliminar