Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

sexta-feira, 1 de março de 2013

Não me chamem poeta - NANDA ROCHA

 
Não me chamem poeta
Porque poeta eu não sou
Deixo sempre a porta aberta
Nos caminhos por onde vou.
 
Não me chamem poeta
Porque ser poeta é ter valentia
Eu só me deixo guiar
Nos caminhos da poesia.
 
Não me chamem poeta
Quisera eu em verdade
Ser poeta é ser livre
E apregoar liberdade.
 
Não me chamem poeta
Quem me dera sê-lo um dia
Ser poeta é voar no Universo
Nas asas da fantasia.
 
EM - NA LINHA DO HORIZONTE - NANDA ROCHA - ESFERA DO CAOS

1 comentário:

  1. Concordo com todo o conteúdo , mas afirmo ser apelativa a última quadra.
    Muito bem concebido. Parabéns.

    ResponderEliminar