Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

domingo, 24 de março de 2013

Canção - CORSINO FORTES

Longe longa a tua viagem
Que a semente
Consome a sua herança
                    pelo céu-da-boca

Que a saliva
         é espessa
                    é nebulosa
Como rosa-dos-ventos tecida em tua roca
Que as vogais pesam
               no prato da balança
               como astros e tâmaras
E antes da noite
        o silêncio o cio
                nos nossos ouvidos
Falávamos
        Árvore e habitação
E lá estavas tu

        OVO
               que cresce
No tambor da ilha
                  como SOL
Mordendo o umbigo de Deus

EM - A CABEÇA CALVA DE DEUS - CORSINO FORTES - DOM QUIXOTE

1 comentário:

  1. Um Poema-com um aroma à fruta suculenta.
    com um sabor a mel.
    com um trago do mais puro vinho.
    com um sol radioso!

    Perante o Poema que me foi apresentado, penso ter agradecido, desta forma.

    ResponderEliminar