Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

sexta-feira, 29 de junho de 2018

Pelos mãos e pelos olhos eu juro 3 - ALICE VIEIRA

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO PELA AUTORA
Saibam da autora neste link

3

deixa que eu te diga as palavras enormes
que se erguem hoje das ruas gretadas
pelo rigor súbito de agosto

delas nascerá sempre o verbo justo
de sons claros e rectilíneos
com a ração de lua e mar que ainda me deves
escondida em todos os desertos por onde andei
sabendo que estavas muito longe mas que estar aqui
era ainda muito mais longe

apesar disso houve sempre
palavras enormes à nossa espera
que fomos largando pelos corredores das casas
onde lentamente morríamos ao som cruel da infância

mas talvez o futuro tenha começado agora mesmo
com este nome mais verdadeiro e menos gasto
com estas mãos    com estes olhos
com que juramos regressar ao que um dia habitámos

às palavras rigorosas e claras
que descobriram outros brandos lugares
para esperarem por nós de sílabas lavadas

como o chão da casa onde largámos o medo
e os seus mais antigos significados

EM - DOIS CORPOS TOMBANDO NA ÁGUA - ALICE VIEIRA - CAMINHO

Sem comentários:

Enviar um comentário