Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

sábado, 7 de setembro de 2013

Fernão de Magalhães não deu à costa - JOAQUIM PESSOA

Fernão de Magalhães não deu à costa
com as costas direitas mas carregado
com o azul que viu nos oceanos
e os ombros e as naus a descoberto.

Fernão de Magalhães, meu caro amigo
tivesses tu agora um cacilheiro
e terias descoberto o mar da palha
em viagem de circum-revolução.

Fernão sim, Fernão não. Ou, assim não
chegaremos lá. (Veja-se a páginas
últimas do compêndio desta história).

Meu bom Fernão! Talvez se tu tivesses
dado uma volta ao mundo em bicicleta
a gente hoje aguentasse a pedalada.

EM - 125 POEMAS - JOAQUIM PESSOA - LITEXA

Sem comentários:

Enviar um comentário