Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

segunda-feira, 31 de maio de 2010

Talvez... - ANTÓNIO CASTEL-BRANCO


Talvez o instante não seja este...
Talvez não seja o modo certo...
Talvez não consiga encontrar as palavras...
Talvez persista na teimosia de existir...
Talvez pense...
E talvez encontre nas expressões
amarguradas que envolvem o sofrimento...
Ou reviva nos olhares mortiços
que fazem ouvir o grito das almas...
Ou até abrace as nuvens de silêncio
que toldam o sentir com névoa piedosa...
Talvez veja...
E seja a escora, o pêndulo, a bússola...
o caminho seguido outrora que de novo se abre...
as vagas trazendo as novas em cada maré...
os sonhos nunca sonhados ousados sonhar...
o porto seguro que aguarda para te amparar...
Talvez...

in... Jardim de palavras - ANTÓNIO CASTEL-BRANCO - Temas Originais

Site da editora aqui

3 comentários:

  1. Trago-te o perfume das flores! e a Essência da Vida. Trago os cantos dos Passaros, Trago-te pensamentos nobres, da presença do Criador.

    ''Elias Akhenaton''

    Saudaçoes poéticas e uma semana de muita luz!M@ria

    ResponderEliminar
  2. Olá Manu,
    Mais uma bela escolha!

    Bjs dos Alpes

    ResponderEliminar
  3. De tanto " talvez", poema incompleto de nuances emotivas muito cheias, pode ser que um dia já seja tarde para passar a ser "certo". Gostei de ter encontrado este poema.

    ResponderEliminar