Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

sábado, 22 de dezembro de 2012

Nos teus olhos - LIDIA BORGES


Antes de todas as coisas
era a escuridão.
Era o frio que me doía nas mãos,
era a lenta passagem dos minutos, das horas
nos relógios de todos os invernos.

Depois tu vieste e eu descobri
que nos teus olhos
é que as primaveras se escondiam.

Acendeste as estrelas nas noites
e elas transformaram-se em dias.
Despertaste os chãos, os jardins
e todas as palavras
que se íam apagando de mim.

Dos meus dedos voaram borboletas
e a morte morreu nas cascatas de luz
das manhãs que tu inventaste.

 EM - NO ESPANTO DAS MÃOS - LIDIA BORGES - LUA DE MARFIM

Sem comentários:

Enviar um comentário