Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

segunda-feira, 8 de março de 2010

Cruel e desigual - SANDRA NÓBREGA (FLY)



Se soubesses
O quanto me quebra a tua ausência
O quanto dói a saudade
O quanto me sinto em falência
Por esta dura realidade
Impossível de gerir
Este vil sentimento
Tão amargo este sentir
Desta dor, a todo o momento
Foi imposta a distância
Que separa a vida da morte
Sem Ti não há bonança
E eu, sinto, que perdi o norte
Passa o tempo, languidamente
Somam-se os dias que passo sem Ti
A Saudade cresce e desesperadamente
Desejo tanto ter-te aqui!!!
Viver sem Ti, Mãe Querida
É guerra muda, fria e quase-fatal
Teima em sangrar esta ferida
Deste sentimento, tão cruel e desigual

in... Pedaços d'alma - SANDRA NÓBREGA - Temas Originais

Site da editora aqui

Sem comentários:

Enviar um comentário