Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Canção de Amélia dos Olhos Doces - JOAQUIM PESSOA


Amélia dos Olhos Doces
quem é que te trouxe
grávida de esperança?
Um gosto de flor na boca.
Na pele e na roupa
perfumes de França.

Cabelos cor de viúva.
Cabelos de chuva.
Sapatos de tiras
e pões, quantas vezes
não queres e não amas
os homens que dormem
contigo na cama.

Amélia dos Olhos Doces
quem dera que fosses
apenas mulher.
Amélia dos Olhos Doces
se ao menos tivesses
direito a viver.

Amélia gaivota
amante ou poeta.
Rosa de café.
Amélia gaiata
do Bairro da Lata
Do Cais do Sodré.

Tens um nome de navio
Teu corpo é um rio
onde a sede corre.
Olhos Doces. Quem diria
que o amor nascia
onde Amélia morre?

Cabelos cor de viúva.
Cabelos de chuva.
Sapatos de tiras
e pões, quantas vezes
não queres e não amas
os homens que dormem
contigo na cama.

in... 125 poemas - antologia poética - JOAQUIM PESSOA - Litexa

1 comentário:

  1. Quando tudo é tão tudo
    e ao mesmo tempo é nada,
    equilibro a rebeldia do tempo,
    no consumo das horas
    onde minha alma se reveste de paz

    Conceição Bentes

    Boa Noite!Beijos primaveril! M@ria

    ResponderEliminar