Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

quarta-feira, 27 de junho de 2018

Até outro dia nascer - VÍTOR COSTEIRA

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO PELO AUTOR
Saibam do autor neste link

Colho-te fruto
em silvestre amor...
beijo-te amora
no hiato que devora
o fruto a colher,
nos dedos tintados,
de entrededos te ter,
em escarlate suados,
com o suco a escorrer
que depois vou sorver...

Amor, amora,
aqui e agora,
fruto que o olhar namora
desde o amanhecer
até outro dia nascer,
deixa-te acontecer...

EM - POEMAS DE (A)MAR - VÍTOR COSTEIRA - MP EDIÇÕES

1 comentário:

  1. Servindo-se da amora, transportando as suas particularidades ao saboreá-la, para uma noite sensual.

    ResponderEliminar