Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

sábado, 14 de setembro de 2013

Sonetos - ANTÓNIO BOTTO

Enganei-me julgando que podia
facilmente deixar de pertencer
a esta dolorosa cobardia
de que é feito afinal o meu viver.

Sim, julguei que era fácil esquecer
a penetrante e funda melodia
que entre nós é frequente aparecer
num gesto ou num olhar de simpatia.

Mas ai!, mal me encontrei na solidão
partiu-se todo o aprumo da firmeza
de encontro à minha eterna sujeição...

Era impossível! Não direi mais nada
- o resto é perguntar à natureza
se a noite vai além da madrugada.

EM - CEM SONETOS PORTUGUESES - ANTOLOGIA - TERRAMAR

Sem comentários:

Enviar um comentário