Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

sexta-feira, 20 de novembro de 2015

O ofício de poeta - ALVARO GIESTA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELO AUTOR

O ofício de poeta
é mergulhar as mãos no fogo
e nele descobrir as raízes que florescem
como se fossem sol,

dos silêncios de pedra,
como se fossem cósmica semente
no espaço branco por escrever

É descobrir o vazio que espera a voz
rebento e grito da palavra;

é desvendar o instante e o azul,
que a raiz há-de rasgar
o chão
em manhã de nevoeiro,

pedra a pedra
rectilineamente
como o voo rectilíneo da ave
que procura o ninho para crescer

No vazio
esculpirá o poeta, o eco inicial
da palavra,
o grito e o sal
prestes a ser escritura

EM - UM ARBUSTO NO OLHAR - ALVARO GIESTA - CALÇADA DAS LETRAS

Sem comentários:

Enviar um comentário