Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

sábado, 23 de junho de 2018

24 - EMANUEL LOMELINO

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA
Saibam de Jesús Recio Blanco aqui
Saibam de Emanuel Lomelino aqui

Quem me dera saber braille
para escrever um poema
que tu lesses e interpretasses
sem ter de ouvir da minha boca.

Se eu soubesse braille
ler-me-ias, ponto a ponto,
com a ponta dos teus dedos
e saberias, sem que te dissesse,
quais as sombras que me inibem
e que medos me afligem.

Se eu soubesse braille
poderias conhecer o que escrevo
e fazer as tuas próprias leituras
dos versos que nascem
no aconchego das minhas noites,
tão diferentes das tuas.

Quem me dera saber braille
para que me visses
tal como vês o mundo.

EM - POLICROMIA PARA CEGOS - JESÚS RECIO BLANCO/EMANUEL LOMELINO - EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA

1 comentário:

  1. Saber braille é um passo importante,um processo de grande ajuda para todos.
    Muito bem documentada esta preocupação.
    Apreciei.

    ResponderEliminar