Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

sábado, 5 de janeiro de 2013

Estrada Real - RICARDO BRAGANÇA SILVEIRA


A via que nos serve no presente
Outrora chamada de estrada real
Foi sempre um orgulho que se sente
Por todo o nosso Portugal

Hoje em dia muitos passam
Nesta estrada Nacional
E pelo forte assim passam
Pelos caminhos de Portugal

À sua beira já houve
Campos de oliveiras e trigais
Os antepassados louvaram
Actos tão bons que tais

Dantes os cavalos e as charretes
Eram os veículos que aqui passavam
Agora com os carros te metes
Mesmo quando poucos a usavam

Estrada Real do nosso orgulho
Do passado glorioso
Sem os montes de entulho
Num futuro auspicioso

Quando por ti passo
Fazes-me lembrar a glória
Mesmo que pelo amasso
Ou pela continuidade da nossa história

EM - ACORDAR VIVO - RICARDO BRAGANÇA SILVEIRA - TEMAS ORIGINAIS

Sem comentários:

Enviar um comentário