Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

quinta-feira, 16 de maio de 2013

Leves melodias - MARIA TERESA DIAS FURTADO

para a Gisela
Um Verão suspenso de um cálido céu
retoma um fio de amizade uma lembrança
cintilante e imagens paralelas
navegam-nos nos olhos como barcos
as velas movem o desenho das quilhas
na água, o vento é criador e surpreende.
Entre o não e o sim soltam-se
melodias leves e inteiras
que tentam harmonizar-nos na pele do mundo:
Cantam as imagens nos nossos olhos
fitam o horizonte pleno de silêncio
sobem alto de onde tudo se vê pequeno
e o mais elevado próximo.
Dançam-nos os gestos e o verso
dança que entre melodias leves
e versos se descansa.
 
EM - O ARCO DO TEMPO - MARIA TERESA DIAS FURTADO - LUA DE MARFIM

1 comentário:

  1. Uma forma dedicada de homenagear.É interessante mas eu dava-lhe outro aspecto formal. Grata.

    ResponderEliminar