Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

sexta-feira, 26 de abril de 2013

Voltarão as palavras - ANTÓNIO GIL

Voltarão as palavras
a ser pedras, agora
com talhe de amora
sementes furadas
pequenas contas
com as cores da aurora
perfeitas conchas
búzios, pequenas aras,
estrelas do céu e do mar:
lascas, cascalho, aparas,
gemas de pedras raras
que te ofereço em colar
em pulseiras, em tiaras.

EM - OBRA AO RUBRO - ANTÓNIO GIL - LUA DE MARFIM

1 comentário:

  1. Não é necessário as palavras serem "pedras" correndo o risco de algumas ferirem. Criemos um cenário de vida em torno da Amizade, da Solidariedadee e da Vontade firme de sermos serenos. Tudo acontece no seu devido tempo.
    Agradeço e gostei deste .

    ResponderEliminar