Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

segunda-feira, 27 de março de 2017

Palavras... - MARIA DOS SANTOS ALVES

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR CHIADO EDITORA
Saibam mais da autora neste link
Saibam mais do livro neste link
Conheçam a editora neste link

Ah! As palavras...
morrem na boca, as palavras.

Jovens eclodidas nas veias...
ousadas meninas do rio
brotando ariscas nas sílabas.

Ah! As palavras...
não são conto, contam,
apressando-se mulheres
no leito quente da foz.

EM - VIOLINOS AO LUAR - MARIA DOS SANTOS ALVES - CHIADO EDITORA

Blusa branca - FRANCIS D'HOMEM MARTINHO

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA
Saibam mais do livro neste link
Conheçam a editora neste link

Bonita blusa branca, de renda,
Dois singelos botões abertos,
Pára, permite que me suspenda
De tão belos mamilos, erectos.

Só em ti, meus sonhos e ilusões
Poderão renascer dos escombros,
Despertas-me novas emoções
Na pele suave dos teus ombros.

Nem os escultores mais sábios,
na sua mais perfeita perfeição,
Ousariam tão belos lábios.

Ah, mas a blusa branca, de renda,
Não dispensa toda a minha atenção.
Sei, talvez só quem ama, me entenda.

EM - SOLSTÍCIOS E EQUINÓCIOS - COLECTIVO DE AUTORES - EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA

domingo, 26 de março de 2017

Outro dia - GONÇALO LEAL

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA
Saibam mais do autor neste link
Saibam mais do livro neste link
Conheçam a editora neste link

Perco-me mais um dia por um caminho inócuo.
Dirijo-me a um vácuo ausente de ideias.
Não há sons, nem imagens, nem cores,
nem movimento.
Sufoco.

EM - SILÊNCIO - GONÇALO LEAL - EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA

Desiguais - JOSÉ FERNANDO DELGADO MENDONÇA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA
Conheçam o autor neste link
Conheçam o livro neste link
Conheçam a editora neste link

hoje o dia está cheio de ti

guardo a lembrança
de dias melancólicos
em que os nossos corpos
desiguais, cansados,
esperam merecido descanso

esqueço a tua alma,
em dia de encanto
feito à medida do teu corpo

EM - OUTROS DIAS - JOSÉ FERNANDO DELGADO MENDONÇA - EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA

sábado, 25 de março de 2017

Inóspita escrita - ALEXANDRE CARVALHO

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA
Saibam mais do livro neste link
Conheçam a editora neste link

Penhascos agrestes emoldurados de urze bravia
onde no inóspito escrevo a tua imagem.

Quero entender o que para a parede escreves
quando falas comigo.

Não consigo calar a minha inquietude
numa palavras escrita.

Escreves palavras soltas que entoam um canto
num sopro calado.

Num poema que escreves as palavras contam,
mesmo que ditas em desigual.

Na vida deve-se escrever com a alegria
do colorido que a vida merece e ignorar
que o cinzento possa existir.

EM - GRAPHEIN - COLECTIVO DE AUTORES - EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA 

Soneto sem inspiração - NITA FERREIRA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR EDITORA UNIVERSUS

A folha de papel em sua alvura,
olho-a no seu branco improfanado.
Dela está ausente o palavreado.
Nenhum verso se avista na lonjura.

Esfumou-se a inspiração, varreu-a o vento.
Rabisco e rasgo. Onde andas, poesia?
Fugiste do marasmo em agonia.
Deixaste-me vazio o pensamento.

Não sei que poema faça nem prometo
que daqui saia um tosco soneto,
pois que hoje o meu engenho não atina.

Não sai nada que faça algum sentido,
só umas parcas palavras que ao ouvido
me soam sem vitalidade ou rima.

EM - AMANTES DA POESIA - ANTOLOGIA - EDITORA UNIVERSUS

sexta-feira, 24 de março de 2017

Criança de olhos parados - MARGARIDA ILDEFONSO

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR CHIADO EDITORA
Saibam mais da autora neste link
Saibam mais do livro neste link
Conheçam a editora neste link

Era uma criança diferente
Triste, raquítica, muito branca...
Em destaque no nada, na face franca,
Apenas tinhas os olhos de gente.

Na enxerga, de irmãos ladeada,
Imersa, muda e quieta;
Sonhava, talvez com nada
Porque tivera a virtude de nascer poeta

Segundo dizia muita gente:
Era esquisita, quase estupidificada.
Criança difícil de se entender,

De olhos vítreos fixava o nada.
E por ser formosa na alma diferente...
Ninguém se conseguia aperceber!

EM - TEMPLO DA ALMA - MARGARIDA ILDEFONSO - CHIADO EDITORA

Concórdia do amor - JAIRO DIAS

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA
Saibam mais do livro neste link
Conheçam a editora neste link

Se dependesse das engenharias
não arquitetaria em ti moradias
e não comporia santas melodias
para os anjos das nossas poesias.

Teus solos são tanto vulcânicos
onde só se pode construir amor,
pois, ardem como os Querubins.

A vida nos ensina a ter e abrigar
o fogo que aquece de felicidade
que faz da alma um Monte Sinai.

Se dependesse das engenharias
seria deserta e só de nostalgias
nas desarmonias das tuas algias;
mas é o amor e as suas concórdias...

EM - SOLSTÍCIOS E EQUINÓCIOS - COLECTIVO DE AUTORES - EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA

quinta-feira, 23 de março de 2017

Guardava...* - SÃO GONÇALVES

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA AUTORA

Guardava na ponta dos dedos as palavras
o cansaço dos dias e a solidão das noites.
Guardava mil segredos e a ousadia
de silenciar os lábios trémulos
na urgência de se fazer palavra.
Na nudez do corpo
sentiria o frio das noites insones
e na epiderme tatuada de sentires
guardava as marcas da amizade
infinita.
Longos os silêncios, a alquimia da mudança.

Na urgência das estações
calculava as esperas
e reconstruía um mundo
na placidez do momento.

EM - O SILENCIOSO CANTO DAS AVES MIGRATÓRIAS - SÃO GONÇALVES - EDITA-ME

Rastros de sangue vermelho - ALVARO GIESTA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA
Saibam sobre o autor neste link
Saibam sobre o livro neste link
Conheçam a editora neste link

Rastros de sangue vermelho
nos braços decepados
do capim...

O matraquear da kalashnicov
trouxe o susto
e o medo misturado na raiva
e na dor

Os heróis em mortalha repousam
os ossos desfeitos
no silêncio da capela
sobranceira à morte
e ao medo

Ouve-se o rastejar traiçoeiro
do inimigo
e quase em cima de nós
o bafo quente da morte

Tortura-nos a noite...

O som das rajadas
vindas sabe-se lá de onde
esfrangalha-nos os nervos,
e a mina traiçoeira
destrói
o desgraçado que a pisou

EM - HÁ O SILÊNCIO EM VOLTA - ALVARO GIESTA - EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA

quarta-feira, 22 de março de 2017

Cinquenta primaveras - LUANA LUA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA AUTORA

Cinquenta primaveras não são nada
Para quem tem tanta sede de viver!

Ainda que com tanta curva na estrada,
Ainda que com tanta pedra para moer,
Ainda que com tanta história rasgada,
Ainda que com tanta lágrima para doer.

Cinquenta primaveras não são nada
Para quem tem tanta sede de viver!

Que venham mais cinquenta
E que não se atreva uma dor safada
A impedir o sorriso de romper
A doce face da madrugada.

EM - VOO ENTRE FACES - LUANA LUA - VERSBRAVA

Perspectiva - MARIZA SORRISO

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA AUTORA

Segundo a física,
Duas pessoas não podem estar
Ao mesmo tempo
No mesmo lugar,
Por isso é impossível
Termos, na íntegra,
O mesmo ponto de vista do outro.

EM - DAS RAÍZES DO CORAÇÃO - MARIZA SORRISO - SAPERE EDITORA

terça-feira, 21 de março de 2017

Minha terra meu encanto - CELSO CORDEIRO

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR CHIADO EDITORA
Saibam mais do autor neste link
Saibam mais do livro neste link
Conheçam a editora neste link

Terra de gente de tez queimada
pela labuta na praia nunca adiada
no afã do pescado por descarregar.

Terra de mulheres de negro em pranto
e transportando a angústia no olhar,
de homens caídos na faina do mar.

terra que fez seus filhos mareantes
e envolveu viúvas de negro manto,
sem nunca perder seu encanto.

Terra de cheiro a peixe no ar
e com raízes plantadas no mar,
onde respirar se faz de maresia.

Um convite constante à nostalgia
e o relembrar de quanta alegria,
és minha terra e meu encanto!

EM - ENSAIOS E SENTIRES POÉTICOS - CELSO CORDEIRO - CHIADO EDITORA

Encantamento - GLEIDSTON CÉSAR

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELO AUTOR
Saibam mais do autor e do livro neste link

Sorrateiramente caminhava.
Recolhia versos em pétalas
escritos por uma alma encantada.
Entre os seus poemas: paixões,
e um fogo que lhe incendiava a alma.
Fui seduzido
e bebi cada palavra amada
entre as pétalas espalhadas.
Quanto amor declamado,
quanto desejo celebrado.
E eu em brasas desejando
ardentemente encontrar-te.

EM - RATOS & GATOS - GLEIDSTON CÉSAR - ESFERA DO CAOS

segunda-feira, 20 de março de 2017

A lua - ADELINA CHARNECA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR CHIADO EDITORA
Saibam mais da autora neste link
Saibam mais do livro neste link
Conheçam a editora neste link

Esta noite a lua congelou em toda a sua essência,
ficou lá,
distante,
no lugar da tua ausência,
deixou a espera em angústia silenciosa,
escapou-me entre os dedos
como se fosse folhas caídas de uma rosa,
rosa desfeita como uma alma que só
se deita
em sonhos dourados muito desejados,
a lua deixou-me à espera
e congelou de desesperança.

EM - POESIA DE SILÊNCIOS - ADELINA CHARNECA - CHIADO EDITORA

Inspiração - XAVIER FARIA LOPES

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR CHIADO EDITORA
Saibam sobre o autor neste link
Saibam sobre o livro neste link
Conheçam a editora neste link

Em dia que falte inspiração,
Que seja dia de perceber.

da escrita à obsessão
Nada há a entender.

Para que não se morra,
Terá que haver busca.
Apressada, sem que se corra.

Alívio equilibrado de alento.
Tomai tento!

Tudo é sabedoria,
A verdade e o esquecimento
O racional e o emocional firmamento.

Que se escreva então
Ou que se sinta.
Ambas não!
Não são coexistentes.

Que algo se faça,
Que se ganhe uma asa,
Pôr por desenhos uma casa.

Uma filosofia engendrar,
Uma filosofia comprometer.
Mas com ela,
Que não se morra.

EM - ESTAÇÃO TERMINAL - XAVIER FARIA LOPES - CHIADO EDITORA

domingo, 19 de março de 2017

Bocage na morada de Camões - FRASSINO MACHADO

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR CHIADO EDITORA
Saibam mais do autor neste link
Saibam mais do livro neste link
Conheçam a editora neste link

Entre as mais gradas e perenes soluções
Há sempre alguma que à cultura satisfaz
Basta que o conteúdo seja pertinaz
Como: Bocage na morada de Camões!

Organizou-se em plena dança de emoções
Uma amostra sublime de Elmano em cartaz
Num belo rasgo de energia contumaz
Qu'em polvorosa pôs outras Exposições!

Tertúlia Poética ao Encontro de Bocage
Mostrou que tem ideias e sobretudo age
Colocando almas gémeas nesta sintonia...

Todos gostaram de admirar a singeleza
E o gosto aqui patente na fiel certeza
De que quem ganhará é sempre a Poesia!

EM - MUSA VIAJANTE - FRASSINO MACHADO - CHIADO EDITORA

Prosas de amor - FERNANDO JORGE BENEVIDES

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR EDIÇÕES OZ
Conheçam o autor neste link
Conheçam a editora neste link

Amar é
não ter receio de não dar certo

Amar é
ter a certeza e avançar sem medo

Sabendo mesmo
que nada é absoluto
ou constante exceto a luz

No amor
esse nobre sentimento
até tudo pode alterar-se
se não estiver alicerçado
numa confiança inabalável

E porque só o amor é
o único caminho para a vida
numa só vontade
num só querer
num só acreditar
e vencer

No amor nada tenhas a temer

EM - PENAS SOLTAS - FERNANDO JORGE BENEVIDES - EDIÇÕES OZ

sábado, 18 de março de 2017

Nunca é suficiente - NUNO FREITAS

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA
Saibam mais do livro neste link
Conheçam a editora neste link

O teu nunca é suficiente,
dilui-se nos pingos da chuva caída,
aos pés deste corpo que sente,
o silêncio como a chave para a saída.

Vazio de um som que, por mais que tente,
nada diz a esta alma ferida.
Fuga de um prazer que não mente,
quando em meus lábios encontra vida.

E assim continuas fugindo,
usando e abusando da minha vontade,
enquanto a chuva continua caindo.

E o tempo, nosso, continua indo,
à espera de em ti encontrar a bondade,
ou de na saudade se ir descobrindo.

EM - EFEITOS SECUNDÁRIOS DA LOUCURA - NUNO FREITAS - EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA

A poetisa - ALVES DOS SANTOS

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA
Saibam mais do autor neste link
Saibam mais do livro neste link
Conheçam a editora neste link

São tuas
São tuas as palavras
Soltas
Despojadas
Espontâneas
Arrojadas

São essas mesmas palavras
Tuas
Verdadeiras
Sentidas
Cruas

Que em mim encontram abrigo
Perdido
Esfaimado
Descrente
Esgotado

E me transformam no seu lar
Onde renascem
Pujantes
Renovadas
Confiantes
Felizes

E eu, liberto das minhas sombras
Renasço com essas palavras
Que são a tua voz
Genuína extensão do teu ser
Que tocam lugares que as tuas mãos não alcançam
E me levam contigo

EM - FRAGMENTOS DO QUOTIDIANO - ALVES DOS SANTOS - EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA