Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

terça-feira, 31 de agosto de 2010

Brasil - MIGUEL TORGA


Pátria de emigração,
É num poema que te posso ter...
A terra - possessiva inspiração;
E os rios - como versos a correr.

Achada na longínqua meninice,
Perdida na perdida juventude,
Guardei-te como pude
Onde podia:
Na doce quietude
Da força represada da poesia.

E assim consigo ver-te
Como te sinto:
Na dorida moldura da lembrança,
O retrato da pura imensidade
A que dei a possivel semelhança
Com palavras e rimas e saudade.

in... Poesia completa vol. II - MIGUEL TORGA - Dom Quixote

Site da editora aqui

2 comentários:

  1. Minha poesia
    É a imagem lúcida
    Captada
    Do facho de luz
    Dos teus olhos,
    Que eu converto em palavras.

    Oswaldo Antonio Begiato


    Saudações Poéticas! Beijos!!

    ResponderEliminar
  2. Um belo poema de um grande poeta!
    Obrigada Manu, por esta partilha maravilhosa.
    Um beijinho.

    ResponderEliminar