Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

terça-feira, 21 de junho de 2011

Para o além - DOMINGOS MONTEIRO

Pálida e linda, como um lírio doce
Partiste um dia, e eu nem sei sequer...
Talvez, talvez contigo também fosse
Esta minha alma em corpo de mulher.

Pálida e linda, como um lírio doce,
Olhos tristes, magoados de sofrer...
Ainda estou a ouvir a tua tosse
Dizer por ti, como quem 'stá a dizer:

Sou um lírio dorido do sol-posto,
E dum país de lenda este meu rosto,
Este corpinho, magro e delicado...

Eu vou partir; não chorem, avezinhas,
Como partem, sorrindo, as andorinhas,
Quando chega o Outono amargurado.

EM - POESIA - DOMINGOS MONTEIRO - INCM

Sem comentários:

Enviar um comentário