Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Visão dez - JAIME ROCHA

Já não era exactamente um anjo aquilo
que se via acenando na falésia e também
não se parecia com um monstro de um só olho.
Os pássaros haviam regressado antes da maré
e depararam com um velho sacerdote,
uma figura do tamanho de um dólmen
com uma asa entre as omoplatas e duas
hienas sobre os pés. Para o homem, aquilo
era o outro lado do anjo preto, porque à sua
volta ouvia-se o mesmo choro, seguido do
mesmo grito, a mesma assombração.

EM - OS QUE VÃO MORRER - JAIME ROCHA - RELÓGIO D'ÁGUA

Sem comentários:

Enviar um comentário