Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

quarta-feira, 29 de maio de 2013

Visita - MIGUEL TORGA

Fui ver o mar.
Homem de pólo a pólo, vou
De vez em quando olhá-lo, enraizar
Em água este Marão que sou.

Da penedia triste
Pus-me a olhar aquele fundo
Dentro do qual existe
O coração do mundo.

E vi, horas a fio,
A sua angústia ser
Uma espécie de rio
Que não sabe correr.

EM - POESIA COMPLETA VOL. I - MIGUEL TORGA - DOM QUIXOTE

1 comentário:

  1. Tal como toda a Poesia de Miguel Torga,um poema de uma profundidade emotiva. Grata.

    ResponderEliminar