Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

segunda-feira, 26 de junho de 2017

Noite perdida - GONÇALO LEAL

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA
Saibam mais do autor neste link
Saibam mais do livro neste link
Conheçam a editora neste link

Que devia eu ter-te dito
para que a noite fosse mais longa
e o caminho mais curto?
Que forças em ti poderia invocar,
para que esquecesses a chuva lá fora
e desprezasses o medo de estender o desejo?
Ainda esperei que o olhar bastasse
e nele pudesses ler todo o calor que nos move.
Sim, eu sei que sim,
que o brilho desse fogo te iluminou.
Conheço a sua linguagem
e é talvez por isso que mais doeu dentro
a negação da vontade.

EM - SILÊNCIO - GONÇALO LEAL - EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA

domingo, 25 de junho de 2017

Braga - CLÁUDIO AMÍLCAR CARNEIRO

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR CHIADO EDITORA
Saibam sobre o autor neste link
Saibam sobre o livro neste link
Conheçam a editora neste link

Tu és a Roma deste Portugal,
Nobre e antigo como a tua Sé.
E como tu, também, vai pela fé,
Dos nossos bisavós o mesmo ideal.

Deidade do esplendor, vate imortal,
Eu canto e cantarei tua mercê
Enquanto o permitir a Musa, que é
Dever de um trovador cantar quem vale.

Atónito perscruto o infinito
Fitando ao longe a linha do horizonte,
Descortinando para lá dos céus.

Por vezes me interrogo e a sós medito,
Se é Deus Quem irradia a tua fronte,
Se a tua fronte é que irradia Deus.

EM - O DESPERTAR DA ALMA PORTUGUESA IN SONETOS - CLÁUDIO AMÍLCAR CARNEIRO - CHIADO EDITORA

11 - ALVARO GIESTA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELO AUTOR
Podem saber do autor e encomendar o livro neste link

Abrem-se-me crateras no crânio...

dentro delas
invenções em danças macabras

erguem-se
no sono mineral do musgo
que (me) nasce
entre o pensar e o esquecimento.

Escrevo um verso, como se
esse verso fosse o talismã do poema
por nascer...

na urgência da minha mão
aberta,
apenas
o caminho da árvore entre
o azul do céu e o mar.

EM - SOBRE O ROSTO DO CORPO - ALVARO GIESTA - EDIÇÃO DE AUTOR

sábado, 24 de junho de 2017

Apenas hoje... - VÍTOR. C

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELO AUTOR

Deixa-me sentar a teu lado,
sentir que hoje sou o teu protegido,
o teu menino querido,
aquele que perto de ti estaria
e para quem tu olharias com carinho,
num desvelo meigo e terno,
bem para além do eterno
de onde sinto que, finalmente, me vês...

Deixa-me sentar perto de ti,
sentir que o calor do teu corpo
se fez nascer todo ele para mim,
que os teus braços são fitas de cetim
esvoaçando, truque ilusionista,
enlaçando-me como oferenda de Natal,
e fazendo com que os meus olhos infantis
fiquem maravilhados perante a magia
e recusem deixar de fazer parte da ilusão
e do momento inesquecível que criaste...

Deixa, apenas hoje, eu ser o teu único
e sentir que nasci para estares comigo...

EM - SOU TEU - VÍTOR. C - CHIADO EDITORA

Menina linda - ADELINA CHARNECA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR CHIADO EDITORA
Saibam sobre a autora neste link
Saibam sobre o livro neste link
Conheçam a editora neste link

Entre lençóis de trigo dourado
despertou ela (o sol) num dia nublado
entre papoilas amarelecidas,
chegou nos ventos
de tudo esquecida,
menina formosa
de olhos de linho,
respirando fundo,
dizendo baixinho,
amor desta vida,
luz dos olhos meus
tu,
nunca mais,
me digas adeus.

EM - POESIA DE SILÊNCIOS - ADELINA CHARNECA - CHIADO EDITORA

sexta-feira, 23 de junho de 2017

Era Verão - NANDA ROCHA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA AUTORA

Era Verão quando te conheci
Logo em mim ficou esta certeza
Magnetizada tua voz segui
Enfeitiçada e de amor tão presa.

Quis fugir de ti mas não consegui
Foi como se fosse um doce feitiço
O brilho do teu olhar que então vi
Enlaçou meu peito num compromisso.

E foi tão sincero e tão leal
O puro amor que por ti senti
Que passou por mim um vendaval

Vacilei, tropecei, quase caí
Não parecia Verão, nem tempo estival
De frio ou de amor toda eu tremi.

EM - BRISA POÉTICA - NANDA ROCHA - POESIA FÃ CLUBE

Carta de amor - JOSÉ FERNANDO DELGADO MENDONÇA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA
Saibam mais do autor neste link
Saibam mais do livro neste link
Conheçam a editora neste link

não te escrevo
há muito tempo
e tenho saudades
de receber
uma carta tua
estou contigo
todos os dias
mas preciso
de te enviar
palavras
que possas ler
todos os dias
quero que tenhas
a certeza
que o meu amor
não é só feito
do dia a dia
mas que tem
o perfume
de um amor
eterno

EM - DIAS CLAROS - JOSÉ FERNANDO DELGADO MENDONÇA - EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA

quinta-feira, 22 de junho de 2017

Com amor - CELSO CORDEIRO

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELO AUTOR
Saibam sobre o autor neste link
Saibam sobre o livro neste link

Mãe,
pequena grande palavra,
que toca pela beleza
os qualificativos opostos
de designação de grandeza.

Mãe,
classificação de mulher,
lugar-comum porque vulgar,
que é estado de plenitude
na conjugação do verbo Amar.

Mãe,
mais do que ser mulher,
do que esposa e amante,
é ser ímpar e sublime
pela criação de outro Ser.

Mãe,
porque é o teu dia,
neste render de homenagem
te venero, e reclamo
para ti eterna dignidade.

EM - SENTIRES... POR TRÁS DE UM SORRISO - CELSO CORDEIRO - CHIADO EDITORA

Somos pontos minúsculos - ALVARO GIESTA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA
Saibam sobre o autor neste link
Saibam sobre o livro neste link
Conheçam a editora neste link

Somos pontos minúsculos
na imensidão da chana...

o sol perdeu há pouco o tom
ensanguentado...
ergue-se agora áspero
abrasivo
em toda a imensidão da terra

Apenas capim...
à nossa frente apenas um mar imenso
de capim
um mar de incerteza
sem ondas bravias mas tão traiçoeiro

Saímos do terror noturno
e da surpresa traiçoeira da madrugada
ardilosa
para nos lançarmos na travessia
desta chana tão extensa

Sabemos que do lado de lá
nos espera
a sombra acolhedora das copas das árvores
mas também a morte traiçoeira
da emboscada

EM - HÁ O SILÊNCIO EM VOLTA - ALVARO GIESTA - EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA

quarta-feira, 21 de junho de 2017

Inquietação - ANA CASANOVA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA AUTORA

Acordo palavras
Inquietas...
Revolvem o meu âmago
Sempre expectante na mudança
Proponho-me a um novo destino
Longe de momentos
Mornos e rotineiros
Certezas e evidências (Gastas)
Negando todas as limitações.
Afinal, quem sou eu?
Procuro-me...

EM - A RAZÃO DO POEMA - ANA CASANOVA - EDIÇÃO DE AUTOR

Ateus - A. M. GUERREIRO

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR CHIADO EDITORA
Saibam sobre o autor neste link
Saibam sobre o livro neste link
Conheçam a editora neste link

Tudo vive de aparência
Pose, discurso formal...
Tudo vive na demência
E padece desse mal.

Descobrimos novo Deus
Do consumo e produção
E o tempo fez-nos ateus
Fez do Homem solidão.

EM - FAL(H)AS - A. M. GUERREIRO - CHIADO EDITORA

terça-feira, 20 de junho de 2017

Almas perdidas - ANA PAULA FILIPE

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA
Saibam mais da autora e do livro neste link
Conheçam a editora neste link

Nos confins da alma perdida
Quantos sonhos por revelar
Cansados de uma vida sentida
Que há muito deixou de amar.

Almas que não vêem a razão
De não deixar de sonhar
Que não escutam o coração
E não sabem mais amar.

Se todo o mundo quisesse
Ao mundo todo se entregar
Não haveria mal que viesse
Em nosso mundo habitar.

EM - CONVERSAS DA ALMA - ANA PAULA FILIPE - EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA

Pena capital - ALVES DOS SANTOS

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA
Saibam mais do autor neste link
Saibam mais do livro neste link
Conheçam a editora neste link

O tempo leva tempo
Arrastado entre paredes gastas
Que cerceiam a liberdade
E soltam a frustração

O tempo leva alma
Atormentada por crimes de sangue
Num ato tresloucado
Que o persegue
E lhe nega a redenção

O tempo leva vida
Castigo humano para o seu pecado
Numa compensação pela vida tirada
Que nunca se consuma

O tempo leva tudo
Apagando da sua memória
A sua própria vida perdida
Que finda sem história

EM - FRAGMENTOS DO QUOTIDIANO - ALVES DOS SANTOS - EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA 

segunda-feira, 19 de junho de 2017

Poesia maior, poesia menor - FRASSINO MACHADO

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR CHIADO EDITORA
Saibam mais do autor neste link
Saibam mais do livro neste link
Conheçam a editora neste link

Não se entra num jardim p'ra catalogar flores
Mas sim pr'as admirar sentindo os seus odores;
Não vai à tasca um esfaimado p'ra dançarilhar
Mas sim porque precisa de se alimentar.

Não vai ao mar o pescador p'ra divertir
Mas sim, e só, para o seu peixe descobrir;
Não vai à terra o lavrador p'ra se entreter
Mas sim, e só, para os seus frutos recolher.

Não volteia n'arena em vão qualquer atleta
Mas sim porque ele quer chegar primeiro à meta;
Não escrevinha o poeta só por fantasia
Mas sim, e só, porque tem o sonho da Poesia.

A poesia não é nem maior nem menor
É apenas POESIA, como no jardim a Flor!

EM - MUSA VIAJANTE - FRASSINO MACHADO - CHIADO EDITORA

10 - ALVARO GIESTA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELO AUTOR
Podem saber do autor e encomendar o livro neste link

O vazio
na subtil passagem do teu nome,

o momento frágil
em que as diminutas mãos
se erguem
à inteligência da luz...

depois
no puro hálito da palavra
ascende-se ao aroma azul dos céus
nos lábios verdes da esperança.

EM - SOBRE O ROSTO DO CORPO - ALVARO GIESTA - EDIÇÃO DE AUTOR

domingo, 18 de junho de 2017

As mentiras - SARA TIMÓTEO

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA
Saibam sobre o livro neste link
Conheçam a editora neste link

Como as sílabas, as meninas são
As sibilas do vórtice interior
Das verdades que construímos

Nelas nos amamos
Porque sabemos que nos destroem
Sem testemunhas
Sem testemunho
Sem testamento

EM - GRAPHEIN - COLECTIVO DE AUTORES - EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA

A tua ausência... - SANDRA SUBTIL

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR CHIADO EDITORA
Saibam sobre a autora neste link
Saibam sobre o livro neste link
Conheçam a editora neste link

É na tua ausência que paro de respirar
E tudo estagna em redor.
É na tua ausência
Que os pássaros não trinam, choram
E os lobos deixam de uivar.
É na tua ausência
Que a minha alma deambula por lugares inexistentes
E apenas o corpo está
[não estando].
É na tua ausência
Que sinto e sei o que é a dor.

EM - DO RIO QUE HÁ EM MIM - SANDRA SUBTIL - CHIADO EDITORA

sábado, 17 de junho de 2017

Azul - SIMONE MARTINS

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR CHIADO EDITORA
Saibam sobre a autora neste link
Saibam sobre o livro neste link
Conheçam a editora neste link

Tu és bonito!
Eu sou curiosa!
Tu tens o perfume do mar.
Eu sou curiosa!
Tu tens a frescura da brisa marinha nos teus olhos.
E eu...
Hum!
Ao olhar para ti fico com tanto calor...

EM - TOQUE DA ALMA - SIMONE MARTINS - CHIADO EDITORA

Gaivotas azuis - FRANCISCO ROQUETTE

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR CHIADO EDITORA
Saibam sobre o autor neste link
Saibam sobre o livro neste link
Conheçam a editora neste link

Momentos destes, sem nada nos lábios,
atirado para dentro, ventilado
medos medo vertigem de nós
comunicado ao lado de lá
abutre de mim mesmo, porque de nós mesmos,
sei o quanto sol és,
                               quantas gaivotas azuis seguras nas mãos.

EM - PALAVRAS SUBMERSAS - FRANCISCO ROQUETTE - CHIADO EDITORA

sexta-feira, 16 de junho de 2017

Poema do elevador de santa justa - JOSÉ MANUEL FIGUEIREDO

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR CHIADO EDITORA
Saibam sobre o autor neste link
Saibam sobre o livro neste link
Conheçam a editora neste link

quanto me custa
este viver à justa
no meu elevador
de santa justa apertado
olhar condoído
o coração dormente
a mão quase sempre
bem rente ao ouvido

o rosto tão duro
e o corpo? estreito
pranchado direito
tão contra esse muro
a língua enroscada
(qual cobra no vale)
na boca fechada
e o resto é igual

ai quanto me custa
este viver à justa
no meu elevador
de santa justa apertado
olhar de garrote
a boca fechada
a corda esticada
da língua à glote

EM - UM MUNDO DE FACAS - JOSÉ MANUEL FIGUEIREDO - CHIADO EDITORA