Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

terça-feira, 7 de junho de 2011

Brisa e braço - JOÃO RUI DE SOUSA

Apontava o rumo à brisa
apontava a brisa ao braço
juntava o braço e a vida
e nela apertava o laço
que às vezes era bulício
para noutras ser cansaço
e era braço do sumiço
ou a brisa do sargaço.

Ou era brisa só brisa
ou era braço em abraço
bem no rumor da pesquisa
bem longe do embaraço:
era o gosto da subida
à carne extrema da vida
ao alto cume do espaço.

EM - LAVRA E POUSIO - JOÃO RUI DE SOUSA - DOM QUIXOTE

Sem comentários:

Enviar um comentário