Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

sábado, 6 de agosto de 2011

À deriva - JOÃO RUI DE SOUSA

Nesta rosa que adivinho
pelo rumor de quem passa
sem saber bem o caminho
sem saber quem o enlaça
com braços de murta e vinho
sem estremecer na vidraça
partida com este ancinho
de esfarelar a desgraça
encontro a foto dum astro
numa rota sem destino
a procurar o seu espaço.

EM - LAVRA E POUSIO - JOÃO RUI DE SOUSA - DOM QUIXOTE

Sem comentários:

Enviar um comentário