Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

quarta-feira, 14 de abril de 2010

Já que o coito...* - NATÁLIA CORREIA

" O acto sexual é para fazer filhos", afirmação no Parlamento de João Morgado, deputado do CDS

"Já que o coito - diz Morgado -
tem como fim cristalino,
preciso e imaculado
fazer menina ou menino;
e cada vez que o varão
sexual petisco manduca;
temos na procriação
prova de que houve truca-truca.
Sendo pai só de um rebento,
lógica é a conclusão
de que viril instrumento
só usou - parca ração! -
uma vez. E se a função
faz o órgão - diz o ditado -
consumada essa excepção,
ficou capado o Morgado."

in... Cem poemas portugueses do riso e do maldizer - Antologia - Terramar

Site da editora aqui.

* Este poema não tem titulo. Usei o primeiro verso como titulo por questões logísticas.

Sem comentários:

Enviar um comentário