Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

sexta-feira, 30 de novembro de 2018

Gases - MIGUEL CURADO

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA IN-FINITA
Saibam do autor neste link
Conheçam a In-Finita neste link


frio frente à sopa fraca,
frisada de flatulência
inimitável no findo
encimado coiso de
constância,
e fazes
fé que facas dizes
de tudo quando fim é
atual dissolvido,
de princípio...


EM - ABRIR OS OLHOS ATÉ AO BRANCO - MIGUEL CURADO - IN-FINITA

Bebo não - MARKO DAVIS

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO PELO AUTOR

Fujo do stress,
mas não fujo
da depressão.
Copo sobe,
copo desce
Pego uma caneta
Escrevo, escrevo
poemas
da bebida
me liberto

EM - MIAJ POEMOJ FLUGAS (MEUS POEMAS VOAM) - MARKO DAVIS - EDIÇÃO DE AUTOR (BILÍNGUE PORTUGUÊS/ESPERANTO)

Gabriela - GABRIELA CAMPOS DE SOUZA

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO PELA AUTORA

Tal qual o poeta que versa o ser
Sinto-me dona do meu próprio viver
Dorival Caymmi... Fonte inspiração!
Descreve Gabriela em forma de canção:

Nasci Gabriela!
Cresci Gabriela!
Apesar das inconstâncias...
Na rota da vida
Círculo de mudanças
Serei mesmo assim
Serei sempre assim:
Gabriela!

Sigo amando a vida... Pássaro no ninho
Família sagrada... Doce comunhão
Protegendo a todos... Sigo meu caminho!
Eu sou Gabriela... Força e emoção!

EM - ESSÊNCIAS D'ALMA - GABRIELA CAMPOS DE SOUZA - EDITORA KELPS

quinta-feira, 29 de novembro de 2018

O sentido do vento - PEDRO PEIXOTO

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR ALVARO GIESTA

A minha alma
Descoberta pela noite,
Inteira sobre a praia
De lua cheia,
Consegue dizer-te
O sentido do vento,
Intenso e luminoso,
A nascente de nós.

EM - COLECTÂNEA LITERÁRIA I 2017 - COLECTÂNEA - EDIÇÃO ACADEMIA DE LETRAS E ARTES

Pótnia, a Deusa Mãe - MANOEL DIAS DA FONSECA NETO

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO PELO AUTOR

Do planeta a suprema divindade
Pótnia, a Deusa Mãe, reinou sobre a terra.
Por milénios a paz, jamais a guerra,
medrou nos primórdios da humanidade.

Senhora plena da vida e da morte,
sua essência imanente e permanente,
Mãe da natureza, de todos os entes,
renova ciclos vitais em eterno vórtice.

Com ferro e bronze a Deusa foi ferida.
Deuses guerreiros foram entronados
e a mulher, sua imagem, perseguida.

A natureza sangra destruída.
Só a mãe sagrada salva os deserdados
Na eterna dança espiral da vida.

EM - BENDITAS & GUERREIRAS - MANOEL DIAS DA FONSECA NETO - EXPRESSÃO GRÁFICA E EDITORA LDA

Escrito nas margens do tempo - ALVARO GIESTA

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO POR IN-FINITA
Saibam do autor neste link
Conheçam a In-Finita neste link

Em que jardim semeei eu uma rosa
para tu colheres à tardinha
entre a folhagem que confia
ao rumor das águas
o segredo dos amantes?
– Partiste na fímbria da tarde
quando posídon
deixou os seus cavalos
confiados à guarda das águas marinhas –
Tremeu o chão – o meu chão quando te foste.
As nuvens abeiraram-se brancas e altas
à procura do futuro
que deixaste escrito nas margens do tempo.
E eu, como possêidon
senhor da terra ao mesmo tempo,
de pés travados nas águas do mar,
senhor do nada, assim firmei solene escritura:
– quem somos, que somos nós
que de nós nada sabemos
perdidos num mar deserto
onde o sol fonte da vida se não detém?

EM - O SERENO FLUIR DAS COISAS - ALVARO GIESTA - IN-FINITA

quarta-feira, 28 de novembro de 2018

o meu corpo - JOSÉ FERNANDO DELGADO MENDONÇA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR CARLOS ARINTO

o meu corpo
dormente
sonhava

o meu corpo
é feito por dentro
do que não mostro
quando vejo
tanta dor
pelo mundo

o meu corpo
dói-me
de ver

EM - CADERNOS DE POESIA - ANTOLOGIA - CÍRCULO ARTÍSTICO E CULTURAL ARTUR BUAL

Dor - FRANCISCO SILVA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA
Saibam do autor e do livro neste link
Conheçam a editora neste link

Tenho uma grande dor
Dor por não ter ninguém
Encaro o futuro com temor
Será que voltarei a ser alguém?

Naquela casa fui muito feliz
Tinha tudo o que queria
E uma vida que não merecia
Falhei o suicídio por um triz

Recuperei e fugi de casa
Afastei-me de família e amigos
A rua acolheu-me nos seus abrigos
E eu comecei a ter um grãozinho na asa

Tenho uma grande dor
Uma dor que me consome o peito
Nem sei dormir com jeito
A minha vida é um horror

EM - RIMAS AO RELENTO - FRANCISCO SILVA - EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA

Fui tua - MARIA ANTONIETA OLIVEIRA

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO POR IN-FINITA
Saibam da autora neste link
Conheçam a In-Finita neste link

Deitada na cama nua
Vestida de branca seda
Entreguei-me ao sonho do amor
E, fui tua.

EM - OS SONS DO SILÊNCIO - MARIA ANTONIETA OLIVEIRA - IN-FINITA

terça-feira, 27 de novembro de 2018

Sonho - RUI PEREIRA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA
Saibam do autor neste link
Saibam do livro neste link
Conheçam a editora neste link

Sonhei que queria mar assim
Sonhei tanto que chegou à realidade por fim
Foste quem saiu do meu sonho
Finalmente vejo um futuro risonho
És tu o meu mais amado desejo
Contigo ter um amor para a vida almejo

EM - O VÔO - RUI PEREIRA - CHIADO EDITORA

Repetição - FELIPE CATTAPAN

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELO AUTOR

Meu estilo...
são as minhas repetiçoes que eu não pude evitar.
(... mas isto já não foi escrito em algum lugar?)

EM - DENSIDADES CÍCLICAS - FELIPE CATTAPAN - HELVETIA EDIÇÕES

A esfinge Maria Madalena - MANOEL DIAS DA FONSECA NETO

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO PELO AUTOR

A vida de Maria Madalena
Expressa uma odisseia invertida.
Em vez de louvação, fez-se a intriga,
O ódio rancoroso e ofensa plena.

Nomeada possessa e pecadora,
Até adúltera quase apedrejada,
Mas de Jesus foi a discípula amada,
A confidente atenta e encantadora.

Sua esfinge precisa ser decifrada,
Libertada de cruel misoginia.
Cheia de graça e plena de alegria
Sorveu, de Cristo, a lição sagrada.

"Os que têm fome e sede de justiça
Encontrarão um Pai acolhedor".
Ouviu, serena, a pregação do amor,
Da generosidade mais castiça.

Na poética do Novo Testamento,
O legado do Cristo ressurrecto
Em madalena encontrou o repto:
Viver e semear seu ensinamento.

EM - MADALENA E O SAGRADO FEMININO - MANOEL DIAS DA FONSECA NETO - EXPRESSÃO GRÁFICA E EDITORA LDA

segunda-feira, 26 de novembro de 2018

Fração de silêncio - DINALDO LESSA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA
Saibam do autor neste link
Saibam do livro neste link
Conheçam a editora neste link

A fração de silêncio que me tiraste agora
levou para o rio minha flor solitária,
uma árvore de sol, um espanto, uma felicidade.

Avid, flor-submersa, flor do Paraíso,
harpia ensolarada - felicidade do primeiro instante

Poiésis.

EM - DAS FLORES E DO TEMPO - DINALDO LESSA - CHIADO EDITORA

Frescuras da alma - RUTE FERREIRA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA
Saibam da autora e do livro neste link
Conheçam a editora neste link

Difícil navegar em todas as letras do teu pensamento.
Pareces animal perdido
esperas um abraço destino.
Sem frio.
Aguardo o toque da tua alma
na minha mão,
na margem daquele rio
que é só nosso...
A minha alma percorre o teu coração.

EM - OUTONO DE MIM - RUTE FERREIRA - EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA

Corpo - SUSANA PIRES

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO POR IN-FINITA
Saibam mais da autora neste link
Conheçam a In-Finita neste link


Corpo sereno

Tão sereno
Como a costela
Que lhe deu vida

Odores escondidos
Segredos de outrora
Na noite estrelada
Onde o mar
O escutava...

Melodias de fôlegos
Em acordes solitários

Na praia
A concha já chegou...

O corpo deitado
Verão quente
Enrolado entre a areia
E o esqueleto
De magro sentimento
Esperando adormecido...

Quando a maré trouxe
A concha
A mão lhe tocou

Ali ficou
Na voz das areias
que enfeitiçaram os dedos
Até ser dia
Meio dia
Sol quente
Corpo queimou

A concha foi
A maré vazia a levou...


EM - MAR INTERIOR - SUSANA PIRES - IN-FINITA

domingo, 25 de novembro de 2018

Gentes - MARGARIDA CIMBOLINI

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO PELA IN-FINITA
Saibam sobre a autora neste link
Conheçam a In-Finita neste link


Antigas forças
falam de seus pesares
deixando pegadas de neve
são forças brancas e leves
que se erguem de sonhos
seres de vidas sonhadas
crias de mães encantadas

Peyote em alcantarilhas
sítios de muito poder
levam-nos longe dali
onde já não há morrer

São vidas mortes caminhos
que têm de percorrer

Brumas em Avalon
caminhadas esquecidas
tesouros de homens bons

Fecha-se o círculo de novo


EM - VIVÊNCIAS - MARGARIDA CIMBOLINI - IN-FINITA

A vida - LARA SALGUEIRO

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA
Saibam mais da autora e do livro neste link
Conheçam a editora neste link

A vida faz saber
A suavidade do tempo de viver
Que nos ensina que a vida
Não tem escolha mas tem um destino

Um destino que não se poder dizer sim ou não
Mas sim correr sem reclamar
O ponto de amar nem é olhado
É um controlo desesperado

A vida é assim
Ninguém decide o seu fim
Hoje aprendi essa história
De uma vida que chegou ao fim

EM - SER AMIGO NÃO É DIFÍCIL - LARA SALGUEIRO - EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA

A cor dos teus olhos - VÍTOR COSTEIRA


LIVRO GENTILMENTE CEDIDO PELO AUTOR

Tinhas nos olhos uma cor
que nenhum arco-íris ousou inventar!
Um azul acima dos céus,
com um brilho mais cintilante
do que a cristalina água do mar,
em noites de luar...

E esse teu lindo olhar
inebriava-se no meu,
benzia a minha vida
e rebrilhava sempre que me olhava
com a intensidade
própria de quem crê,
de quem ama,
de quem entrega o que é,
mantendo sempre acesa a chama
e alimentando a eterna fé
de um dia assim também ser amada!

A cor dos teus olhos, avó,
não viaja em nenhum arco-íris
nem está presente no génio de um pintor
porque, antes de tu partires,
eu guardei-a como prova de amor
no mais profundo de mim
e nunca mais a voltei a ver
nos olhos de um outro ser...

EM - ASAS DE COLIBRI - VÍTOR COSTEIRA - ANDORINHA EDITORIAL

sábado, 24 de novembro de 2018

Trago-te em cada pedra que viro - MIGUEL CURADO

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA IN-FINITA
Saibam do autor neste link
Conheçam a In-Finita neste link


as nuvens estão forradas de ti, 
das árvores pendes em folhas de cores 
uníssonas em milhão...

e nos caminhos enleantes que me perco, 
trago-te em cada pedra que viro...

nos sonhos arredados do negro da existência, 
estás como vigor da vida pintada nos olhos 
de mogno que recordas, 
e na pele de água do amanhecer 
que corre nos destinos que conheces...

não me morras no centro do equilíbrio 
perene da existência,
viro-me do 
avesso para evaporar se te perder...


EM - ABRIR OS OLHOS ATÉ AO BRANCO - MIGUEL CURADO - IN-FINITA

Irmãos - MARIA JOÃO CANTINHO

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA AUTORA

Somos irmãos da luz
e bebemos o sonho
habitamos a folhagem
a noite e o tempo,
como quem nasce da água
e bebemos a voz
e a linguagem, descendo.

Somos irmãos da terra
cantamos dançamos
ao som do fogo
e olhamo-nos como espelhos
tememos   comemos
as palavras dos homens.

Somos da sombra os nomes
lavradio do silêncio
apascentado na alba
e tudo nos habita:
lua, passagem, círculo,
olho, mão, salmo.

Somos irmãos da escuridão
olhamo-nos como espelhos
de uma luz íntima
sonhante, na dobra da língua.

EM - DO ÍNFIMO - MARIA JOÃO CANTINHO - EDITORA PENALUX

Sobre a carta de Rowan a Garcia - ALVARO GIESTA

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO POR IN-FINITA
Saibam do autor neste link
Conheçam a In-Finita neste link

– à Marisa e à Vera, minhas filhas

Procure-se uma alavanca que faça mover,
uma bússola para orientar
qualquer outro instrumento que faça parar,
que sirva de travão a tudo
quanto de ruim está a acontecer.
Uma alavanca que sirva para despregar
erguer mover arrancar – uma alavanca que arranque
tudo quanto está a atravancar o que faz crescer.
Outro instrumento qualquer que sirva de travão
e faça parar o mal que impede o bem-pensar
como em proveito universal agir.
Uma alavanca que arranque tudo
de ruim – mas mesmo tudo.
Se a alavanca vai fazer mover o que está parado
pela preguiça de pensar e falta de vontade
em ser um dia, que o travão pare
o absolutamente inútil e fútil.
E que a bússola da responsabilidade
oriente e faça agir
como em Rowan para levar a carta a Garcia.

EM - O SERENO FLUIR DAS COISAS - ALVARO GIESTA - IN-FINITA

sexta-feira, 23 de novembro de 2018

Persistência - ROSA MARIA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA
Saibam da autora e do livro neste link
Conheçam a editora neste link

Numa ilha deserta
Pessoas comem, bebem e dançam aos deuses
Com a certeza de que serão abençoados.
Vivem com pouco mas animados
Com a certeza de que a vida lhes dará
Força e coragem para continuarem a dançar.

EM - QUANDO A ALMA CHORA - ROSA MARIA - EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA

Gerânio - MARIA SALVADOR

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA
Saibam da autora e do livro neste link
Conheçam a editora neste link

Explosão sensual
a cor vermelha gritando ao céu
"Estou viva"!

EM - DA MINHA JANELA/FROM MY WINDOW - MARIA SALVADOR - EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA

Colhi uma flor - MARIA ANTONIETA OLIVEIRA

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO POR IN-FINITA
Saibam da autora neste link
Conheçam a In-Finita neste link

Colhi uma flor no jardim do amor
Viçosa, airosa e perfumada
Olhei-a com carinho
E ela, sorriu-me
Abrindo suas pétalas à brisa da manhã
Extasiada quedei-me
Ouvindo a magia de uma canção
No chilrear de um pintassilgo esvoaçante
Fechei o olhar,
Abri a mente
E religiosamente meditei.
Encontrei-me e perdi-me!
Perdi-me e encontrei-me!
Uma brisa suave acariciou o meu rosto
Abri o olhar
E de mente aberta
Aceitei a flor do amor.

EM - OS SONS DO SILÊNCIO - MARIA ANTONIETA OLIVEIRA - IN-FINITA

quinta-feira, 22 de novembro de 2018

Um porto de abrigo - JOSÉ CARLOS PEREIRA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA
Saibam do autor neste link
Saibam do livro neste link
Conheçam a editora neste link

Andas à deriva
Em pleno alto mar
Como um barco perdido
Que navega aturdido
Sem poder alcançar
Um porto de abrigo.

Procuras a rota certa
Que te levará à descoberta
De um porto seguro
Um presente e futuro
Que te liberta
Do passado amargurado.

EM - SEMENTES DE HUMANIDADE - JOSÉ CARLOS PEREIRA - CHIADO EDITORA

Brisa - JOÃO DORDIO

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELO AUTOR

Chamo a brisa pelos teus olhos e quando me olhas nos sonhos voamos porque é sempre mais fácil.
Mas nem as asas batemos...

Olha a montanha! Cuidado!

Dás-me um beijo e tudo desaparece ou tudo aparece...
Chamo o vento porque a brisa sabe a pouco e os teus olhos têm um olhar muito forte, demasiado forte para ficar apenas num sonho pequeno.

Percorro-te e faço amor contigo naquela brisa, naquele vento, naqueles sonhos onde apareces sempre sem pedir licença.

EM - NÃO FAÇAS BARULHO. FUI ALI GRITAR QUE TE AMAVA - JOÃO DORDIO - EMPORIUM EDITORA

Sede - ADRIANA MAYRINCK

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA HELVETIA EDIÇÕES

O corpo permanece adormecido,
no ópio de um sonho bom.
As palavras borbulham,
querem derramar em corredeiras.
Retenho-as.

Por entre sorrisos que findaram,
nas sombras da noite
e no vácuo do sono,
que solitariamente dissolve instantes,
desfaço-me.

Amanheço empurrada para a vida,
entontecida,
por um desejo que me consumiu.
E como tudo o que é farto e não sacia,
tropeço nos raios de sol,
ofuscada pelos ecos que ficaram.

EM - A VIDA EM POESIA 3 - ANTOLOGIA - HELVETIA EDIÇÕES

quarta-feira, 21 de novembro de 2018

Reflexos - FILOMENA VILAS BOAS

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA
Saibam da autora e do livro neste link
Conheçam a editora neste link

Senti-te na curva do sopro!
Ao som dos vendavais
Despi o meu corpo
Entreguei-te a alma
No dorso da lua
Instância onde flutua
A essência do amor
O espelho de mim

EM - RESPIRO DA ALMA - FILOMENA VILAS BOAS - EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA

Terra de mim - MARGARIDA CIMBOLINI

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO PELA IN-FINITA
Saibam sobre a autora neste link
Conheçam a In-Finita neste link


é ave que tomba do alto
voando num sobressalto
e mergulhando no mar
é terra aberta lavrada
cadência de espuma soando
e flores brancas de arminho
com pôr do sol no caminho
animais se sacudindo
espalhando gotas de prata
são arrepios de giestas
nobres seres pedindo festas
lago de ouro profundo
engolindo todo o mundo
é o lobo uivando à Lua
é o princípio de tudo
É HUMANO EM TERRA SUA

EM - VIVÊNCIAS - MARGARIDA CIMBOLINI - IN-FINITA

Parede - SUSANA PIRES


LIVRO GENTILMENTE CEDIDO POR IN-FINITA
Saibam mais da autora neste link
Conheçam a In-Finita neste link

O mar de silêncio sereno
Embala nosso olhar
que do topo da colina
minha mão sobre a tua
enaltece a fantasia

Em minha pele teu perfume já sinto

As estrelas brilham ainda mais...

A noite acolhe o silêncio
e a boca perde-se no desejo recortes de lábios
não existe tempo nem hora para regressar...

E

de segredos fica a noite

Só Tu e Eu

Enquanto me sussurras
palavras ternas... loucuras...

                                             meu olhar, no mar já se perdeu.

EM - MAR INTERIOR - SUSANA PIRES - IN-FINITA

terça-feira, 20 de novembro de 2018

Gente que é gente... - GABRIELA CAMPOS DE SOUZA

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO PELA AUTORA

... É sempre especial
Não precisa ter beleza
Pois tem brilho natural!
Nem tão pouco ter riqueza,
Basta ter potencial!

Basta saber acolher
Dormindo ou acordado,
Saber tua luz conceder
Mesmo não estando ao nosso lado!

O amor é tua essência
Carisma sempre é teu manto
É que, Gente que é Gente,
Chega e mostra brilho
Respira e exala encanto!

EM - ESSÊNCIAS D'ALMA - GABRIELA CAMPOS DE SOUZA - EDITORA KELPS

Chove - MIGUEL CURADO

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA IN-FINITA
Saibam do autor neste link
Conheçam a In-Finita neste link


faz tanto como o sol,
partiu só e como
a terra se fez pobre,
ansioso pela esfinge
de se deitar pobre...

acordando com a parte Infeliz do ter que empobrecer,
os desejos de qualquer coisa...

a menor força de descrever dores assim,
e com a chuva lá fora esperar
ao sol que o mundo desfaça
a ensurdecedora capacidade de nada ter que esperar
da vida...


EM - ABRIR OS OLHOS ATÉ AO BRANCO - MIGUEL CURADO - IN-FINITA

A lua - MARKO DAVIS

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO PELO AUTOR

Viola todos os princípios da lógica.
Suas crateras e superfícies desérticas.
Fria e gelada, só a mulher magnética
(Arlete).
É influenciada pela gravidade
desse satélite, que absorve
os efeitos da instabilidade
da mente, do corpo e da alma.

EM - MIAJ POEMOJ FLUGAS (MEUS POEMAS VOAM) - MARKO DAVIS - EDIÇÃO DE AUTOR (BILÍNGUE PORTUGUÊS/ESPERANTO)

segunda-feira, 19 de novembro de 2018

Uma mulher jovem com sua harpa de sombra* - ALVARO GIESTA

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO POR IN-FINITA
Saibam do autor neste link
Conheçam a In-Finita neste link

– à Maria Rosa, minha companheira de viagem há meio século


Cresces álacre como uma árvore
de dentro para fora do seio da terra,
és fermento que leveda a sêmea
e se faz pão.
Cresces de fora para dentro como o poema;
como uma árvore que se agita ao vento,
afrontas todas as tempestades de marés.
Cresces como uma árvore todas as manhãs,
de dentro para fora,
e esmagas o crânio de todas as adversidades.
Vences e ganhas mais uma batalha
quando julgas a guerra perdida.
Cresces de fora para dentro
como a luz dum candeeiro a iluminar
o interior da noite
que se julga dona da escuridão
e amanheces
no meu tardar amanhecer

*título in «o amor em visita», Herberto Helder

EM - O SERENO FLUIR DAS COISAS - ALVARO GIESTA - IN-FINITA

Sabes o que eu te quero dizer? - PEDRO PEIXOTO

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR ALVARO GIESTA

Sei a vida que vivi,
Felicidade toda inteira
Dessa que sei que sabem dizer
Que nada me resta se não amar.
Dizer-te, embora não em frente
Da minha vida inteira:
Quero-te mais com a minha alma
Do que muito do que vivi.
Muito para além das palavras
Sentidas do meu poema,
Viver para lá de mim
Se isso for viver para ti.
Encontrar-me com a morte,
Essa forma sempre renovada
De voltar a viver-te.

EM - COLECTÂNEA LITERÁRIA I 2017 - COLECTÂNEA - EDIÇÃO ACADEMIA DE LETRAS E ARTES

A Primavera - MANOEL DIAS DA FONSECA NETO

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO PELO AUTOR

Que bela, a sagrada Primavera.
As três graças, diáfanas brincantes,
São a poesia em imagem deslumbrante,
A estética e ética em sinfonia vera.

Das mulheres, as três faces divinas,
As três fases, sábia, mãe e donzela,
Expressão da natureza feminina,
Cada musa sua graça nos revela.

Aglaia, encantamento e claridade,
Tália, das flores e fertilidade,
Eufrosina, da dança e alegria.

Do universo, simbólica harmonia
E afetuosa delicadeza,
Opondo à violência, a gentileza!

EM - BENDITAS & GUERREIRAS - MANOEL DIAS DA FONSECA NETO - EXPRESSÃO GRÁFICA E EDITORA LDA

domingo, 18 de novembro de 2018

Orgasmo - MARIA ANTONIETA OLIVEIRA

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO POR IN-FINITA
Saibam da autora neste link
Conheçam a In-Finita neste link

Na doçura de um beijo
Me sinto envolvida
Languidamente me envolvo
Em teu corpo apetecido
Saboreio o suor do teu rosto
Na sofreguidão de um orgasmo
E relaxo no teu abraço.

EM - OS SONS DO SILÊNCIO - MARIA ANTONIETA OLIVEIRA - IN-FINITA

Sufficit cuique diei sua malitia* - ANA PAULA BARBOSA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR CARLOS ARINTO

Chega uma vida para amar?
Quantos segundos alberga a eternidade?
Coisa de minutos e de lápis partidos,
A decantar instantes coloridos - ou a branco e preto.

Morrer e renascer num (único) beijo, queres?
Ser tua gueixa, concubina - apetece-te?

Trago a última sílaba sentida,
Onde me deito até ser dia.
Advirá um amar, assim, turbulento ou instantâneo,
Efeméride eterna, infernal inquietude,
Enquanto o teu corpo me quiser,
Enquanto o meu corpo te desejar.

* "A cada dia basta a sua pena"

EM - CADERNOS DE POESIA - ANTOLOGIA - CÍRCULO ARTÍSTICO E CULTURAL ARTUR BUAL

Patrão - FRANCISCO SILVA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA
Saibam do autor e do livro neste link
Conheçam a editora neste link

Naquele dia, tal como nos outros
Estava de fato e gravata
Atrás da secretária, recebia os louros
Era um verdadeiro burocrata

Agia como um magnata
Mandava em todos como um diplomata
Também sabia ser tecnocrata
Mas... na verdade sentia-se aristocrata

Muitas vezes era um verdadeiro ditador
Agia como dono e senhor
Prepotente... Gélido, sabia ser agressor
Mas nunca guardava rancor

O dinheiro gastava em  mulheres e carros
Às vezes com jóias, férias e cavalos
Tinha gostos refinados e caros
Nunca deixaria de amá-los

Só que no melhor momento
Acordei encharcado em suor
Continuava na rua, parado no tempo

EM - RIMAS AO RELENTO - FRANCISCO SILVA - EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA

sábado, 17 de novembro de 2018

Madalena e a unção - MANOEL DIAS DA FONSECA NETO

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO PELO AUTOR

No Rio Jordão Jesus foi batizado,
Num ritual de purificação.
João Batista, o profeta consagrado,
Selou, nas águas, sua iniciação.

Nas sociedades matrilineares,
Os rituais sagrados da unção
Transmitiam o poder da sucessão,
Preservando a unidade de seus lares.

A mãe ungia sua primeira herdeira,
E esta ao noivo, simbólica passagem,
Do poder e da força da linhagem,
Na unção com o óleo da oliveira.

Madalena, a noiva-irmã messiânica,
Com bálsamo de nardo ungiu Jesus.
Ao sagrá-lo mestre, em aura de luz,
Se fez profética em visão epifânica.

Neste segundo ritual de passagem,
Reconheceu, em Cristo, a majestade
Da bondade, beleza e da verdade,
Em humana e divina personagem.

EM - MADALENA E O SAGRADO FEMININO - MANOEL DIAS DA FONSECA NETO - EXPRESSÃO GRÁFICA E EDITORA LDA